25/06/2021 às 17h51min - Atualizada em 25/06/2021 às 17h48min

​As expectativas por trás de House of the Dragon, spin-off de Game of Thrones

O spin-off da série da HBO pode ser a retomada de empolgação com um dos universos culturais mais aclamados dos últimos anos

Luann Motta Carvalho - Editado por Ana Terra
É quase unanimidade entre os fãs de Game of Thrones que o final da oitava e última temporada da série, dois anos atrás, foi amarga e controversa. A estratégia de adicionar poucos episódios e um ritmo mais acelerado nos momentos finais da série fez com que a execução das ideias não saísse como as pessoas esperavam – ideias, inclusive, que não foram ruins.

Em meio às últimas temporadas, foi anunciada a produção de séries derivadas da obra original. No entanto, apesar de GoT ser um dos maiores fenômenos culturais dos últimos tempos, o encerramento decepcionante provocou uma queda no hype da continuidade da franquia, tanto que outras produções que já haviam sido divulgadas sofreram com cancelamentos e saídas de roteiristas e escritores. Foi o que aconteceu com a série que contaria a história dos primeiros conflitos entre homens e caminhantes brancos, muito antes do enredo de Jon Snow: a ideia foi para a gaveta sem antes mesmo de ter um nome (Bloodmoon era o nome extraoficial) e outros projetos dos showrunners da HBO, David Benioff e D.B. Weiss, considerados “culpados” pelo fracasso do final de GoT, foram cancelados e ambos deixaram a emissora.

Contudo, o anúncio de House of the Dragon, em 2019, serviu para tentar mudar a má impressão deixada. Um detalhe da divulgação foi primordial: George R.R. Martin. O autor do universo de GoT trabalhou no desenvolvimento da série prequel, junto com os showrunners Ryan Condal e Miguel Sapochnik, diretor de alguns episódios da obra original.

Porém, para quem ainda tem um pé atrás com o derivado da franquia, mais informações podem ser necessárias. Confira outras confirmações de House of the Dragon abaixo!

História, Formato e Data

O enredo de House of the Dragon tem como base o livro “Fogo e Sangue” e contará as histórias e conflitos da Casa Targaryen. Apesar de muitos portais divulgarem que a trama se passará cerca de 300 anos antes dos acontecimentos da narrativa original, que seria a conquista de Westeros por Aegon I, o spin-off traz o evento da Dança dos Dragões. A disputa dos irmãos Rhaenyra Targaryen e Aegon Targaryen II pelo Trono de Ferro após a morte do pai, o rei Viserys I, ocorre 173 anos antes da primeira temporada de GoT.

A série seguirá o formato de episódios dos primeiros anos de GoT e terá dez capítulos por temporada, sendo umas das “armas” do marketing da HBO Max. Segundo George R.R. Martin, em entrevista a um jornal local de Chicago, o lançamento deve ocorrer entre março e junho de 2022. Normalmente, as produções da emissora são lançadas em abril e assim, esse pode ser o mês escolhido para a estreia.

Fogo e Sangue e a Dança dos Dragões

“Fogo e Sangue” tem quase 600 páginas e traz a história de várias gerações dos Targaryen desde Aegon I, o Conquistador, até o desfecho da Dança dos Dragões, com o filho de Rhaenyra, Aegon III, subindo no trono. O foco da HBO em House of the Dragon se deu justamente por possuir material suficiente para produzir a história da Casa Targaryen e não cometer as mesmas falhas das últimas temporadas de Game of Thrones.

A Dança dos Dragões foi um conflito interno na Casa Targaryen, com o envolvimento de outras famílias como a Casa Velaryon e a Casa Hightower. A confusão começa depois do rei Viserys I escolher a filha Rhaenyra como a herdeira do trono, mesmo com a orientação do conselho de 101 na época, que afirmava que homens tinham a preferência acima das mulheres na linha de sucessão.

Aegon II é filho de outro casamento de Viserys - com Alicent Hightower - e meio-irmão de Rhaenyra. Com o falecimento do rei, Aegon, Alicent e seus aliados não aceitam a decisão de Rhaenyra assumir o trono, o que acaba gerando o conflito entre negros (do lado de Rhaenyra) e verdes (do lado de Alicent e Aegon), que foi denominado Dança dos Dragões.

Dragões!

Como o próprio nome do conflito sugere, a guerra terá muitos dragões. Se em GoT tivemos 3, a disputa Targaryen teve 21 dragões, o que significa que a produção terá que desembolsar bastante dinheiro para reproduzi-los na tela, afinal, o custo visual será alto.

Alguns dos dragões mais poderosos que estiveram na batalha são Syrax, montado por Rhaenyra, Caraxes, de Daemon Targaryen e Sunfyre, de Aegon II. Alguns fãs especulam se Balerion, considerado o dragão mais poderoso de todos e montado por Aegon I Targaryen, poderia aparecer na série, já que ele morreu pouco após Viserys I assumir o trono.


Imagens

Recentemente, a conta oficial da série no Twitter divulgou as primeiras imagens oficiais dos atores caracterizados.
Alguns seguidores na rede social repercutiram imagens vazadas que poderiam ser cenários da produção. No entanto, nada foi confirmado e algumas pessoas sugeriram que o local poderia ser das gravações de Animais Fantásticos, prequel de Harry Potter. Elenco e Produção

Além de Ryan Condal, Miguel Sapochnik e a supervisão do próprio George R. R. Martin, a produção conta com os roteiristas Wes Tooke, Claire Kiechel e Ti Mikkel, assistente pessoal de Martin.

O elenco terá Paddy Considine (Viserys Targaryen), Emma D’Arcy (Rhaenyra Targaryen), Olivia Cooke (Alicent Hightower), Matt Smith (Daemon Targaryen), Rhys Ifans (Otto Hightower), Sonoya Mizuno (Mysaria), Fabien Frankel (Sor Criston Cole), entre outros nomes.


REFERÊNCIAS:
ALBUQUERQUE, João Victor. “House of the Dragon – Os Dragões mais poderosos de Game of Thrones”. CRITICAL HITS, 2021. Disponível em: <https://criticalhits.com.br/cinema-e-tv/house-of-the-dragon-os-dragoes-mais-poderosos-de-game-of-thrones/>. Acesso em: 25 de jun. de 2021.
BLUMBERG, Nick. “George RR Martin Talks Northwestern, Writing and ‘Game of Thrones’”. WTTW, 2021. Disponível em: <https://news.wttw.com/2021/06/16/george-rr-martin-talks-northwestern-writing-and-game-thrones>. Acesso em: 25 de jun. de 2021.
CASTRO, Miriam. "Entenda Tudo Sobre a House of the Dragon! - Nova Série de Game of Thrones". MIKANNN, 2020. Disponível em: 
>. Acesso em: 25 de jun. de 2021.
HENRIQUE, Arthur. “’House of The Dragon’: série derivada de ‘Game of Thrones’ inicia produção”. OLHAR DIGITAL, 2021. Disponível em: <https://olhardigital.com.br/2021/04/26/cinema-e-streaming/house-of-the-dragon-spin-off-game-of-thrones-inicia-producao/>. Acesso em: 25 de jun. de 2021.
LAPELOSO, Mariana. “VAZOU! Imagens de House of the Dragon mostram cenário”. LEGADO +, 2021. Disponivel em: <https://legadoplus.com.br/vazou-imagens-de-house-of-the-dragon-mostram-cenario/>. Acesso em: 25 de jun. de 2021.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »