06/02/2020 às 22h55min - Atualizada em 06/02/2020 às 22h55min

88 anos de John Williams

A história do maior compositor de trilhas sonoros cinematográficas de todos os tempos

Jonathan Rosa - Editado por Milena Iannantuoni
Fonte: Artista Onenine. Divulgação: Jornalismo Junior
Gostando ou não de cinema, é muito provável que você já tenha ouvido algumas das obras deste “mago” das trilhas sonoras. Com um estilo fácil e uma sensibilidade ímpar para harmonizar imagem e som nas telas, Jonh Wiliams é sem dúvidas, o compositor mais popular do mundo do cinema ocidental. Ele responsável por trilha dos filmes Star Wars, Tubarão, Indiana Jones, E.T., Harry Potter e outras centenas de obras hollywoodianas são embaladas e imortalizadas por trilhas compostas pelo maestro John Williams. 

E para quem gosta de filmes, sabe que a trilha sonora faz toda diferença durante as cenas. Seja romântica, de suspense, ação ou drama, a música que compõe o momento o torna inesquecível durante o longa-metragem. E se existe alguém que sabe juntar os dois muito bem é John, que completa 88 anos em 2020 e continua trabalhando intensamente.

 


Foto: Jovem Nerd/ Reprodução


Nascido em 1932, na cidade de Nova Iorque, John Towner Williams teve contato com a música desde muito cedo, por influência de seu pai que era percussionista de Jazz. Estudou música clássica com compositores respeitados e, após se formar na Universidade da Califórnia, Los Angeles (UCLA), ingressou na Força Aérea Americana, onde compôs e regeu concertos para a Banda da Instituição.
 
Estudou ainda na Juilliard School para se formar em piano, e trabalhava como pianista para grupos de Jazz em casas de show 
já que dominava o instrumento , além de fazer umas pontas em estúdios filmográficos, quando iniciou sua carreira em trilhas sonoras.
 
Trabalhou com muitos compositores importantes da época, como: Franz Waxman, Bernard Herrmann e Alfred Newman, todos premiados por seus trabalhos em Hollywood. Na metade dos anos 60, trabalhou também com o renomado Henry Mancini.

John compôs diversas músicas para a televisão, inclusive para a popular série Perdidos no Espaço, nesta época Williams assinava com o pseudônimo de Johnny Williams.

Porém, a verdadeira estreia de John Williams nas telonas aconteceu com o filme “Daddy-O” em 1958, e a partir daí, começou a ser chamado para fazer as trilhas sonoras de diversos outros filmes e ficando cada vez mais importante e conhecido no meio cinematográfico.

Em 1967 conquistou sua primeira indicação ao Oscar, pelo filme “Vale das Bonecas” (Valley of the dolls), e ganhou a primeira estatueta quatro anos mais tarde, pela trilha do longa, “Um violinista no telhado” (Fiddler on the roof). Neste mesmo período ele recebeu certo reconhecimento em Hollywood por sua versatilidade nas composições, que unia traços de jazz a uma melodia sinfônica única.
 
Ascensão até as estrelas 

No início dos anos 70, Williams compôs músicas para vários filmes do diretor Irwin Allen, que lhe rendeu mais algumas indicações para prêmios da Academia. Além de sucumbir a um convite do então jovem diretor Steven Spielberg para compor a trilha sonora do filme que marcaria a estreia de Steven, “A Louca Escapada de 1974. (The Sugarland express). Iniciava-se ali uma das parcerias de maior sucesso do cinema, além de uma sincera amizade.


Foto: Janet Knott/The Boston Globe via Getty Images/ 
Reprodução


Um ano mais tarde, os dois se uniram mais uma vez para trabalhar no filme Tubarão (Jaws), que é um marco nas carreiras tanto do diretor quanto do compositor: trata-se do filme que consagrou Spielberg em Hollywood e popularizou em grande medida o trabalho de Williams. A trilha sonora do clássico rege seu tom de suspense magistralmente.
 
No final da década de setenta o maestro iniciou uma parceria com o diretor George Lucas, em uma das mais aclamadas trilogias da história da sétima arte: “Star Wars”. O clássico do gênero sci-fi, carregado de efeitos especiais e da temática extraterrestre foi um estrondoso sucesso de bilheteria, e as músicas de John Williams fizeram parte deste sucesso. Sendo talvez seu trabalho mais conhecido mundialmente, a trilha sonora de “Star Wars” é uma das obras mais aclamadas do compositor até hoje.
 
Uma curiosidade é que foi Spielberg que recomendou Williams a George Lucas para fazer a trilha da saga. Inicialmente, Lucas queria apenas músicas clássicas, mas Spielberg lhe convenceu de que Williams era o compositor certo para o papel.
 
Algumas das músicas, como a Marcha Imperial e Luke’s Theme, ganharam popularidade para além do próprio filme. Pelo trabalho na trilogia original de Lucas, Williams recebeu mais indicações ao Oscar, e pelo trabalho no primeiro filme da franquia, “Uma Nova Esperança” de 1977, (A new hope) ele foi mais uma vez premiado.


Foto: Valencia Plaza/ 
Reprodução


Na mesma época Williams trabalhou em outro grande sucesso, o filme “Superman” de 1978, de Richard Donner, cuja música tema também ficaria eternizada. Em 1981 ele voltou a trabalhar com Spielberg e George Lucas no primeiro filme da franquia Indiana Jones, com “Os Caçadores da Arca Perdida” de 1981, (Raiders of the lost ark) em mais um caso de filme e trilha sonora consagrados. Williams assinaria ainda as trilhas sonoras dos outros três filmes da série.

A arte de um gênio 

No filme "E.T. – O Extra-Terrestre" de 1982 (E.T. – The Extra-Terrestrial) também de Spielberg, ele realizou um dos seus mais notáveis trabalhos, o qual mais demonstram sua versatilidade e sensibilidade para os efeitos sonoros do cinema. Para a obra de teor fantasioso e inocente, Williams compôs temas emotivos que guiam o espectador pelo mundo da amizade entre o garoto Elliot e o extraterrestre. O filme ainda marca um momento raro no cinema em que uma das cenas de clímax foi reeditada para se adequar melhor à interpretação do compositor. Ele recebeu sua quarta premiação do Oscar por este filme.

A parceria entre o Maestro e Spielberg dura até hoje e conta com grandes produções com trilhas sonoras inesquecíveis, como: “Jurassic Park” de 1993, do mesmo ano “A lista de Schindler”
(Schindler’s list), que lhe rendeu sua última estatueta do Oscar, “O resgate do soldado Ryan” de 1998, (Saving Private Ryan) entre muitos outros. Com George Lucas, Williams voltou a trabalhar no fim dos anos noventa, quando foi convidado pelo diretor a compor as trilhas sonoras dos outros três trabalhos que se juntariam à trilogia original de Star Wars, que somados, contêm mais de quatorze horas de música orquestrada de John Williams.


John Williams orquestrando (GIF: Pinterst do thebeardedtrio)


Em entrevista ao The Guardian, John Williams disse que quando assistiu "A Lista de Schindler", de Spielberg, ficou tão emocionado que mal conseguia falar. Quando o filme acabou, o músico disse para o diretor: “Você precisa de um compositor melhor que eu para fazer esse filme”, e o cineasta respondeu: Eu sei, mas estão todos mortos!".

No ano de 2010, o compositor recebeu a Medalha Nacional de Artes do presidente dos EUA, Barack Obama. A honraria é dada por sua relevância para as artes e “por trilhas que definiram e inspiraram o cinema por décadas".

Trabalhou ainda na trilha sonora dos três primeiros filmes da série Harry Potter, compondo a “Edwig’s Theme”, que se tornou entre a juventude dos últimos anos uma das canções mais facilmente reconhecidas. Mais recentemente, Williams assinou as músicas de “The Post – A guerra Secreta” de 2017, o curta-metragem, “Dear Basketball”, do mesmo ano, e logico, todos os “Star Wars” feitos.

Ao longo da carreira, Williams acumulou um enorme número de premiações e indicações, tornou-se uma das figuras mais importantes de Hollywood das últimas décadas. Muitas de suas canções identificam os filmes mais que a própria película. Ele está presente na memória de milhares de espectadores, mesmo que só como canções. 


O maestro recebendo uma estatueta do Oscar. (Foto: 
Galaxia Lucas/ Reprodução)


Com isso fica fácil saber que não é por acaso que Williams é a segunda pessoa que recebeu mais indicações ao Oscar na história da Academia, tendo disputado 52 estatuetas e levado cinco por A Lista de Schindler, E.T: O Extraterrestre, Tubarão, Star Wars: Uma Nova Esperança e Um Violinista no Telhado.Este ano o compositor foi indicado, por Star Wars: Episódio IX - A Ascensão Skywalker. Esta é a sexta vez que um filme da franquia Star Wars lhe rende uma indicação ao Oscar.
 
De todos os tempos de academia, apenas Walt Disney tem mais indicações com 59 no total e levou 22 estatuetas.
 

CONFIRA A EXTENSA LISTA DE FILMES QUE JOHN WILLIAMS TRABALHO NAS COMPOSIÇÕES:
  • 2020 – Indiana Jones 5
  • 2019 – Star Wars: Episode IX
  • 2018 - Solo: A Star Wars Story (main theme)
  • 2017 – The Post
  • 2017 – Star Wars: The Last Jedi
  • 2016 – The BFG
  • 2015 – Star Wars: The Force Awakens
  • 2013 – The Book Thief
  • 2012 – Lincoln
  • 2011 – The Adventures of Tintin: The Secret of the Unicorn
  • 2011 – War Horse
  • 2008 – Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull
  • 2005 – Munich
  • 2005 – Memoirs of a Geisha
  • 2005 – War of the Worlds
  • 2005 – Star Wars: Episode III - Revenge of the Sith
  • 2004 – The Terminal
  • 2004 – Harry Potter and the Prisoner of Azkaban
  • 2002 – Catch Me If You Can
  • 2002 – Harry Potter and the Chamber of Secrets
  • 2002 – Minority Report
  • 2002 – Star Wars: Episode II - Attack of the Clones
  • 2001 – Harry Potter and the Philosopher's Stone
  • 2001 – Artificial Intelligence: AI
  • 2000 – The Patriot
  • 1999 – Angela's Ashes
  • 1999 – Star Wars: Episode I - The Phantom Menace
  • 1998 – Stepmom
  • 1998 – Saving Private Ryan
  • 1997 – Amistad
  • 1997 – Seven Years in Tibet
  • 1997 – The Lost World: Jurassic Park
  • 1997 – Rosewood
  • 1996 – Sleepers
  • 1995 – Nixon
  • 1995 – Sabrina
  • 1994 – Stargate
  • 1993 – Schindler's List
  • 1993 – Jurassic Park
  • 1992 – Home Alone 2: Lost in New York
  • 1992 – Far and Away
  • 1991 – JFK
  • 1991 – Hook
  • 1990 – Home Alone
  • 1990 – Presumed Innocent
  • 1990 – Stanley & Iris
  • 1989 – Always
  • 1989 – Born on the Fourth of July
  • 1989 – Indiana Jones and the Last Crusade
  • 1988 – The Accidental Tourist
  • 1987 – Superman IV: The Quest for Peace (Dois temas)
  • 1987 – Empire of the Sun
  • 1987 – The Witches of Eastwick
  • 1986 – SpaceCamp
  • 1984 – The River
  • 1984 – Indiana Jones and the Temple of Doom
  • 1983 – Star Wars: Return of the Jedi
  • 1982 – Monsenhor
  • 1982 – E.T. the Extra-Terrestrial
  • 1982 – Yes, Giorgio
  • 1981 – Heartbeeps
  • 1981 – Raiders of the Lost Ark
  • 1980 – Star Wars: The Empire Strikes Back
  • 1979 – 1941
  • 1979 – Dracula
  • 1978 – Superman: O Filme
  • 1978 – Jaws 2
  • 1978 – The Fury
  • 1977 – Close Encounters of the Third Kind
  • 1977 – Star Wars
  • 1977 – Black Sunday
  • 1976 – Midway
  • 1976 – The Missouri Breaks
  • 1976 – Family Plot
  • 1975 – The Eiger Sanction
  • 1975 – Jaws
  • 1974 – The Towering Inferno
  • 1974 – Earthquake
  • 1974 – The Sugarland Express
  • 1974 – Conrack
  • 1973 – Cinderella Liberty
  • 1973 – The Long Goodbye
  • 1973 – The Paper Chase
  • 1973 – The Man Who Loved Cat Dancing
  • 1973 – Tom Sawyer
  • 1973 – Images
  • 1972 – Pete 'n' Tillie
  • 1972 – The Poseidon Adventure
  • 1972 – The Cowboys
  • 1971 – Fiddler on the Roof
  • 1971 – Story of a Woman
  • 1969 – The Reivers
  • 1969 – Goodbye, Mr. Chips (Trilha Sonora adaptada)
  • 1969 – Daddy's Gone A-Hunting
  • 1967 – Valley of the Dolls (Trilha Sonora adaptada)
  • 1967 – Fitzwilly
  • 1967 – A Guide for the Married Man
  • 1966 – The Plainsman
  • 1966 – Penelope
  • 1966 – Not With My Wife, You Don't!
  • 1966 – How to Steal a Million
  • 1966 – The Rare Breed
  • 1966 – The Time Tunnel
  • 1965 – The Katherine Reed Story
  • 1965 – Lost in Space
  • 1965 – John Goldfarb, Please Come Home!
  • 1965 – None But the Brave
  • 1964 – The Killers
  • 1963 – Gidget Goes to Rome
  • 1963 – Diamond Head
  • 1962 – Bachelor Flat
  • 1962 – Stark Fear
  • 1961 – The Secret Ways
  • 1960 – Because They're Young
  • 1960 – I Passed for White
  • 1959 – Daddy-O
 
 
REFERÊNCIAS

 
John Williams: 10 curiosidades sobre o compositor. OMELETE. Disponível em: <https://www.omelete.com.br/musica/john-williams-10-curiosidades-sobre-o-compositor#10> Acesso em 04 de fevereiro de 2020
 
Conheça John Williams, o compositor de trilhas sonoras famosas. IG -MÚSICAS. Disponível em: <https://musicas.ig.com.br/estilos/2018-12-06/john-williams-trilhas-sonoras.html> Acesso em 04 de fevereiro de 2020
 
257 Músicas de John Williams. OUVIR MÚSICAS. Disponível em: <https://www.ouvirmusica.com.br//john-williams/> Acesso em 04 de fevereiro de 2020
 
TOP 10 - Trilhas sonoras do John Williams. LUZ CAMERÂ AÇÃO – YOU TUBE. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=kCPvU5lT2PI> Acesso em 04 de fevereiro de 2020
 
John Williams e Steven Spielberg:Trilhas Inesquecíveis Para Filmes Inesquecíveis. OBVIOUS. Disponível em: <http://lounge.obviousmag.org/itinerario_interno/2013/02/john-williams-steven-spielberg-trilhas-inesqueciveis-para-filmes-inesqueciveis.html> Acesso em 04 de fevereiro de 2020
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »