13/12/2021 às 09h02min - Atualizada em 13/12/2021 às 09h42min

Jurassic World: Acampamento Jurássico | Resenha da quarta temporada

Jurassic World: Acampamento Jurássico realizou a estreia de sua quarta temporada na última sexta-feira (03) na Netflix

Lara Heloysa de Almeida - Editado por Fernanda Simplicio
Foto: Netflix/ Reprodução: Divulgação


 Jurassic World: Acampamento Jurássico é uma série infanto juvenil que conta a história de seis jovens que são selecionados para embarcarem numa aventura na Isla Nublar dentro do fantástico Jurassic World, numa nova atração que será testada por eles: o Acampamento Jurássico. Porém, no meio das diversões almejadas pelo jovem sonhador Darius e seus colegas, também há conflitos adolescentes e um imprevisto que os farão lutar para sobreviver naquele parque temático com criaturas trazidas a vida com a biotecnologia focada na genética do DNA reconstruído.
 Dos dinossauros típicos como: Tiranossauros, a nossa querida e amada RexCarnotauro raivoso, Toro; a doce Anquilossauro, Bolota; enxame de Procompsógnato, os terríveis Compinhos e outros diversos dinossauros que foram sendo inseridos na franquia; temos também os que são ainda mais modificados como a Indominus Rex e a “E750” – Scorpius Rex; sem contar os caçadores de dinossauros interesseiros que fingiram ser aqueles que iriam resgatar os jovens, que estão sempre no caminho evitando que os jovens consigam realizar o grande desejo de voltarem para seus lares após seis meses presos na ilha.




Alerta de spoilers
A quarta temporada inicia com a esperada saída da ilha onde situava-se o parque de Simon Masrani, o único lugar, até então, onde havia dinossauros no planeta. Com o iate podendo navegar, voltamos a ver os conflitos entre os jovens que aconteceu nos últimos episódios da terceira temporada, envolvendo os personagens: Darius Bawman, Kenji Kon e Brooklyn.
Com os nervos à flor da pele, os conflitos tomam uma proporção mais intensa, mas logo é deixado de lado por causa de um forasteiro na navegação, um Compinho, que acaba morto por um dos BRAD´s.
A esperança de chegarem bem na Costa Rica logo é apagada devio a aparição do Mosasauro que fugiu da lagoa na temporada passada (na mesma linha cronológica do segundo filme da franquia, Reino Ameaçado), provocando um acidente afundando a embarcação e os levando para uma ilha desconhecida.
O local não se parece com a Costa Rica, mas sim com a Austrália, com o clima desértico e com vários cactos, deixando todos com os ânimos abalados, mas ainda continuam lutando e procurando um jeito de sair daquele lugar. Logo são separados por uma tempestade de areia, descobrindo que não estão sozinhos e que foram parar num lugar tão jurássico quando a Isla Nublar, encontram um Tigre-dente-de-sabre.



Notamos então que a ilha é uma criação humana, totalmente tecnológica, com diversos biomas e outros animais extintos há milhares de anos, desta vez comandada por uma empresa que vem sendo citada milhares de vezes desde a primeira temporada, a Mantah Corp.
Também vemos novos dinossauros como: o Kentrossauros, Pierce; as duas Tiranossauros, mãe e filhaum filhote e de Braquiossauro, que acaba se apegando ao Ben, como a Bolota; a volta do Espinossauro e os icônicos Dilofossauros, um Ceratossauro; e por fim o casal de irmãos Rebel e Angel, que são uma mistura entre o Espinossauro (carnívoro extremamente agressivo) e um Sinoceratops (herbívoro pacífico).



Temos também a adição de novas pessoas sendo eles:  Drª Mae, que trabalha para a empresa sem saber os reais motivos que desejam realizar com suas pesquisas; o arrogante Kash, que logo descobrimos que é aquele que ameaçou a família de Sammy e controla a ilha com seus robôs; e o personagem que ninguém esperava que seria apresentado logo no final do último episódio da temporada, Daniel Kon, pai do Kenji e dono da Mantah Corp. 
Descobrimos que o objetivo principal da Mantah Corp, não era apenas concorrer com o Jurassic World, mas sim criar uma ilha de extremos para que os dinossauros se tornem cada vez mais e mais agressivos para batalharem entre si, tornando uma batalha de criaturas pré-históricas.



Nessa temporada também podemos ver um pouco mais do desenvolvimento dos dos personagens, como Ben acreditando fielmente em seus instintos; Yasmina mostrando que também tem medo e fraquezas como os outros e os muros que ela construiu em voltade si mesma para que ninguém visse esse lado dela desmoronando; a agilidade de Darius em espionar Kash e seus planos; além do que agradou muitos e deixou outros um pouco desgostosos, o casal entre os amigos: Kenji Brooklyn. 
Vimos também que as amostras de DNA não vieram todas de espiões de dentro do parque como Eddie e Sammy, mas também da Isla Sorna, citada nos últimos filmes da franquia Jurassic Park, onde se encontram o Espinossauro, que participou da icônica briga contra um tiranossauro e dos grupos de velociraptores.

Assista o trailer da nova temporada abaixo:

Jurassic World: Acampamento Jurássico e quatro dos cinco filmes da franquia podem ser assistidos na plataforma de streamimg da Netfix.

Referências:

Souza, Guto. Jurassic World: Acampamento jurássico | Tudo sobre a série animada. Feededigno. 1 de jul. 2021. Disponível em: Acesso em 05 de dez. 2021.
Castilho, Mari. Jurassic World: Acampamento Jurássico | Review com Spoilers da 4ª Temporada!. Alternativa nerd. 4 de dez. 2021. Disponível em: https://alternativanerd.com.br/series-tv/jurassicworld-acampamento-jurassico-review-com-spoilers-da-4atemporada/ Acesso em: 5 de dez. 2021.
Moderna, Pipoca. A aventura continua no trailer da 4° temporada de “Jurassic World: Acampamento Jurássico”. Terra. 10 de nov. 2021. Disponível em: < https://www.terra.com.br/diversao/tv/series/a-aventura-continua-no-trailer-da4-temporada-de-jurassic-world-acampamentojurassico,18011a60a42593a61ccfcfaaeac13217wb181orp.html> Acesso em: 5 de dez. 2021.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »