04/09/2021 às 17h04min - Atualizada em 05/09/2021 às 17h53min

Resenha | The Witcher: Lenda do Lobo

Samantha Garcez - Editado por Ana Terra
The Witcher: Lenda do Lobo” é uma animação baseada nos livros de Andrzej Sapkowski e conta a história do bruxo Vesemir, que caça monstros simplesmente por dinheiro. É apresentado sua história de origem e também, uma explicação para o fato dos bruxos se encontrarem em extinção, trazendo o massacre de Kaer Morhen (local de treinamento dos bruxos). Dessa forma, o anime funciona como um prequel para a série live-action e expande o universo dentro do streaming Netflix.
Enredo
“Lenda do Lobo” é uma ótima introdução para o mundo fantástico repleto de monstros, magia e destino da franquia “The Witcher”. Trazendo uma atmosfera que mistura elementos políticos e morais consegue ser sombrio e sangrento, mas também complicado e sentimental. A história é atraente e emocionante, capaz de trabalhar as diferentes perspectivas em torno dos bruxos. É claro, que como protagonista Vesemir é principalmente o nosso “personagem ponto de vista”, mas também o público aprende informações importantes sobre os bruxos pelo olhar de outros personagens. Há Tetra, uma feiticeira que enxerga os bruxos de uma forma muito pessoal e negativa, em contrapartida a visão da Lady Illyana que já conhecia Vesemir antes dele se tornar um bruxo. Além é claro dos camponeses que olham para os bruxos com medo e reverência.

Personagens
Os personagens e suas intenções, decisões e ações são construídos de forma complexa. Os valores morais que orientam o comportamento são complicados, existem ações boas e más, mas você também entende de onde vêm os personagens antagônicos. Tetra está em busca de vingança pessoal, enquanto para o bruxo Deglan suas ações são justificadas pela ideia de que ele só quer proteger seus companheiros bruxos e preveni-los da morte. Os dilemas morais são importantes para o desenvolvimento da história, mesmo não compartilhando das mesmas opiniões e motivações dos personagens, o espectador consegue compreender o porquê de cada motivo.

Magia e Monstros
Encantamentos, poções e elixires ganharam mais espaço ao lado das batalhas épicas e sangrentas. Com diversos tipos de monstros vindo de portais abertos por Tetra e ilusões muitíssimas poderosas fazendo Vesemir cometer coisas terríveis, o filme enche os olhos com o show gráfico. O estilo da animação torna o filme ágil e visualmente muito interessante, com muita ação e efeitos especiais.

Vesemir

Lenda do Lobo” foca em Vesemir, um caçador de monstros vaidoso, mercenário e até mesmo arrogante. Acompanhamos desde a sua infância até um dos eventos mais importantes da saga, que é o ataque à fortaleza da Kaer Morhen. A história assim como da série live-action segue dois tempos distintos: o passado – por meio de flashbacks, com as memórias de Vesemir – e o presente, e transmite bem as emoções, motivações e a evolução do personagem. O anime trabalha as lembranças e o aprendizado de Vesemir, que agora consegue ver mais coisas além do dinheiro e passa a dar importância ao treinamento de jovens bruxos, além de ser fortemente atacado pela dor da perda. É este homem marcado que irá tutoriar Geralt. “A Lenda do Lobo” é excelente para quem precisa entender um pouco mais sobre o universo “The Witcher” e o background dos eventos da série live-action.
REFERÊNCIAS:
OLIVEIRA, Miguel. Crítica | The Witcher: Lenda do Lobo. O Vício. 23 de agos. de 2021. Disponível em: <https://ovicio.com.br/critica-the-witcher-lenda-do-lobo/>. Acesso em: 04 de Set. de 2021.

SANTIAGO, Luiz. Crítica | The Witcher: Lenda do Lobo. Plano Crítico. 29 de ago. de 2021. Disponível em: <https://www.planocritico.com/critica-the-witcher-lenda-do-lobo/>. Acesso em: 04 de Set. de 2021.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »