02/08/2021 às 18h51min - Atualizada em 30/07/2021 às 15h10min

Glamour e elegância: maquiagens dos anos 1960 e 1980 são tendências no TikTok

Criadores de conteúdo nos transportam para o passado, com maquiagens marcantes destas décadas

Flávia Pereira - Editado por Clara Molter Bertolot
Marina usando uma maquiagem dos anos 1960, e Tabita Tonin dos anos 1980 | Reprodução: Instagram (@submarina.art) e (@tabitatonin)
A ideia de resgatar o passado está em alta, tanto na moda, como no universo beauty. O TikTok se tornou uma plataforma de propagar tendências. No aplicativo, vários criadores estão reproduzindo maquiagens de décadas, principalmente de 1960 e 1980, de forma artística, o que tornou-as referências de beleza entre 2020 e 2021.

O delineado no côncavo, marca registrada da modelo Twiggy, tem sido bastante reproduzido. Outros ícones de beleza da época, como Diana Ross, Brigetti Bardot e Sharon Tate, também são modelos de inspiração, tanto nas maquiagens, quanto nos penteados.




Já sombras coloridas e blush carregado, são inspirados na década de 1980, nos quais, as cantoras Whitney Houston, Madonna e a atriz Cláudia Raia usavam.



As duas tendências de maquiagem apareceram nas passarelas na semana de moda de Londres, em 2020, como a de Paul Costelloe, com modelos usando maquiagens sessentistas e Molly Goddard, com modelos usando maquiagens oitentistas.

A década de 1960 foi referência para elegância e liberdade. A subcultura Mod (abreviação de Modernismo), teve sua origem na cidade de Londres, obtendo destaque no início dos anos 1960, trazendo as maquiagens em questão. Já em 1980, a maquiagem mais over e glamurosa, esteve presente, ousando nas cores, glitters e delineados.

Angélica Silva , 28 anos,
maquiadora, cabeleireira e beauty expert da revista Marie Claire Brasil, produz conteúdo de beleza para as redes sociais. Suas maquiagens possuem referências aos anos de 1960 e 1980, com bastantes cores, brilhos e delineados. Ela possui 15,400 mil seguidores em sua conta no Instagram.



Angélica diz — com muita simpatia —, que teve a percepção que a tendência das makes dos anos 1960 e 1980 estavam voltando, quando se deu conta da liberdade que as pessoas sentem nas redes sociais: “Acho que as pessoas associam o que a gente está vivendo hoje, em relação a cores e aos delineados gráficos, com os anos 1960 e 1980”, diz Angélica.

É evidente que a releitura destas maquiagens reproduzidas no TikTok são por conta da época de pandemia do novo coronavírus, o que deixou as pessoas se expressarem de forma artística, adaptando estas décadas para o momento atual, de isolamento social.

Segundo dados publicados no site Etus, atualmente, o TikTok possui mais de 7 milhões de pessoas cadastradas na rede, no Brasil. Angélica afirma que a plataforma reinventa as tendências e não as lança, como o que está acontecendo com as músicas e a moda dos anos 2000, 1970 e 1990.

Sobre este contraponto da música com a maquiagem no TikTok, a maquiadora alega que “alguns pontos que faltaram no passado em relação à maquiagem, as pessoas estão colocando agora, e essa liberdade de poder mostrar seu trabalho sem medo, facilita com que as pessoas criem tendências”, afirma Angélica.


Marina, mais conhecida como Submarina, designer gráfica, 22 anos, e a maquiadora artística Tabita Tonin, 26 anos, têm chamado atenção por reproduzirem maquiagens dos anos 1960 e 1980. A primeira utiliza referências dos anos 1960 como os delineadores gráficos e cílios destacados, enquanto Tabita, dos anos 1980, utiliza sombras coloridas, blush marcado e batom acentuado.



Como maquiadora profissional, Angélica diz que os dois tipos de maquiagem (anos 1960 e 1980) demandam muita técnica, atenção e que você precisa traduzir o que deseja mostrar na sua maquiagem, e quais foram as referências utilizadas.

O cut crease, por exemplo, é uma técnica para realçar e dar profundidade no côncavo, sendo bastante utilizado em maquiagens com referência aos anos 1960. A cultura pop teve grande influência nos anos 1980, e o que mais marcava a make da época eram cores vibrantes, deixando o visual lúdico. 

A maquiadora Angélica admite ter mais facilidade com tendências dos anos 1980, pois, esfumar, com treino, acaba conseguindo realizar. Já o delineado é algo que dá mais trabalho para ser executado. Ela ressalta que “você precisa conhecer o formato do seu olho para fazer os dois lados dos olhos corretamente, e isso requer muito mais prática”, conclui Angélica.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »