11/09/2021 às 17h29min - Atualizada em 19/09/2021 às 18h12min

Os clássicos do terror que não saem de moda

Inspirado na literatura de autores como Edgar Allan Poe, H.P. Lovecaft, Bram Stoker, os filmes de terror têm mais de um século, caracterizados por cenas que assustam o espectador

Gean Rocha - editado por Larissa Nunes
Foto: Catraca Livre

Com temas macabro e do sobrenatural muito frequente, o filme de terror é um gênero cinematográfico que procura uma reação emocional negativa dos espectadores ao jogar com os medos primários da audiência, muitas vezes lidam com os pesadelos do espectador, as fobias ocultas, a repulsa e o medo do desconhecido.

Durante esse um século, o filme de terror ganhou fãs ao redor do mundo, produções que marcaram o gênero cinematográfico e ficaram marcados como clássicos, entre eles estão: Psicose (1960), Halloween (1978), Poltergeist - O Fenômeno (1982).
Para Jorge Wayne, adm da página @terrorpop_ no instagram, o segmento de filme de terror conquistou tanto público porque apesar do medo que ele proporciona, os monstros, os vilões, os espíritos, eles desaparecem quando o filme acaba, mas a vida continua e que ela não é tão aterrorizante quanto se pensa.

Filmes de terror podem ser uma grande experiência para quem gosta de sentir adrenalina. Entre possessões demoníacas, assombrações e a própria maldade humana, as produções do gênero passearam por muitas temáticas ao longo dos anos.

Com base nisso, selecionamos os 5 clássicos do terror que nunca envelhecem e que sempre valem a pena assistir novamente:

  1. O Exorcista (1973):


Esse clássico que ainda aterroriza muita gente não podia ficar de fora. O Exorcista conta a história de um jovem padre (Jason Miller) que tenta livrar uma menina de 12 anos (Linda Blair) de uma possessão demoníaca. Inovador, o filme dirigido por William Friedkin fez pessoas passarem mal nas primeiras exibições e levou o Oscar de Melhor Roteiro e Mixagem de Som.

Para Jorge Wayne, nada supera o filme que fez uma criança interpretar uma possessão demoníaca tão real, que 50 anos depois, ainda é horripilante de se ver.
 

  1. O Enigma do Outro Mundo (1982):


O filme é a segunda adaptação para os cinemas do livro Who Goes There?, escrito por John W. Campbell Jr em 1938. A trama acompanha uma equipe de pesquisa da Antártica, que após investigar um estranho acidente passa a ser ameaçada por uma criatura alienígena que assume a forma de suas vítimas. O filme logo se tornou um importante clássico tanto para a ficção científica como para o terror.

Wayne explica que apesar de ser uma refilmagem, o filme dos anos 80 é aterrorizante e foi inserido dentro de terror por isso. Por causa dele existe o subgênero – Terror alienígena.
 

  1. Brinquedo Assassino (1988):


Este é uma das franquias mais famosas do gênero de terror, tendo oito filmes entre sequências e reboots, é inegável que o boneco Chucky entrou para ficar no imaginário popular. Passado mais de 30 anos do lançamento original, fica a sensação de que a franquia poderia ter se saído melhor com os anos.

“Em uma época sem internet e streaming, o que toda criança queria era um boneco para brincar, e o filme fez ele andar, falar e matar” aponta Jorge Wayne para explicar o sucesso do filme.
 

  1. Os Outros (2001):


Um dos grandes filmes “de terror” desse século, “Os Outros”, completa 20 anos em 2021. Lançado em meio à polêmica de ser muito parecido com “O Sexto Sentido” (1999), a obra máxima de M. Night Shyamalan ou se inspirar nos longas de Hitchcock. De fato, os dois longas têm complexidade dramática muito potente, os sinais e mesmo a atmosfera que envolve os protagonistas são bem similares. Entretanto, Alejandro Amenábar consegue convencer a quem assiste e imprimir certa assinatura. Um clássico contemporâneo que irá ganhar um remake logo mais. Com uma das melhores atuações da carreira de Nicole Kidman, "Os Outros" cria alegorias ricas para um estudo brilhante da protagonista.

Para Jorge Wayne, é o plot twist mais famoso do terror e do cinema, mas ele vai além mostrando que uma história bem construída e contada faz tremer sem precisar de jumpscare.
 

  1. Invocação do Mal (2013):


Grande sucesso nos cinemas, esse filme originou uma franquia de terror. Dirigido por James Wan, Invocação do Mal é baseado em fatos e acompanha o casal de investigadores paranormais Ed (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga) na resolução de um caso perturbador.

Wayne ressalta que depois dos anos 90, achava que nunca mais teria medo de assistir um filme, já que tudo virou um clichê, porém foi surpreendido com o filme de James Wan, fazendo com que o filme entrasse nessa lista.

Com tantos filmes de terror de sucesso, nós perguntamos qual o segredo? Wayne explica que não existe uma fórmula pronta, o clássico é aquele que desafia, sai do conforto, ousa e que a originalidade é primordial para fazer um filme clássico, acrescenta ainda que sustos é o que não pode faltar em um filme de terror.

“Terror que não assusta, te deixa tenso e te faz pular da cadeira, não é terror”, afirma Wayne.
 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »