31/05/2021 às 05h06min - Atualizada em 31/05/2021 às 04h38min

Corinthians perde na estreia do Sylvinho

Com um gol de Zé Roberto, o Atlético Goianiense conquistou uma vitória muito importante fora de casa

Thiago Carvalho - labdicasjornalismo.com
Matheus Vital lamenta pênalti perdido no confronto Corinthians x Atlético-GO (foto: Marcos Ribolli)
No último domingo, (30) Corinthians e Atlético-GO se enfrentaram no estádio da Neo Química Arena, em São Paulo às 18h15 (horário de Brasília), partida válida para a primeira rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe goiana surpreendeu o time alvinegro e conseguiu ganhar um duelo muito importante fora de casa pelo placar de 1x0, um resultado que será benéfico para o decorrer da competição.

E no primeiro jogo comandando o Timão, o ex-auxiliar técnico da seleção brasileira Silvinho não obteve sucesso em sua estreia e sofreu uma derrota dentro de casa. O adversário do Coringão na terceira fase da Copa Do Brasil, será o próprio Atlético, em mais um desafio  que Silvinho terá que superar com time alvinegro.
 
PRIMEIRO TEMPO 

O técnico do Corinthians veio para o duelo com uma aposta no 4-4-2, sem a presença fixa de um centroavante, pensando que teria um atacante mais flutuante e veloz para troca a bola mais rápido e assim agredir com facilidade a defesa do oponente. Porém o Atlético-GO com uma proposta um pouco diferente de povoar o meio campo adversário e de pressionar saída de bola do mandante se saiu um pouco melhor logo no início da partida.

E com esta pressão na saída de bola intensa -- pressionado o erro para recuperar a bola e sair no contra-ataque -- acaba funcionado. Aos 9’ quando o Atlético Goianiense rouba a bola de Matheus Vital e com uma boa triangulação de passe no ataque, Marlon envia um belo lançamento para João Paulo, que chuta no canto esquerdo do gol. Porém o lance foi parado por  impedimento.

E com decorrer do jogo, o Timão começou a  criar boas oportunidades reais de gol, a primeira delas foi aos 27’, logo após um cruzamento da direita de Vital para Ramiro, que recebe a bola e faz um belo chute cruzado no canto inferior do gol, mas o goleiro Fernando Miguel conseguiu realizar a defesa.

E com a equipe tricolor muito bem postada em seu sistema tático levando pouco perigos contra a sua meta, começou a trocar mais passe no meio campo dominando aquele setor do jogo, que originou no lance de gol do time. Aos 43’, João Paulo avançou pela lateral fez uma tabela com Zé Roberto, que terminou a jogada com carrinho na primeira área antecipando o Gil. E assim abriu o placar do confronto e terminou a primeira etapa em vantagem.
 
SEGUNDO TEMPO 

No inicio da segunda etapa, nenhuma equipe fez alguma alteração no time durante a volta do intervalo. Com o time da casa atrás do resultado, começou a ir para cima de seu adversário, pressionar a saída de bola e explorar os lados do campo.  Mosquito e Vital criam bons lances de gol como aos 16’, no momento que Mosquito carrega a bola do lado direito e com a individualidade tenta invadir a zaga do oponente e sofre o pênalti. Matheus Vital finaliza no canto direito, e Fernando Miguel faz uma bela defesa; no rebote, o goleiro realiza outra bela defesa.

Precisando buscar logo o gol de empate, o técnico Silvinho promoveu algumas alterações na equipe: aos 27’, tira Vital e Camacho e coloca Cantillo e Adson para dar um respiro no time ter um pouco de fôlego para ir atras do placar. Porém aos 28’, após uma cobrança de bola parada do lado direito por Natanael, há um desvio no meio da área por um atacante do atlético goianiense que cabeceia e obriga o Cassio a realizar uma bela defesa. Mas o lance foi parado por impedimento.

E, com desespero de não perder na sua estreia no comando do Coringão, técnico do time da casa promoveu mais uma mudança em seu elenco titular aos 37’: tirou o Luan e colocou  em seu lugar, com isso abrindo mão da estratégia inicial de não usar um  centroavante fixo e adotando outra de usar as laterais do campo e buscar cruzamento na área para que o atacante estático que escorasse uma bola para o gol adversário. Por pouco esta estratégia funciona, pois aos 40’, após um belo cruzamento da direita feita pelo Mosquito, o sobe na área e ele toca de cabeça, mas erra o alvo. Foi a última boa chance do time da casa e do jogo.


Novo tecnico do Corithians na beira do gramado. Foto: Reprodução: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians 
 


PRÓXIMOS CONFRONTOS 

Ambas as equipes se enfrentaram novamente, agora pela terceira fase da Copa Do Brasil. Nesta quarta-feira (02), acontece o jogo de ida, na Neo Química Arena, às 21h30 (horário de Brasília). E na próxima quarta-feira (09), os times voltam a se enfrentar pela partida de volta, no estádio Serra Dourada, às 21h30.     

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »