29/11/2021 às 19h27min - Atualizada em 29/11/2021 às 20h04min

De volta à Gotham City colorida

Série sessentista do Homem-Morcego está de volta ao mercado nacional

Paulo Firmo - Editado por Fernanda Simplicio
Fonte: Warner/Reprodução: Logopedia Fandom
A pré-venda da 1ª temporada da série “Batman e Robin” em DVD foi iniciada no site da empresa brasileira Line Store no último dia 21 de novembro às 22:00.
 
Primeiro a Guerra... depois muita diversão com Bang! Crash! Pow!
 
Embora a primeira aparição do personagem das histórias em quadrinhos criado por Bill Finger (escritor) e Bob Kane (desenhista) na revista Detective Comics #27 em maio de 1939 ter se dado em 1943, foi a série dos anos 1960 que elevou Batman ao status de ícone da Cultura Pop.
 
Em 1943 e 1949, The Batman (O Homem-Morcego, traduzido livremente para o português) e Batman and Robin (O Homem-Morcego e o Robin, idem) respectivamente, foram as primeiras aparições do personagem em uma série para a TV (nos Estados Unidos). Batman fora interpretado pelo ator Lewis Wilson e Douglas Croft assumiu o manto do Robin. Com baixíssimo orçamento, os episódios traziam o Batman enquanto um agente do governo americano, cujas histórias estavam recheadas de conteúdos sobre guerra – o mundo encontrava-se em plena 2ª Guerra Mundial (1939-1945) no primeiro seriado e no recente pós-guerra, no segundo. As produções dos seriados ficaram a cargo da Columbia Pictures.
 

 
Passadas quase duas décadas, com algumas divergências quanto à data, os registros oficiais apontam que foi entre 12 de janeiro de 1966 e 14 de março de 1968 que a rede de televisão aberta estadunidense ABC (American Broadcasting Company) transmitiu a série de TV intitulada “Batman”. Foram 60 histórias, cada uma dividida em duas partes, totalizando, portanto, 120 episódios.
 
Nos papéis principais estavam Adam West (1928-2017) como Batman/Bruce Wayne, Burt Ward (1945-) interpretando Robin/Dick Grayson, Alan Napier (1903-1988) dando vida ao mordomo Alfred Pennyworth, Neil Hamilton (1899-1984) na pele do Comissário Gordon, Cesar Romero (1907-1994) sendo o Coringa, Burgess Meredith (1907-1997) animando o Pinguim, Lee Meriwether (1935-), Julie Newmar (1933-) e Eartha Kitt (1927-2008) em momentos diferente, sob a pele da Mulher Gato, Frank Gorshin (133-2005) e Vince Price (1911-1993) caracterizados como o Charada.
 
Transportando a rica atmosfera dos quadrinhos para a TV, com todas as suas cores, linguagem – como as famosas onomatopeias [figuras de linguagem com a qual se reproduz sons por meio de fonemas. Ruídos, gritos, sons de animais, sons da natureza, barulho de máquinas, o timbre da voz humana faz parte do universo das onomatopeias. Exemplos: Bang! Crash! Pow!] que explodiam na tela –, histórias espalhafatosas e inusitadas, junto a uma grande dose de humor, tornaram a série de TV dos anos sessenta um grande sucesso. Todavia, alguns críticos enfatizavam a repetição da dinâmica dos episódios taxando-os de “mesmice”; e ainda havia aqueles fãs mais ortodoxos, que viam a atração televisiva do “Morcegão” enquanto uma verdadeira “mancha no currículo”. Como se fora incompatível com a proposta soturna de um vigilante mascarado, vestido de morcego, criado para infringir medo nos malfeitores e combater o crime na grande metrópole (americana) fictícia, Gotham City. Em um vídeo produzido pela Warner Channel Brasil, Roberto Segundo, do (canal A Hora Suave), Gustavo Cunha (canal que leva o seu nome) e Rodolfo Castrezana (canal Nerd Rabugento) salientam essas nuances.
 

 
O grande elenco exibiu interpretações marcantes. E, apesar do clima recheado de humor, mesmo satírico, a “essência ‘detetivesca’ e misteriosa” da dupla dinâmica formada pelo “Homem-Morcego” (Batman) e o “Menino Prodígio” (Robin) esteve sempre presente. O sucesso da série foi tanto que muitas celebridades fizeram participações em alguns episódios, sempre da mesma maneira: olhando para fora da janela justamente quando Batman e Robin estavam escalando um prédio. Dentre muitoss, Jerry Lewis (1926-2017), Edward G. Robinson (1893-1973) e Bruce Lee – ele que viria a participar de um episódio quando a dupla protagonista do seriado Besouro Verde e Kato (Bruce Lee) combateriam o vilão “Coronel Gumm” ao lado de Batman e Robin.
 
Conhecida no Brasil como “Batman e Robin”, a série foi exibida primeiramente na TV Paulista, canal 5 – a segunda emissora de televisão a ser inaugurada na cidade – às 20:30 (horário nobre) de uma terça-feira. A dublagem, nas duas primeiras temporadas foi realizada pelos estúdios AIC São Paulo, com Gervásio Marques (1920-) e Rodney Gomes (1936-2006) dando voz a Batman e Robin, respectivamente. Na terceira e última temporada, a respectiva dublagem passaria à Newton da Matta (1946-2006) e Luís Manoel (1942-), do estúdio carioca TV Cine-Som.
 
De acordo com o jornalista Maurício Viel, do site RetrôTV, a dublagem realizada pela AIC-SP da 1ª temporada da série é na verdade uma redublagem. E foi feita em função de o primeiro dublador do estúdio paulista possuir uma voz rouca e anasalada; considerada incompatível com o personagem. Esta redublagem, que no final das contas está presente nas duas primeiras temporadas, são tidas como “dublagem clássica”.
 
Ao longo das décadas, a série Batman, ou Batman e Robin, foi reprisada diversas vezes, em muitas emissoras brasileiras. Pode ser considerada como uma produção de enorme sucesso também no país.
 
“Santo sucesso”
 
Fazendo um caminho incomum – normalmente os quadrinhos ganham vida no cinema e na TV depois de fazerem sucesso nas bancas –, um dos produtos culturais mais relevantes derivados da série, são as histórias em quadrinhos publicada pela DC Comics (“a casa do Batman”).
 
Lançada no formato impresso nos EUA (Estados Unidos) em 2013 (2014 em mídia digital), cinco volumes cobrem o universo principal da série de TV nas histórias em quadrinhos. Encontros entre Batman e Robin dos anos 1960 com outros super-heróis e personagens da Cultura Pop ocorreram de modo singular. Batman e Robin junto a Archie e ao O Agente da U.N.C.L.E são dois relevantes exemplos.
 
Trazidas ao Brasil pela Panini Comics Brasil – braço da editora italiana que publica os quadrinhos da DC Comics no país – os sete volumes impressos terminaram de ser publicados em outubro de 2020.
 

 
Segundo Fábio da Luz, criador do canal A Caverna do Morcego*, especializado no universo do Batman, as histórias podem ser lidas independentes uma das outras. Contudo, se lidas em sequência, há um ganho na compreensão a respeito de pequenas nuances que vão aflorando sobre personagens ao longo das narrativas. Em seu vídeo, ORDEM DE LEITURA - Batman' 66 | Panini Comics, ele explica bem esses detalhes e a importância dos quadrinhos para a série e vice-versa.
 
Personagens do universo do morcego que não estão na série tem as suas versões apresentadas nestes quadrinhos, assim como locais bem conhecidos das HQs (histórias em quadrinhos) aparecem neste universo sessentista criado lá na série de TV. Ele também salienta que, tal qual na TV, o ritmo das histórias presentes nestes volumes é outro: mais lento e menos violento.
 
*Confira aqui uma matéria a respeito do canal, que foi publicada anteriormente aqui no Lab Dicas Jornalismo.
 
Segundo o site da Panini Comics Brasil, os quadrinhos desta coleção “trazem uma coleção completamente inédita de histórias repletas de aventura e ação, no estilo da clássica série de tevê do Batman da década de 1960! Escritas por Jeff Parker e ilustradas por uma galeria de grandes artistas - incluindo Jonathan Case, Ty Templeton e Joe Quinones - as aventuras presentes nesse encadernado capturam o exato porquê de Batman e Robin terem se tornado o padrão de excelência para todo e qualquer herói!”
 
De volta ao “Bat-canal”... da sua TV!
 
Dois anos após Batman completar 80 anos de criado e poucos meses depois do celebrado Batman Day – evento anual organizado pela DC Entertainment (DC entretenimento em tradução livre) para celebrar o personagem. O primeiro “Dia do Batman” foi em 23 de julho de 2014. Em 2021, ocorreu em 21 de setembro. –, o público brasileiro recebe o anúncio do início da pré-venda (com desconto por tempo limitado) da 1ª temporada da série de TV em DVD.
 

 
A responsável por trazer este produto de volta ao marcado nacional, é a empresa brasileira Line Store. Há vinte anos atuando no mercado de distribuição de filmes e séries clássicas em mídia DVD, o produto anunciado será composto de um digibook – estojo impresso em papel cartão que possui em uma das abas diversas bandejas do tipo digitray/digipack sobrepostas e coladas por fita.
 
A primeira temporada estará reunida em seis discos, quatro contendo seis episódios e dois contento cinco. 34 episódios somando aproximadamente 850 minutos, formato de tela 4:3, áudio estéreo (2.0), idiomas e legendas em inglês, português e espanhol. Não foi informado pela empresa se os episódios foram remasterizados (qualidade do som ou da imagem melhorados) ou mesmo se há a “dublagem clássica”. O lançamento está previsto para dezembro de 2021. A Line Store salienta que se trata de um produto original autorizado pela Warner.
 
Não é a primeira vez que a série de TV mais famosa e controversa do Batman é lançada no Brasil e no idioma local. Nos anos 2010, a Warner lançou uma caixa intitulada Coleção Batman: A série Completa da Televisão. Os 120 episódios estavam acondicionados em 18 DVDs. Na mesma época, nos EUA, o mesmo conteúdo foi lançado também em Blu-ray. O pacote continha as remasterizações dos episódios, áudio original em inglês, a dublagem brasileira dos anos 1960, três horas de extras em documentários e material de arquivo, livreto com 32 páginas e uma camiseta exclusiva com a logo clássica da série.
 
Agora, após o anúncio da Line Store, a expectativa dos fãs é grande, como pode ser verificada nas mídias sociais da empresa. Na era do streaming e do efêmero, um clássico para ter em mãos, rever, colecionar, estudar e se divertir é bastante significativo. Os fãs da época e os novatos em matéria de Batman agradecem.
 
 
REFERÊNCIAS:
 
A BATCAVERNA. Vamos falar sobre a Série de 1943 do Batman | Curiosidades. Youtube. 13 mar. 2016 Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=hSIUE9bQSBQ. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
AGUIAR, José. Lembra desse? Batman, a série de TV. Séries e TV. Artigo. Omelete. 27 fev. 2003. Disponível em: https://www.omelete.com.br/series-tv/lembra-desse-ibatmani-o-seriado-da-tv. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
BATMAN e ROBIN - Primeira Temporada Completa - Digibook - 6 Discos. Line Store. [s.d]. Disponível em: https://www.linestore.com.br/parceiro/batman/batman-e-robin-primeira-temporada-completa-digibook-6-discos-p677. Acesso em: 21 nov. 2020.
 
Batman (série de televisão). Wikipédia. 28 out. 2021. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Batman_(s%C3%A9rie_de_televis%C3%A3o). Acesso em: 27 nov. 2021.
 
Batman psicodélico dos anos 60 ganha caixa de luxo no Brasil. Veja! Cinema e Séries. R7. 13 abr. 2015. Disponível em: https://entretenimento.r7.com/cinema-e-series/batman-psicodelico-dos-anos-60-ganha-caixa-de-luxo-no-brasil-veja-04102019. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
Batman '66 Vol. 1. Comics. DC. Batman '66. Batman '66 Vol. 1. Comixology. [s.d]. Disponível em: https://www.comixology.com/Batman-66-Vol-1/digital-comic/87475?ref=c2VyaWVzL3ZpZXcvZGVza3RvcC9ncmlkTGlzdC9Db2xsZWN0ZWRFZGl0aW9ucw. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
Batman '66 Vol. 01. Home. Batman - Especiais e Livros. Batman '66 Vol. 01. Panini. [s.d]. Disponível em: https://loja.panini.com.br/panini/produto/dc-batman-66.aspx?oid=119168. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
CIDRAMAN. SANTO ATRASO! Série clássica do Batman APENAS EM DVD no Brasil :(. DVD. Notícias. 4 nov. 2014. Blog do Jotacê. Disponível em: https://blogdojotace.com.br/2014/11/04/santo-atraso-serie-classica-do-batman-apenas-em-dvd-no-brasil/. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
GIGLIO, Gustavo. As celebridades que olharam pela janela quando Batman e Robin estavam passando. Entretenimento. Update. 17 jan. 2019. Disponível em: https://www.updateordie.com/2019/01/17/as-celebridades-que-olharam-pela-janela-quando-batman-e-robin-estavam-passando/. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
LINE STORE. Lançamento da série Batman & Robin - Primeira Temporada Completa! Instagram. 21 nov. 2021. Disponível em: https://www.instagram.com/p/CWeVQCiOoAV/. Acesso em: 21 nov. 2021.
 
LUZ, Fábio da. ORDEM DE LEITURA - Batman' 66 | Panini Comics. Youtube. [s.d]. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=iGwXMOyuHGk. Acesso em: 22 nov. 2021.
 
O PASTEL NERD. BATMAN ’66 ENCONTRA O BESOURO VERDE. Crítica. 9 mai. 2017. Disponível em: https://opastelnerd.wordpress.com/2017/05/09/critica-batman-66-meets-the-green-hornet/. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
Warner Home Entertainment lança box das séries clássicas Batman e Mulher Maravilha. Rota Cult. 13 mar. 2018. Disponível em: https://rotacult.com.br/2018/03/warner-home-entertainment-lanca-box-das-series-classicas-batman-e-mulher-maravilha/. Acesso em: 27 nov. 2021.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »