29/06/2021 às 16h11min - Atualizada em 28/06/2021 às 13h28min

“Luca” é a mais nova animação da Pixar e traz uma história de amizade emocionante ao público

O filme foi lançada no mês de junho na plataforma da Disney + e já se tornou um sucesso

Mariana Siqueira - revisado por Jonathan Rosa
Animação "Luca" é lançada na plataforma da Disney + (Foto: Reprodução/ Disney +)

Atenção! Este texto pode conter spoilers do filme Luca :)

Luca, a mais nova animação produzida pelos estúdios Pixar, está disponível para assinantes da plataforma da Disney + desde o dia 18 de junho. E mesmo com pouco tempo desde seu lançamento já se tornou sucesso entre o público e os críticos, chegando a ganhar 90% de aprovação no Rotten Tomatoes, e 7,6 de 10 no IMBd

No filme, acompanhamos a história do protagonista e monstro marinho Luca Paguro (dublado no Brasil por Rodrigo Cagiano), e sua aventura com o melhor amigo Alberto Scorfano (dublado no Brasil por Pedro Miranda), durante um verão cheio de descobertas na Riviera Italiana.

O longa-metragem é dirigido pelo cineasta Enrico Casa Rosa, que teve participação na animação de “Viva- A vida é uma festa”. O diretor baseou a história da amizade de Luca e Alberto, em sua própria vida com seu melhor amigo da infância, que carrega o mesmo nome do personagem. Além disso, o produtor nasceu na cidade portuária de Gênova, que fica muito perto de onde o filme se passa.

Logo no começo da animação, é mostrado que Luca e sua família, são monstros marinhos que vivem abaixo da superfície da água e que ao saírem do mar, assumem uma aparência humana. Porém, para os pais de Luca, Daniela e Lorenzo Paguro, isso nunca deve acontecer, pois os humanos vêem as criaturas como uma ameaça.


Mesmo assim, Luca vai contra à decisão dos seus pais, e  juntamente com Alberto começa a ir mais vezes para a superfície. Juntos eles criam planos sobre conhecerem o mundo e o desejo de fazerem isso na garupa de uma Vespa (moto), mas, o que Luca não esperava é que seus pais iriam descobrir. Como castigo pela desobediência, o jovem monstro do mar é mandado para passar o verão com seu tio Ugo, nas profundezas do oceano.

A partir daí, a trama vai se desenrolar de uma forma muito leve que prende o público para saber o que vai acontecer. Pois os dois amigos decidem fugir para a cidade de PortoRosso em busca de seus sonhos, e sempre tomando muito cuidado para não esbarrarem com a água, evitando assim, que os humanos descubram que eles são monstros marinhos.


A construção de uma amizade verdadeira 

Um dos pontos altos da animação, com certeza, é a construção que os roteiristas Jesse Andrews e Mike Jones fizeram em relação ao significado de amizade no filme. Logo no começo, já percebemos o quanto Luca e Alberto apoiam um ao outro e estão prontos para enfrentar o medo e as inseguranças juntos. 

Além disso, a chegada da personagem Giulia Marcovaldo na trama (menina que conhecem em PortoRosso), faz com que eles se juntem para conseguirem alcançar seus objetivos individuais. Tudo isso de uma forma leve e carregada de significado.


Cada um dos três personagens possui sua personalidade única, fazendo com que em alguns momentos eles entrem em conflito. Porém consigam resolver as situações com uma maturidade alta para a idade deles, além de mostrarem como toda amizade é feita de altos e baixos.


Ensinamentos para o público

Já é costume da Pixar trazer em suas produções temas de filmes que tragam um significado especial e deixem uma mensagem ao público. Como ocorreu em “Toy Story”, “Soul”, “Divertidamente” e tantos outros. Em Luca isso não é deixado de lado, e além do significado de amizade, ele ainda explora outros assuntos de extrema importância.

A animação demonstra os valores da infância que os personagens carregam, a ingenuidade deles e a força de ir atrás de seus sonhos que os personagens possuem. No longa isso ocorre independente das dificuldades e barreiras encontradas, ao saírem de suas zonas de conforto. Também traz à tona o assunto da diversidade e como devemos aceitar as diferenças que temos uns com os outros.

Todos os temas são abordados de uma forma simples e que faz com que tanto o público infantil quanto os adultos, sintam-se representados e se identifiquem com as situações que acontecem, prendendo o público do início ao fim da história.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »