09/07/2021 às 17h40min - Atualizada em 09/07/2021 às 16h59min

2° volume de 'Escravidão' entra na lista de mais vendidos em poucas semanas de lançado

Laurentino Gomes descreve o período da corrida do ouro no Brasil

Adélia Lima Sá - Edição por Brenda Freire
Foto: Alexandre Battibugli/VEJASP

O conhecimento da formação social de um país é de extrema importância para a compreensão da construção de uma nação. É dessa maneira que o escritor brasileiro, Laurentino Barbosa imerge sua trilogia ‘Escravidão’ que ganhou espaço, em pouco tempo, nos corações de muitos leitores. 

A trilogia de Laurentino adentra no histórico da população africana escravizada no Brasil, traçando os meios que levaram a essa realidade, com contestações e exibições de conceitos importantes. O autor constrói seus escritos por meio de uma linha do tempo e todas as edições se interligam. Em seu primeiro volume, lançado em 2019, foi feito com foco na África, contextualizando as capturas de escravos protagonizadas nessa nação, comandadas pelos portugueses. Além disso, o escritor apresenta realidades em outros cenários, como por exemplo na Grécia e Roma antigas. Vale destacar que, esse primeiro volume ganhou no ano passado, o Prêmio Jabuti - prêmio literário mais tradicional do Brasil.



Já no segundo volume, lançado em junho deste ano (2021), ele concentra na descoberta do ouro e diamante, conhecido como: corrida do ouro - que foi protagonizado no estado de Minas Gerais, em meados do século XVII. Neste cenário, é retratado como a mão-de-obra era empregada, bem como outros contextos em questão. Logo nos seus primeiros dias de estreia, o título entrou na Lista dos Mais Vendidos do PublishNews onde a concentração grandes obras dos mais variados gêneros. E nessa última semana ele alcançou o 2° lugar do Ranking Geral, com mais de 2 mil exemplares vendidos, ficando atrás apenas da obra de Napoleon Hill, intitulado 'Mais Esperto que o Diabo'.

Sobre a importância do conhecimento da história do Brasil sob a perspectiva da Escravidão, Laurentino Gomes aponta em uma de suas entrevistas ao El PAÍS:

"Se você quiser entender o Brasil em uma dimensão mais profunda, precisa estudar a escravidão. Tudo que fomos no passado, o que somos hoje e que nós gostaríamos de ser no futuro tem a ver com a escravidão"

É notório que a trilogia escrita por Laurentino veio para ganhar espaço nas estantes e no coração do público leitor, dessa forma, é importante destacar a previsão do lançamento do terceiro e último volume dessa saga. De acordo com Brazil Journal o lançamento será em 2022 e retratará a Lei Áurea, seus desdobramentos e heranças.


Obras de Laurentino Gomes: 

  • 1808
  • 1822
  • 1889
  • O caminho do Peregrino



 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »