01/11/2021 às 16h08min - Atualizada em 01/11/2021 às 15h58min

Glover Teixeira faz história e se sagra campeão meio pesado do UFC

Brasileiro domina Blachowicz, finaliza no segundo round e se torna o mais velho a conquistar o cinturão

Robert Dias Batista - labdicasjornalismo.com
Bom soco de esquerda de Glover, momento crucial para vencer a luta (Foto/reprodução: UFC).
Quase nove anos após fazer a sua estreia no UFC, o brasileiro Glover Teixeira finalmente obteve a sua glória e se sagrou campeão da divisão dos meio pesados (93 kg), após finalizar o então campeão, Jan Blachowicz no segundo round da luta. Glover havia disputado o cinturão em 2014, naquela ocasião foi derrotado por ninguém mais, ninguém menos que Jon Jones, o maior lutador da história da categoria.

Desde então o brasileiro tinha feito outras 14 lutas (sem contar com Blachowicz), venceu dez e perdeu apenas quatro, porém, mesmo com essa sequência, foram mais de sete anos de espera para uma nova disputa de título e agora com seus 42 anos, Glover se tornou o lutador mais velho a conquistar o cinturão do UFC. O brasileiro atualmente possui uma sequência de seis vitorias seguidas com mais de três anos de invencibilidade e já planeja defender o seu título em breve.

O polonês Jan Blachowicz conquistou o cinturão ao derrotar Dominick Reyes em setembro do ano passado e pouco tempo após completar um ano como campeão perdeu o seu título para Glover. Porém não se mostrou muito abatido com a derrota, teve uma excelente postura em relação a isso, durante sua entrevista frisou que vai se inspirar no próprio Glover para seguir sua carreira e um dia voltar a ser campeão. Ressaltou que Blachowicz tem 38 anos, quatro anos mais jovem que o brasileiro.
 
O COMBATE
 
O primeiro round começou com o brasileiro não dando espaço e nem tempo para o campeão soltar o seu jogo em pé e logo no início conseguiu uma boa queda para controlar a luta por cima. Glover não soltava tantos golpes no solo, parecia se preocupar mais em manter a posição e conseguiu fazer isso. Ficou por cima do início ao fim e sem correr riscos venceu o round com clara vantagem. 10-9 Glover no primeiro round da luta.

No segundo round, Glover voltou com a mesma estratégia para quedar o polonês logo no início, porém o campeão estava esperto e rapidamente evitou as tentativas do desafiante. Com a luta em pé, Blachowicz tinha mais velocidade e tinha uma pequena vantagem na luta. Pequena, pois Glover encaixou um belo cruzado de esquerda que fez o adversário balançar, literalmente. Sentindo o bom momento Glover partiu para cima buscando encerrar a luta e nesse momento, Blachowicz acertou um bom golpe, que visivelmente incomodou o brasileiro, que logo em seguida conseguiu mais uma queda. No chão, Glover rapidamente foi para a posição da montada, Blachowicz deu as costas para ele, que aproveitou e encaixou um mata-leão, o que encerrou a luta e o reinado do polonês.
 
PRÓXIMOS CONFRONTOS 

Agora campeão, Glover já planejou sua primeira defesa de cinturão. Logo após a luta, ainda no octógono, Glover garantiu que seu próximo adversário será o tcheco Jiri Prochazka, atual número dois no ranking da categoria. Um vídeo começou a circular na internet, em que Glover e Prochazka conversavam nos bastidores, e o brasileiro dizia que ele seria seu próximo oponente.

Blachowicz terá que trilhar novamente o seu caminho para uma nova disputa de título, e mesmo que não tenha dito nada sobre seu retorno, é provável que enfrente um desses três oponentes: uma revanche com Thiago “Marreta”, quinto colocado no ranking e último algoz do polonês, antes de Glover. Outra possibilidade seria Anthony Smith, quarto do ranking. Por último, Magomed Ankalaev, sétimo do ranking, porém deve figurar entre os cinco melhores até o fim da semana, já que venceu no último sábado (30).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »