11/11/2021 às 13h48min - Atualizada em 11/11/2021 às 13h32min

Brasil enfrenta a Colômbia para garantir vaga na Copa

Em caso de vitória a seleção estará matematicamente classificada para a Copa do Mundo do Catar

Igor Oliveira - labdicasjornalismo.com
Os últimos jogos entre as duas seleções foram marcados por muita disputa e faltas fortes. Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Brasil e Colômbia se enfrentam na Neo Química Arena, às 21h30, desta quinta-feira (11), em duelo válido pela 13ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Uma vitória garante a vaga antecipada da seleção brasileira para o próximo Mundia de seleções. A equipe é a líder com 31 pontos. Se vencer hoje, o Uruguai, primeiro fora do G4, pode igualar a pontuação, mas não supera no número de triunfos.

Os colombianos foram os únicos que tiraram pontos do Brasil nessas Eliminatórias, até o momento, no duelo que terminou 0x0 em Barranquilla no último mês. Cafeteiros estão na 4ª, último com vaga direta, com 16 pontos. 

BRASIL

O técnico Tite precisou fazer duas alterações em relação a convocação original, Roberto Firmino e Lucas Veríssimo se lesionaram e deram lugar a Vinicius Júnior e Gabriel Magalhães. O treinador brasileiro deve promover quatro alterações no time que goleou o Uruguai na última rodada; Alisson substitui Ederson, Danilo volta à lateral no lugar de Emerson, Casemiro e Marquinhos voltam a equipe no lugar de Fabinho e do lesionado Lucas Veríssimo.

Com isso, Raphinha, que foi muito elogiado por suas atuações nas últimas rodadas da competição,  mantem-se no ataque da equipe, assim como Gabriel Jesus, Lucas Paquetá e Neymar. Apesar da expectativa em torno de Vinicius Júnior, que é um dos grandes destaques do início da temporada europeia, o atacante do Real Madrid deve começar a partida no banco de reservas.

Alguns jogadores estão penduras e correm risco de ficarem de fora do clássico diante à Argentina. São eles: Thiago Silva, Marquinhos, Eder Militão, Casemiro, Fabinho, Gerson, Lucas Paquetá e Gabriel Jesus.

Para os duelos contra Colômbia e Argentina, Tite convocou apenas jogadores que atuam no exterior, a única exceção é o goleiro Gabriel Chapecó, do Grêmio. A justificativa do treinador foi não atrapalhar os clubes brasileiros na reta final do Brasileirão.

Com uma campanha que já é histórica devido a sequência de invencibilidade, a Seleção pode coroar o desempenho com a vaga antecipada, mesmo tendo uma partida a menos que a maioria das outras seleções (o duelo interrompido contra a Albiceleste ainda não teve um veredito da FIFA).

Provável escalação: Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Fred, Lucas Paquetá, Raphinha, Neymar e Gabriel Jesus.

COLÔMBIA

Para o duelo contra o Brasil, o treinador Reinaldo Rueda não poderá contar com seu artilheiro Falcao Garcia. Além dele também estão fora da partida os titulares Yerry Mina e Matheus Uribe. Na contramão dos desfalques, James Rodriguez volta a Seleção após um ano sem vestir a camisa dos Cafeteros.

Na quarta posição das Eliminatórias, a Colômbia busca resolver os problemas ofensivos da equipe, que passou zerada nas três partidas de outubro. Se por um lado o ataque não funcionou, do outro a defesa não foi vazada nos empates contra Uruguai, Brasil e Equador.

Provável escalação: Ospina, Muñoz, Davinson Sanchez, Lucumí e Tesillo; Barrios, Yairo, Cuadrado, James Rodriguez e Luis Díaz; Duván Zapata.

HISTÓRICO DE CONFRONTOS
O retrospecto entre as duas seleções é favorável ao Brasil, que em 34 confrontos venceu 20, empatou 11 e foi derrotado apenas três vezes, nenhuma delas em casa e nem pelas Eliminatórias. A Seleção Brasileira marcou 66 gols e sofreu 18 na história do confronto.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »