24/05/2021 às 15h19min - Atualizada em 24/05/2021 às 11h40min

Confira 4 museus de São Paulo que estão com programações on-line e gratuitas

As redes sociais são a principal ferramenta de adaptação usada por esses espaços enquanto a pandemia não acaba

Virginia Oliveira - revisado por Jonathan Rosa
Museu de Arte de São Paulo, localizado na Av. Paulista (Foto: Reprodução/ Instagram @masp)

Entre os dias 17 e 21 aconteceu a 19° Semana Nacional dos Museus (SNM) e a capital paulista ficou recheada de programações e ações on-line. O evento chegou ao final, mas ainda há lugares em São Paulo que continuam disponibilizando conteúdos e atividades culturais de forma gratuita e sem sair de casa.

Masp

Em sua página no Instagram, o Museu de Arte de São Paulo (MASP) organiza debates, seminários além de desafios para engajar o público que está em casa. Essa iniciativa foi batizada de #Maspdigital. Abaixo está um IGTV feito pelo museu para uma edição do Diálogos no Acervo, que faz parte da programação virtual e consiste em apresentar aos seguidores um conjunto de obras, explorando seus conceitos e artista responsável.

 

 


Publicação do IGTV do MASP, discutindo sobre a arquiteta Lina Bo Bardi.



Também foi lançado o MaspÁudio, aplicativo gratuito disponível na Google Apps Store, com vários áudios de comentários e análises de especialistas sobre as obras. E muitos desses conteúdos também são exibidos no canal do Youtube.  
 

CCBB

 O Centro Cultural Banco do Brasil disponibilizou vários tours virtuais, com destaque para a exposição Egito Antigo. O acesso é gratuito e permite ao público dar uma olhada nos monumentos, ouvir a história sobre o Egito e navegar pela exposição, clicando nas setas e arrastando a tela. A ideia é oferecer uma experiência imersiva e a mais próxima da presencial. 


Para conferir o restante da programação digital do CCBB, clique aqui.
 

MIS

O Museu da Imagem e Som lançou a campanha #MISemCASA em parceria com o movimento #CulturaemCasa, da Secretaria da Cultura e Economia Cristiva. São feitas ações digitais como discussões, palestras, exibição de acervos, todas viabilizadas por meio das redes sociais do MIS.

Uma das atividades desta semana é o "Ciclo de Cinema e Psicanálise", que está em sua segunda edição. Nessa ação em específico, é feito um debate sobre as obras do cineasta argentino Héctor Babenco, à luz da psicanálise e da crítica de cinema. Para isso o MIS conta a participação de especialistas nessas áreas.

O resto do cronograma pode ser acessado por aqui.

 

Pinacoteca

Localizada no bairro da Luz, na região central, o espaço também está funcionando com restrições e vendendo ingressos com horários agendados. Mas, através do site, o público pode conferir algumas exposições digitais em 360°. Entre elas está a mostra "OSGEMEOS: Segredos", que revela a trajetória e processo criativo dos irmãos grafiteiros, Otávio e Gustavo Pandolfo.

Além disso, foi feito um vídeo no formato de visita guiada pelos próprios artistas. E está disponível do Youtube.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »