24/04/2021 às 19h33min - Atualizada em 24/04/2021 às 19h13min

Conheça InuYasha, o anime feudal que conquistou corações

Nathalin Gorska - Editado por Fernanda Simplicio
FONTE: Divilgação / Reprodução

InuYasha, é um mangá Shōnen (direcionado para o público adolescente masculino, e alguns dos exemplos são: Naruto, Dragon Ball, Nanatsu No Taizai e Kimetsu no Yaba) e foi escrito e ilustrado por Rumiko Takahashi, que está entre as ‘mangakás’ e artistas mais ricas do Japão. InuYasha foi publicado na Weekly Shōnen Sunday, que lançou obras como Detective Conan e Gin no Saji (mesma criadora de Full Metal Alchemist), entre 13 de novembro de 1996 até 08 de junho de 2008, totalizando assim, 56 volumes Tankōbon.

O anime de InuYasha foi exibido a partir de 16 de outubro de 2000 até 13 setembro de 2004, dirigido por Masashi Ikeda e Yasunao Aoki e foi exibido no Brasil nos canais Cartoon Network e Rede Globo, com um total de 167 episódios. Já InuYasha: Kanketsu-hen, foi dirigido por Yasunao Aoki e seu tempo de exibição foi de 3 de outubro de 2009 até 29 de março de 2010, e apresentou ao público 26 episódios ao todo. Além dos ânimes, o mangá também teve filmes:

  • InuYasha: Toki Wo Koeru Omoi (2001) – Disponível na Amazon Prime;

  • InuYasha: Kagami no Naka no Mugenjou (2002) – Disponível na Amazon Prime;

  • InuYasha: Tenka Hadou no Ken (2003) – Disponível na Amazon Prime;

  • InuYasha: Guren no Horaijima (2004) – Disponível na Amazon Prime.

A história de InuYasha é baseada em uma garota de 15 anos chamada Kagome Higurashi que quando vai procurar seu gato acaba sendo puxada para o Poço Comedor de Ossos e aparece no período Sengoku do Japão. Higurashi acaba liberando o hanyou InuYasha, que estava preso em uma árvore por uma flecha sagrada, após descobertas na história, é revelado que Higurashi é a sacerdotisa Kikyou (responsável por proteger a joia de quatro almas) reencarnada e que ainda tem consigo a joia.

Após um acidente, a tão poderosa joia de quatro almas é quebrada, e seus fragmentos são espalhados por todo o Japão, restando agora, para Higurashi e InuYasha juntarem todos os pedaços novamente para que o poder não caia em mão erradas.  

No mundo dos Games, o mangá não deixou de fazer sucesso e teve várias adaptações para consoles, a empresa WonderSwan lançou três jogos:

Já para Game Boy Advance no Japão foi lançado InuYasha: Naraku no Wana! Mayoi no Mori no Shōtaijō em 2003.



Para jogos de celular InuYasha foi lançado para aparelhos Java e Brew em 2005, além de jogos de carta em inglês pela Score Entertainment. Para Playstation foram lançados os jogos InuYasha: A Feudal Fairy Tale e para Playstation 2 InuYasha: The Secret of the Cursed Mask e InuYasha: Feudal Combat.




No catálogo da Amazon prime estão disponíveis as três primeiras temporadas do anime.

Confira a Playlist de InuYasha, criada por Kaoru Wada no Spotify:


Referências:
JANGARÉLI, Márcio. InuYasha: 10 coisas que você talvez não saiba sobre o anime. Legião dos heróis, 2020. Disponível em: < https://www.legiaodosherois.com.br/lista/coisas-nao-saiba-inuyasha.html#list-item-1>. Acesso em: 24 de abr. 2021.

INUYASHA: Kagome no Sengoku Nikki. Video Game Data Base, 2021. Disponível em: https://www.vgdb.com.br/wonderswan-color/jogos/inuyasha-kagome-no-sengoku-nikki/. Acesso em: 24 de abr. 2021.

INUYASHA: Kagome no Yume Nikki. Video Game Data Base, 2021. Disponível em: < https://www.vgdb.com.br/wonderswan-color/jogos/inuyasha-kagome-no-yume-nikki/>. Acesso em: 24 de abr. 2021.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »