20/10/2021 às 14h39min - Atualizada em 20/10/2021 às 13h27min

Detox Digital | Uso abusivo das redes prejudica, mas há reversão

Conheça depoimentos de pessoas que tiveram experiência em se desconectar das redes.

Giovanna Macedo - Revisado por Isabelle Marinho
(Foto: Reprodução/ Super Interessante)
Em um mundo 24 horas por dia conectado, os celulares tornaram-se parte do corpo humano, utilizado para gerar comunicação, entreter e até mesmo realizar compras e vendas. O seu uso foi intensificado na pandemia, frente à perda de contato pessoal, o que trouxe ainda mais vício nas telas.
 
Segundo a Kantar, companhia líder em dados e consultoria, brasileiros estão entre os que mais passam tempo no celular – em média 4,2 horas por dia. Em tempos como estes, internautas são tomados por um novo desafio: o detox digital, que consiste em apagar as redes do celular por determinados dias ou horas e se expor mais à vida offline.
 
Verônica Martins, 22, viu no detox digital uma forma de descansar das pressões das mídias. Em dezembro de 2020, no período de pandemia, a estudante de jornalismo ficou em quarentena e se comunicava apenas por internet. Porém, as redes estavam lhe sobrecarregando: “Ao pegar meu celular parecia que minha energia ia embora. Ver tanta informação triste e fútil me fez sentir pressionada”.

A utilização de redes sociais contribui para a construção de relacionamentos, informação e é, também, uma fonte de renda para empreendedores hoje em dia. Entretanto, o seu uso abusivo é revertido em diversos malefícios. Verônica afirma que em três meses fora das redes, melhorou o olhar sobre seu corpo e tornou-se mais calma, revelando o grande problema do uso excessivo de mídias: ansiedade e estresse.


A psicóloga Thaize de Souza sinaliza que os riscos da vida online vão além de cancelamentos, hackers e crimes, pelo fato desse universo ter chegado ao “mundo presencial”. “O uso excessivo de redes sociais podem causar sentimentos, tais como solidão, tristeza, inveja e insatisfação com a vida, ao mesmo tempo que esse vício é alimentado pelo medo de ficar de fora ou estar perdendo algo, ainda mais em jovens”, comenta a especialista.

Ao observar que as redes estavam consumindo maior tempo do seu dia, Jandaia Martins, 49, também resolveu sair do mundo virtual: “Me sentia irritada, impaciente e muito ansiosa. Coisas como informações enganosas e discursos de ódio contribuíram com a minha saída”.

Realizar um detox virtual contribui para uma melhor autoestima e maior segurança nas informações. Jandaia, mãe de Verônica, comenta sobre as sensações que sentiu após excluir as redes do celular: “Apesar de ter às vezes a impressão de ser um peixe fora d’água, me sinto mais segura com as informações que busco em jornais e sites confiáveis e me mantenho distante de coisas fúteis e que nada acrescentam na minha vida.”

Sair das redes pode melhorar até mesmo o estilo de vida das pessoas, pois libera tempo para fazer atividades físicas, cuidar da saúde mental e contribui para o autoconhecimento, “além de fortalecer as relações interpessoais”, afirma Thaize.

Como saber se preciso de um detox digital?

Alguns sinais comportamentais podem indicar o vício que o uso abusivo das redes causa nas pessoas. A psicóloga Thaize de Souza apresenta alguns deles:

- Dificuldade em ficar uma refeição sem olhar o celular, mesmo quando ele não possui notificações;

- Usar as redes sociais para esquecer os problemas pessoais ou para “descansar”;

- Fica ansioso ou apresenta palpitações só de pensar em ficar sem celular, ou internet;

- Fica olhando o tempo todo as redes sociais para saber quem curtiu e comentou suas publicações.

Dicas para começar um detox digital

O processo do detox digital inclui se desconectar das redes e passar um tempo longe de dispositivos eletrônicos. Pode ser um período de sete dias, um mês ou o que for preciso para dar um respiro da vida online. “A primeira semana é a mais estranha... você sente que está faltando algo, às vezes eu pegava o celular só para ligar a tela”, comenta Verônica sobre sua experiência de ficar três meses sem as redes.

Ao observar sinais indicadores de que precisa se desvencilhar do mundo digital, siga as dicas de Verônica de como fazer um detox:

  1. Desligue as notificações do celular;

  2. Separe um momento para ver jornais, para saber o que está acontecendo no mundo, sem sobrecarregar;

  3. Aproveite os momentos para fazer atividades que gosta: ler um livro, assistir séries e filmes, passar tempo de qualidade com a família, entre outros;

  4. Se não puder ficar sem redes devido a trabalho ou estudos, faça nos finais de semana ou em dias de folga e férias.

Fique com um vídeo que explica mais sobre o detox digital.

Experiência de um Youtuber sobre um detox digital de 30 dias. (Vídeo/Youtube: Will Mayer)
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »