06/09/2020 às 10h05min - Atualizada em 06/09/2020 às 10h14min

Nintendo anuncia seu retorno oficial ao Brasil

A desenvolvedora de jogos retornará a realizar vendas no Brasil. Será ainda este ano, o que trouxe mais animação aos fãs

Giuliana Holiscki - Editado por Fernanda Simplicio
Fonte: Nintendo.
A Nintendo informou por meio de suas redes sociais, no dia 20 de agosto, a sua volta ao Brasil ainda este ano.
A desenvolvedora japonesa havia cessado suas vendas no Brasil em 2015, alegando altas taxas de impostos e de importação, que tornavam as coisas mais difíceis no país.

Em nota para o G1 em 2015, o gerente geral para a América Latina da Nintendo of America, Bill van Zyll explicou: "O Brasil é um mercado importante para a Nintendo e o lar de muitos fãs apaixonados, mas, infelizmente, desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição atual no país insustentável."  

Mesmo com sua saída, a empresa comercializava seus jogos digitais pela Nintendo eShop. Em 2018, voltou a estar presente na BGS (Brasil Game Show) na qual não participava desde 2012, e no ano seguinte montou um standing de grande porte na feira com várias interatividades. 



Em suas redes sociais, anunciou na última sexta-feira (4), que o console Nintendo Switch chegará às lojas no dia 18 de setembro, disponível em lojas selecionadas das Lojas Americanas e na Magazine Luiza. A novidade trouxe empolgação aos fãs e também gerou dúvidas, como se os consoles e jogos ficarão mais baratos ou se haverá games em português. Segundo Felipe Goldenberg, reportér do Portal Terra Games, os jogos já lançados para Nintendo Switch dificilmente serão traduzidos, mas se os investimentos derem certo, podemos esperar traduções PT-BR a um médio e longo prazo. 

A tendência dos valores dos consoles é a abaixar, pois os revendedores dos produtos Nintendo atualmente são importadores que atribuem seus próprios valores, sem um tabelamento de preços. Com a empresa trazendo os consoles e jogos oficialmente, é mais provável que uma média de preços seja definida entre os varejistas.

Como houve a ocorrência do aumento do dólar para os brasileiros, em contra partida, o real está extremamente barato para os estrangeiros, tornando assim mais barato os impostos e taxações citadas pela japonesa em 2015. 

Em julho de 2019, a comunidade de fãs da desenvolvedora junto de vários influenciadores levantaram a #QueremosNintendo. Essa movimentação tinha como objetivo pedir à empresa para que trouxesse mais suporte aos fãs brasileiros, com postagens em português nas redes sociais oficiais e promover a Nintendo Direct Brasil Independente. O evento focaria nos jogos nacionais que são para Nintendo Switch e enfatizar essa informação ao público. 

Esse acontecimento fez com que a desenvolvedora se reaproximasse do Brasil, afirmando que já naquela época, tinha interesse em se relançar no país.


REFERÊNCIAS:
GOLDENBERG, F. Nintendo de volta ao Brasil: O Switch vai ficar mais barato?. Portal Terra. 25 de ago. de 2020. Disponível em: <https://www.terra.com.br/diversao/games/nintendo-de-volta-ao-brasil-o-switch-vai-ficar-mais-barato,cba9378e3e876070b840b07230b13e5cahpd3wem.html>. Acesso em: 31 de ago. de 2020.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »