29/10/2022 às 13h27min - Atualizada em 29/10/2022 às 12h22min

BGS 2022 | Conheça games indies que estavam disponíveis no evento e a visão de um desenvolvedor

Avenida Indie impressiona com a criatividade

João Vitor O. Santos - Editado por Ana Terra
Fonte: João Vitor O. Santos/Edição com as capas dos games Indies

A edição da Brasil Game Show desse ano aconteceu nos dias 6 a 12 de outubro e contou com centenas de atrações de empresas já consolidadas no ramo dos games. Entre diversos stands, a Avenida Indie chamou a atenção com os seus projetos cheios de criatividade e mecânicas inovadoras. 
 

Donut Arena 

Desenvolvido em solo dev (por apenas uma pessoa), Donut Arena é um game de gênero rogue-lite em que o jogador precisa enfrentar ondas de inimigos em uma arena a fim de agradar o rei, caso ele não esteja satisfeito, ele vai te punir com mais armadilhas e maior dificuldade.

Durante as fases o jogador pode se equipar com armas, armaduras e ativar os efeitos de donuts para dar conta de todos os adversários. Entretanto, a inteligência artificial faz com que, após perder, o game reinicie em fases diferentes. Assim, as situações encontradas durante a gameplay não se repetem e o jogador não vai poder contar apenas com a decoreba de em que momento tal arma aparecerá. 

Super Mombo Quest 2 

Desenvolvido pela Orube Game Studio e com o antecessor conhecido pelos prêmios de Melhor Jogo Mobile (2020) e Jogo de Melhor Áudio (2020) no SBGames, Super Mombo Quest 2 é protagonizado por Mombo, uma criatura inspirada em Kirby. Na história, Mombo precisa se livrar do Rei dos Pesadelos e salvar Subrosa. Mas isso não é tão simples assim: Mombo terá que atravessar diversos mapas e enfrentar dezenas de inimigos até concluir o seu objetivo.  

O game 2D e em rogue-like busca unir o público infantil (através de suas cores e gráficos cartoons) e o público adulto (com uma dificuldade mais elevada).  Mombo também brinca bastante com a Nostalgia ao misturar (e aperfeiçoar) mecânicas de games clássicos com outras ideias mais atuais.

Apesar de ter ficado disponível para teste na BGS, o game ainda está em estágios iniciais de desenvolvimento. Entretanto, tem a previsão de que será lançado no final desse ano. 

Space Chefs

Space Chefs é um game cooperativo de até 4 pessoas desenvolvido pela Luski Game Studio. O game une os jogadores em uma rotina de cozinha espacial em que, para montar o prato, é preciso traduzir e desvendar os pedidos, ingredientes e passo a passo das criações. Em uma dinâmica de puzzles à la Keep Talking and Nobody Explodes e tensão de Overcooked.
 
Apesar de ter sido apresentado na BGS, a versão disponível era uma demo criada especialmente para o evento. Space Chefs ainda não possui previsão para lançamento, mas o estúdio vem atualizando os fãs através do instagram.

Farm Your Friends

Inspirado em Overcooked, Farm Your Friends é um game competitivo de 8 jogadores em que o objetivo é cuidar e vender os frutos da sua horta (ou de seus adversários, já que é possível roubar as outras colheitas). Quem vender mais plantações, vence. 

Assim como a sua inspiração, o game é frenético e sem pausas para respirar. Nele, sementes e loots vão surgindo o tempo todo para equipar o jogador, sendo possível até adicionar cercas elétricas para defender a sua colheita e venenos para prejudicar as plantações alheias.  

CARDS OF DESTINY/FRACTURED SANITY 

O único stand indie com games em realidade virtual foi o da desenvolvedora United Games. A equipe levou dois games para testes: Cards of Destiny e Fractured Sanity.  

Baseado na criatividade de uma criança, Cards of Destiny coloca o jogador de frente a um tabuleiro em que o mapa e as cartas se tornam realidade, revelando uma cidade que sofre de ataques alienígenas. O jogador precisa salvar uma quantidade determinada de humanos. Intercedendo, através de cartas que se tornam poderes reais, no caminho até um lugar seguro. 

O segundo game, Fractured Sanity, é focado no terror. Entretanto, não é um terror daqueles que se baseia inteiramente em jumpscare, o que causa medo aqui é o clima, a sensação de que tem alguma coisa muito errada acontecendo e a de que você não está sozinho naquele lugar.  

No game, o jogador acorda em um hospital psiquiátrico e não sabe como chegou lá. O objetivo é tentar descobrir o que está acontecendo e sair do local. O problema é que fica difícil distinguir o que é real e o que não é, já que o personagem que estamos controlando sofre de alucinações e vê criaturas escondidas na escuridão. 

A Visão de um Desenvolvedor Indie (Donut Arena) 

É evidente que a quantidade de visitantes torna a BGS uma grande oportunidade para desenvolvedoras Indie darem o primeiro passo rumo ao estrelato de seus games. Através de testes na Avenida Indie, o público consegue ter o primeiro contato com diversos games que já mereciam ter tido o seu destaque no mercado.  

O já citado anteriormente, Donut Arena, foi criado em solo dev por Mario Ariano. Ou seja: Mario trabalhou sozinho desde a ideia e o desenvolvimento até a publicação, exceto na criação de música e capa para o game.  

Mario conta que uma das suas maiores dificuldades é a divulgação do game, mas que a BGS vem abrindo diversas portas. Mario comenta: “Eu participei de um podcast super legal no evento, subi no palco da SBT Games e tive a incrível oportunidade de ver o meu jogo ser jogado por diversos influencers”. Além disso, diz ter criado um vínculo com pessoas que visitaram o stand e gostaram do game, agora, tem até um servidor no Discord.  

Mario começou Donut Arena há 5 anos atrás e conta que o mercado era diferente: “[...] tinha bem menos jogos e atualmente lançam dezenas de jogos todos os dias. Então eu acho que essa é uma grande dificuldade que todos os dev’s, inclusive eu, apresentam em relação ao mercado”. Porém acredita que a criatividade, a mecânica e a temática destacam os seus games, dando vantagens no mercado: “São pontos que eu admiro muito em outros jogos quando eu quero me divertir”, completa. 

REFERÊNCIAS

Redação BGS 2022: 10 jogos indies para testar no evento CANAL TECH  07 de out. de 2022. Disponível em: <https://canaltech.com.br/games/bgs-2022-10-jogos-indies-para-testar-no-evento/>Acesso em 26 de out. de 2022.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »