20/07/2021 às 12h09min - Atualizada em 20/07/2021 às 12h09min

Porto de Santos é alvo de operação policial para coibir ações criminosas em embarcações

Durante a realização da diligência, a operação contou com o suporte de mergulhadores da Marinha e aeronaves do IBAMA e da FAB

- Editor: Emanuel Lacerda
Lucas Rodrigues
Foto/Reprodução: Rodrigo Nardelli/G1
Reconhecido mundialmente por ser o maior complexo portuário da América Latina, o Porto de Santos é responsável pela movimentação de quase um terço das trocas comerciais brasileiras. Porém, recentemente ao invés de navios, viaturas e aeronaves policiais foram os barcos da vez para frear ações ilícitas de organizações criminosas em embarcações atracadas no local. A ação ocorreu no segundo trimestre de 2021, e foi realizada pela Marinha do Brasil com o apoio de outros nove Órgãos Federais. 

Inspecionar navios mercantes atracados, coibir a pesca ilegal e predatória, inibir a invasão de área de plataformas de petróleo e combater o tráfico internacional de drogas foram as principais atividades desenvolvidas durante ação. De acordo com o Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste, a operação em conjunto possibilitou um trabalho mais eficiente já que, ao abordar uma embarcação, ela passa pela fiscalização de todos os órgãos.

A Operação contou com a colaboração da Polícia Federal, Polícia Ambiental, Força Aérea Brasileira (FAB), Receita Federal, Fundação Florestal, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), da Santos Port Authority (SPA), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).


Editora-chefe: Lavínia Carvalho.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »