04/07/2021 às 09h56min - Atualizada em 04/07/2021 às 10h48min

Luca a animação do incrível "monstro”- marinho

Raila Costa - Editado por Fernanda Simplicio
Fonte: Disney/Pixar. Reprodução: Google

Lançado no meio de junho deste ano, na plataforma de streaming da Disney e  dirigido pelo italiano Enrico Casarosa, a animação Luca se passa na em uma região litorânea da Itália, e mostra as características da região como: o  clima, costumes e cultura local, sem cair nos estereótipos. Dessa forma, o filme consegue dar maior fluidez no cenário de como é a vida de quem habita nessas regiões.  

 

O protagonista é uma espécie de monstro-marinho que mora  no fundo do mar com sua família. Desde pequeno ele é advertido para não ir para a superfície da água, pois é muito comum ter humanos por perto, tanto na cidade como também em barcos, já que a atividade econômica local é a pesca. Com medo de que os humanos  possam fazer algum mal a essas criaturas marinhas, a mãe do Luca tenta cortar todo possível contato com esse mundo exterior. Mas um certo dia ao encontrar Alberto, que também era da mesma espécie, porém diferentemente do Luca, ele morava fora do mar. Curioso e também com medo, Luca seguiu até a superfície e descobriu que ao se secar, automaticamente se transforma em humano. 

 

Depois do ocorrido, o protagonista sentiu mais vontade de conhecer o mundo. Entretanto, a sua mãe descobriu que o menino havia desobedecido às suas ordens, então decidiu punir o garoto em razão  das suas atitudes. Indagando com a possível punição, Luca foge de casa  e embarca  em uma aventura com seu amigo Alberto. Durante a animação, fica perceptível o cuidado com os traços do desenho, ao molhar parcialmente o corpo, os detalhes entre a pele humana e as escamas ficam mais acentuados, desta maneira a  transição das cores dão mais naturalidade, tanto ao ser marinho como humano.

 

Além disso, o filme tem um certo clima nostálgico de verão, isso se deve por conta das cores utilizadas na composição das cenas, além das roupas utilizadas que retratam o estilo de vida  dos anos 60 e também ajuda compor o cenário. Bem como, os objetos de consumo da época, como por exemplo a moto conhecida como vespa. Sendo assim, um sonho de consumo do Luca e também do Alberto. Porém, como eram crianças com um coração puro e ingênuas e apesar de sua aparência ser associada ao cruel, de monstros essas criaturas não tinham nada. A vista disso, é possível compreender que eles não sabiam das dificuldades de adquirir este bem material. Ao conhecer Giulia, ela explica como as coisas funcionam por lá, ajudando-os e abrigando-os em sua casa. 

 

O gato  da Giulia, seu animal de estimação, dá aquele toque  especial de humor à narrativa, gerando risos e surpresas durante a narrativa da trama. São características encontradas  nos filmes da Pixar/Disney, apesar de se tratar de uma história simples como é o caso desta animação, não perde a sua essência. Tendo assim, momentos épicos que geram emoções e um quentinho no coração.

 

REFERÊNCIAS:

CANHISARES, Mariana. Luca prova que existe beleza também em uma aventura engraçada e descomplicada. Omelete, 2021. Disponível em: https://www.omelete.com.br/filmes/criticas/luca .  Acesso em: 01 de jul. 2021.
GIMENES, Talita.  Crítica | Luca. Estação Nerd, 2021. Disponível em: https://estacaonerd.com/critica-luca/ . Acesso em: 30 de jun. 2021.
Luca | Trailer Oficial Dublado | Disney+. Youtube, 2021. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=E7_4ZUpyoWM . Acesso em: 30 de jun. 2021.
Luca: Mais uma vez, Pixar? | crítica do filme. Youtube, 2021. Disponível em:https://www.youtube.com/watch?v=aaaHe_p5rJU . Acesso em: 30 de jun. 2021.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »