21/07/2021 às 11h41min - Atualizada em 21/07/2021 às 11h31min

Marta brilha, e Brasil goleia a China na estreia das Olimpíadas

Boa atuação coletiva garantiu a vitória por 5 a 0 em cima das chinesas

Ianna Mendonça - labdicasjornalismo.com
Primeiro passo: Jogadoras celebram com Marta a goleada. Foto: KOHEI CHIBAGARA / AFP
Brasil fez sua estreia no futebol feminino das Olimpíadas de Tóquio com goleada. As brasileiras derrotaram a China por 5 a 0, nesta quarta-feira (21), no Estádio Miyagi, pela 1ª rodada do Grupo F. Os gols foram marcados por Marta (duas vezes), Debinha, Andressa Alves (de pênalti) e Bia Zaneratto.

Marta chegou a 12 tentos em cinco edições das Olimpíadas e acirra a disputa pela posição de segunda maior goleadora com a canadense Christine Sinclair, que também tem 12, dois a menos que a brasileira Cristiane, que não foi convocada.

1º TEMPO

A primeira chance de gol da seleção brasileira veio ainda aos quatro minutos. Bia Zaneratto cruzou e a bola chegou na área, mas o chute de Duda foi bloqueado pela zaga chinesa. O Brasil conseguia mostrar mais organização, intensidade e criatividade. Foi assim que, aos oito, em outro cruzamento da Bia, Debinha cabeceou e a bola sobrou nos pés de Marta, que abriu o placar.

A seleção chinesa tentava pressionar, porém não assustava a área das adversárias. Além disso, a sua defesa teve dificuldades na marcação da atacante Zaneratto, um dos destaques da manhã. A atleta fez uma ótima partida e participou de três dos cinco gols marcados. Uma delas aconteceu aos 21’: a camisa 16 chutou, a goleira Peng defendeu e o rebote ficou para Debinha, que fez o segundo da partida. Já a melhor tentativa da China veio aos 40’, com Miao Siwen. A meia apareceu com espaço na entrada da área e chutou forte para a boa defesa da goleira Barbara.

2º TEMPO

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo. No primeiro minuto, Barbara fez uma defesa tranquila após um desvio de cabeça de Wang Shanshan. Aos três, a zaga brasileira bobeou e a goleira  salvou mais uma vez.

Com maior imposição, a seleção chinesa teve outra chance de diminuir aos seis. Wang acertou a trave e na sobra Miao chutou por cima do travessão. A China parecia começar a gostar mais do jogo e teve algumas oportunidades nos primeiros dez minutos. Foi somente aos 14’ que, em outra boa defesa, agora da goleira Peng, o Brasil conseguiu assustar. Tamires cruzou para dentro da área, Debinha dominou de costas, girou e o chute foi defendido.

A chance mais clara de gol das chinesas foi aos 22’. A zaga brasileira errou na saída de bola, Miao mandou para dentro da área, Wang apareceu sozinha de frente para o gol, bateu de chapa no canto e Barbara defendeu mais uma. Seis minutos depois, Marta começou a jogada na tabela com Bruna Benites, que cruzou rasteiro, mas Bia dominou mal e a zagueira conseguiu afastar. Contudo, a sobra ficou com a camisa dez, que chutou de primeira e fez seu segundo na partida.

A China chegava, mas muitas vezes estavam impedidas ou não conseguiam reverter as oportunidades em gols. Aos 35’, Andressa Silva foi derrubada na área e a juíza marcou pênalti, que foi cobrado no canto direito pela própria camisa 21, sem chances para a defesa. Só faltava o dela: aos 44, Debinha disparou pela esquerda, cruzou rasteiro, Bia Zaneratto apareceu bem posicionada dentro da área e desviou de carrinho para dentro do gol. Assim, com uma grande atuação coletiva, Brasil fez uma estreia confiante e terminou a partida com goleada por 5 a 0 em cima da China.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

A seleção brasileira enfrenta a Holanda, no sábado (24), às 8h. Já a China joga contra a Zâmbia no mesmo dia, às 5h.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »