04/12/2020 às 15h14min - Atualizada em 04/12/2020 às 14h34min

Novos rumos na série Grey’s Anatomy

Como a série consegue se manter no ar depois de tantos anos?

Juliana Amorim - Editado por Bárbara Miranda
Estando no ar desde 2005 e já contando com um total de 17 temporadas, é impossível negar que Grey’s Anatomy seja um sucesso. A série, que narra os dramas médicos de um hospital em Seattle, nos Estados Unidos e, em especial os dramas vividos pela médica Meredith Grey, se mantem há mais de uma década na lista das séries mais assistidas entre o público adulto.

Internautas e fãs da série comumente brincam que o alto número de temporadas da série só não é maior do que o número de mortes de seus personagens, mas mesmo assim, esse não parece ser motivo suficiente para os fãs abandonarem o drama. Mas quais são os fatores que contribuem com esse sucesso?

 
1. Abordagem de temas sociais
 
Primeiramente, vale pontuar a mudança nos temas abordados na série, que tem se preocupado cada vez mais em tratar de assuntos difíceis e delicados. Se em suas duas primeiras temporadas a trama estava centrada no triangulo amoroso de Meredith Grey, em sua última temporada, a série abordou de forma crítica o sistema de saúde nos Estados Unidos. E essa não foi a única vez.
 
  • Violência contra a mulher

O nono episódio da 14° temporada, abordou o tema de violência contra a mulher e relacionamentos abusivos com a personagem Jo Wilson, que ficou frente a frente com o seu ex-marido abusador. O episódio, inicialmente intitulado de “Quatro estações em um dia” teve o seu nome alterado para “1-800-799-7233”, número de ajuda às vítimas de violência contra a mulher nos Estados Unidos. Após o episódio, as buscas pelo número de denuncia cresceram consideravelmente. Vale lembrar, que no Brasil a Central de Atendimento à Mulher é feita através do número 180.


 
  • Racismo

Ainda na 14° temporada, no episódio “Jesus Pessoal”, um adolescente negro de 12 anos foi baleado no pescoço por policiais brancos enquanto tentava pular o muro da própria casa depois de ter esquecidos as chaves. Ao longo do episódio, a doutora Bailey e o seu marido Ben tem uma conversa difícil com o filho, Tuck, de 13 anos, em que eles o ensinam a como reagir em uma abordagem policial. “Você não pode pular janelas, brincar com armas de brinquedo ou jogar pedras. E não pode nunca correr deles, não importa o quão amedrontado você esteja. Nunca! Nunca! Nunca!”, enfatiza Bailey.


 
  • Estupro

No 19° episódio da 15° temporada, intitulado de “Silêncio todos esses anos”, fez um grande sucesso nas redes sociais por tratar de forma sensível o tema estupro. No episódio, uma paciente vítima de estupro foi acolhida e conduzida por um corredor repleto de mulheres, que fizeram um paredão humano em sua volta para que ela se sentisse segura enquanto era levada para a sala de cirurgia. O episódio também encorajou as mulheres vítimas da agressão a denunciarem os seus abusadores. Como resultado, as denúncias à Linha Direta Nacional de Abuso Sexual aumentaram cerca de 43% nas 48 horas após o episódio ir ao ar.


 

2. Volta de personagens antigos​
 
O segundo fator que pode contribuir com o sucesso de audiência dos episódios, é a volta de personagens que já deixaram a série. No segundo episódio da 17° temporada, houve o retorno do personagem Derek (Patrick Dempsey). O personagem retornou em forma de sonho da protagonista Meredith que, ao se contagiar com o novo Corona vírus, passou a ter delírios, onde encontrava com o seu antigo par romântico em uma praia deserta.



Contudo, esse não foi o único retorno de um personagem. O episódio que foi ao ar na última quinta-feira (dia 3 de dezembro) também contou com o retorno do ator T.R. Knight, interpretando o seu personagem George O’Malley, que deixou o show em 2009 após seu personagem ter morrido em um acidente.



As aparições renderam à série altos índices de audiência além de estarem entre os assuntos mais comentados no Twitter. Isso demonstra que Grey’s Anatomy ainda consegue se reinventar e trazer boas histórias para os seus fãs e, por que não, também para novos telespectadores.


REFERÊNCIAS 

Porter, Rick. “Estreia de 'Grey's Anatomy' aumenta nas avaliações de 3 dias na semana 8”. The Hollywood Reporter, 2020. Disponível em: <https://www.hollywoodreporter.com/live-feed/greys-anatomy-premiere-surges-in-3-day-ratings-for-week-8 >. Acesso em: 12/12/2020.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »