13/05/2021 às 21h30min - Atualizada em 14/05/2021 às 21h00min

Gilmore Girls: uma história para todas as mães

Famosa pelo relacionamento entre mãe e filha, a série está disponível na Netflix, além de um revival lançado em 2016.

Isabelle Marinho - Revisado por Mário Cypriano
Lauren Graham e Alexis Bledel como Lorelai e Rory Gilmore - Foto: Divulgação / Warner Bros

Você já refletiu como é o relacionamento com sua mãe? Algumas relações podem ser mais tradicionais e rígidas, outras podem ser mais ausentes e complexas. Ainda há aquelas de amizade, onde sua mãe é sua melhor amiga; esse é o caso de Lorelai e Rory, da série “Gilmore Girls”. A produção da Warner Bros está disponível na Netflix. Aproveite para maratonar os episódios e passar o dia com quem te criou. 


A série foi lançada em 2000 e durante sete anos consecutivos, produziu sete temporadas. Entretanto, como uma comemoração aos dez anos do fim da produção, a Netflix, juntamente com a Warner Bros, lançou o revival em formato de minissérie “Gilmore Girls: Um ano para recordar”, com quatro episódios, um correspondente a cada estação do ano.  
 


A partir da primeira temporada, já nos primeiros episódios, é possível notar a forte ligação que Lorelai, interpretada por Lauren Graham, tem com sua filha, apelidada como Rory, vivida por Alexis Bledel. As duas são ligadas inclusive pelo nome que, de acordo com Rory no primeiro episódio, Lorelai “estava deitada no hospital pensando sobre como homens dão seus nomes aos filhos o tempo todo, então por que mulheres não podem fazer o mesmo? Ela diz que o feminismo dela ‘meio’ que tomou conta”. 


Além do nome, as semelhanças das protagonistas são perceptíveis no vício da cafeína e nos gostos relacionados à música, filmes e livros, o que faz a série ser repleta de referências artísticas. Outro motivo para que as “Lorelais” se deem muito bem é que a mãe Gilmore tinha apenas 16 anos quando teve Rory, saindo da casa dos pais na cidade de Hartford, com quem ela não tinha uma boa convivência, indo para a minúscula cidade de Stars Hollow, Connecticut, EUA (cidade fictícia), onde criou sua filha sem a presença do pai da criança, Christopher Hayden, que também era um adolescente quando se tornou pai.  
 

(Elenco de Gilmore Girls - Foto: Divulgação / Warner Bros)


Na cidadezinha, Lorelai construiu sua vida com o passar dos anos, tendo sua casa, sendo gerente da pousada Independence Inn, onde começou como camareira quando Rory nasceu, criando laços com vários moradores de Stars Hollow e mantendo distância afetiva e física dos pais. Logo no primeiro episódio quando Lorelai está com 32 anos e sua filha com praticamente 16, Rory é aceita em Chilton, uma escola particular de grande prestígio no contexto da série. Entretanto, no banco, o empréstimo da mãe é negado e ela é obrigada a voltar a ter uma relação com Richard e Emily Gilmore, seus pais, para que eles ajudem a bancar a escola da garota. 

Ao longo das temporadas, mesmo as duas tendo uma amizade, são diversos os momentos em que Lorelai se impõe como mãe e toma decisões que Rory ainda não está pronta para tomar. Todavia, Lorelai Gilmore não é a única mãe da série, são várias figuras maternas, cada uma com um jeito e uma maneira de amar. 

 

Emily Gilmore

Emily é a mãe de Lorelai e é notável a relação fria e confusa que as duas possuem. A senhora Gilmore é uma pessoa rígida, conhecida na série por demitir e contratar empregados quase toda semana.

Alerta de Spoiler!

Durante as temporadas, a relação com sua filha melhora, entretanto, ainda há situações que se repetem com frequência. Emily Gilmore não é a personagem mais feliz e simpática, porém, todas suas ações visam o bem da família, pelo menos, na sua perspectiva. 

 

(Kelly Bishop como Emily Gilmore no revival "Gilmore Girls: Um ano para recordar" - Foto: Divulgação / Netflix)

 

Sra. Kim

O primeiro nome da matriarca da família coreana nunca foi divulgado, mas a senhora Kim é habitante de Stars Hollow e possui um antiquário, o mais famoso da cidade. Ela é mãe da personagem Lane, melhor amiga de Rory, e como mostra na série, sua cultura e sua religião fazem com que a criação familiar seja mais disciplinada e o respeito pelo que os pais determinam para o filho impere na família. Todavia, Lane tem uma visão de mundo totalmente diferente. Ela gosta da cultura norte-americana, e por essa diferença, esconde da mãe por um bom tempo os gostos musicais, namorados e as decisões de vida. 
 

(Emily Kuroda como senhora Kim em Gilmore Girls - Foto: Warner Bros)
 

Babette Dell

A personagem que traz humor à série é vizinha de Lorelai e Rory. Sua maternidade é diferente, Babette é mãe de gatos e sente o maior amor por seus filhos.

Alerta de Spoiler!

No quinto episódio da primeira temporada, o gato, chamado “Cinnanon” (Canela, em português), morreu e um funeral com buffet, música e convidados foi organizado para honrar sua memória.
 

(Respectivamente, Liz Torres e Sally Struthers como senhorita Patty e Babette em "Gilmore Girls: Um ano para recordar" - Foto: Netflix)
 

Liz Danes

 

Liz aparece somente na quarta temporada, mas já é citada anteriormente, quando seu filho Jess Mariano se muda para a casa do tio Luke Danes, em Stars Hollow. Liz acredita que Luke pode ajudar na disciplina do garoto.

Alerta de Spoiler!

Em diversos momentos, essa mãe é vista como irresponsável por suas decisões, mas com o passar das temporadas, dá à luz a uma garotinha, Doula, recebendo todo o apoio que lhe faltou na criação de Jess. 
 

(Kathleen Wilhoite e Michael DeLuise como Liz e TJ em Gilmore Girls - Foto: Netflix)

 

Sookie St. James

A cozinheira é a melhor amiga de Lorelai e trabalha junto com a protagonista na pousada. Sookie é uma figura extrovertida, animada e realmente desastrada, sua forma de cozinhar já lhe rendeu diversos machucados e queimaduras.

Alerta de Spoiler!

Entretanto, sabe ser cuidadosa com os filhos. Durante as sete temporadas, Sookie vira mãe de três crianças: Davey, Martha e outro bebê que está a caminho quando a sétima temporada acaba. 


(Melissa McCarthy como Sookie St. James - Foto: Warner Bros)

 

Anna Nardini

O motivo para a aparição de Anna na sexta temporada é um choque para todos que estão assistindo. Até mesmo para as personagens da série.

Alerta de Spoiler!

Anna aparece após a filha April realizar um exame de DNA para a Feira de Ciências da escola sem a sua supervisão para descobrir quem seu pai era. A descoberta abala muitas relações na série, mostrando que Anna criou April sozinha por, no mínimo, 12 anos, e essa é uma das razões para que ela seja tão protetora com a filha. 
 

(Sherilyn Fenn como Anna Nardini em Gilmore Girls/ Foto: Warner Bros)
 

Lane Kim

Durante grande parte da série, Lane Kim esconde sua verdadeira identidade de sua mãe, a senhora Kim, por causa da criação mais rígida a que era submetida.

Alerta de Spoiler!

Entretanto, depois de anos, sua mãe descobre tudo e Lane vai morar com os membros da banda, casando com um deles e engravidando de gêmeos, que nascem na última temporada. Lane discursiviza que seus filhos nunca irão pisar na igreja, pois sua mãe a obrigava a fazê-lo. A maneira como a jovem diz, dá a entender que ela seria intolerante às perspectivas diferentes, como a mãe. Lorelai lhe abre os olhos, reconsiderando a decisão. 
 

(Keiko Agena como Lane Kim - Foto: Divulgação)

 

Paris Geller

 

Paris Geller é uma das personagens com maior construção de identidade. Aparecendo logo nos primeiros episódios, frequentando Chilton com Rory, com quem discute várias vezes, pois é muito competitiva e viu sua colega como uma ameaça.

Alerta de Spoiler! 

Todavia, elas se entendem e frequentam a mesma faculdade, construindo uma amizade. Os filhos de Paris aparecem apenas na minissérie, onde a personagem está divorciada e compartilha a guarda das crianças. Além de mãe, ajuda diversas mulheres a serem mães em sua profissão, considerando que ela é médica e trabalha com barrigas de aluguel e inseminação artificial. 
 

(Liza Weil como Paris Geller - Foto: Divulgação)

 

Rory Gilmore (Alerta de Spoiler)

Um dos finais com mais incógnitas em Gilmore Girls é o da minissérie especial. No revival, a vida de Rory está confusa e sem carreira fixa, o que a faz parar com o jornalismo por um tempo e investir na escrita de um livro sobre o relacionamento com a mãe. A jornalista vive uma situação amorosa complexa, sendo amante de seu ex-namorado da época da faculdade, que está prestes a se casar.
 

(Alexis Bledel como Rory Gilmore em "Gilmore Girls: Um ano para recordar" - Foto: Divulgação / Netflix)


Após um dos eventos mais esperados da série, a produção encerra com uma revelação de Rory para Lorelai: “Estou grávida”. Algumas questões não são respondidas. Quem é o pai? Rory seguirá os passos da mãe, por serem tão parecidas, e criará essa criança sozinha? Os fãs debatem até hoje nas redes sociais. 
 


Assistir Gilmore Girls (ou até mesmo reassistir), especialmente nessa época do ano, ajuda a entender como há relações familiares diversas. Mesmo que você e sua mãe não tenham o “relacionamento dos sonhos” como Lorelai e Rory, isso não significa que seja uma relação ruim.


Desde 2000, a série mostra que se pode construir uma ligação maternal mesmo depois de anos sem contato afetivo. Assistir a história das “Lorelais” em Stars Hollow é leve e os episódios seguem um fluxo onde é bem provável que você termine a série em pouco tempo.

Então, chame sua mãe e aproveite essa comédia dramática!

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »