26/06/2021 às 15h49min - Atualizada em 26/06/2021 às 15h42min

O que há por trás de um protagonista?

Não importa a trama, os protagonistas têm sempre um espaço especial nos corações dos fãs, e isso acontece por uma razão

Brenda Fonseca - Editado por Ana Terra

Os protagonistas de filmes, séries, animes e livros são muitos, e com muitas características que os diferenciam entre si. No entanto, há muitas que podem ser compartilhadas e essas são as responsáveis por nós, fãs e espectadores, nos apaixonarmos por eles.

 

Para início de conversa, existem diferentes tipos de protagonistas. Podem ser classificados como por exemplo: 

  • O herói: Capitão América, Katniss Everdeen, Harry Potter
  • O cara normal: os Caça-Fantasmas, personagens de Stranger Things
  • Anti-herói: Deadpool

O herói

É o tipo de protagonista que a gente admira. Nós queremos ser como eles, porque são muito superiores a nós. É algo praticamente impossível de se alcançar - afinal de contas, ninguém nasce Deus do Trovão e filho de Odin todo dia.

 

Entretanto, o que nos faz com que amemos esses personagens ainda mais é sua dualidade “Herói” e “Humano”. Possuem características como nós, meros mortais sem grandes habilidades. Tem uma aura humanizada, erram como nós, mas possuem virtudes para além das nossas, geralmente um certo quê de justiça e altruísmo que se pararmos para pensar, talvez não tivéssemos agido da mesma forma.

 

Esse é o arquétipo dos personagens que possuem grandes feitos: arriscam tudo por um bem maior. Quem não lembra do Gavião Arqueiro praticamente sendo obrigado pela Viúva Negra a deixá-la morrer, pois o mundo precisava daquele ato?

O cara normal

A normalidade no universo geek, ou até mesmo no imaginativo, faz com que nos reconheçamos nesses personagens e a identificação traz a empatia.

 

São personagens mais limitados, que necessitam lutar bastante para superar seus problemas. Muito mais do que os heróis, esses se assemelham ao espectador de forma direta. Todo mundo conhece a história de Mike e Eleven, que mobilizaram crianças em prol do bem de um amigo e da formação de uma família.


Anti-herói

A admiração do anti-herói vem de uma forma diferente. Primeiro, para entender como isso funciona é necessário saber que esse tipo de protagonista vai contra o que acreditamos ser o certo a se fazer. 

 

É o tipo de personagem que caminha na direção oposta, e para gostarmos deles precisamos admirá-los por algumas de suas características marcantes. E essas podem ser várias, desde a personalidade cômica - como vemos em Deadpool, a inteligência ou os motivos/objetivos desse personagem.


Personalidade “Protagonista”

As semelhanças nos protagonistas são muitas, e podem ser observadas no decorrer da trama em que esse está inserido. A “Jornada do Herói” exemplifica isso muito bem.

 

Boas tramas sempre possuem um arco em comum: o monomito, também conhecido como “jornada do herói.” E, para simplificar, ela pode ser dividida em 3 fases:

  • Partida: o início da jornada do protagonista
  • Iniciação: ocorre o desenvolvimento do personagem, marcada por aventuras e descobertas
  • Retorno: momento da narrativa em que o protagonista volta ao ponto inicial com o conhecimento e a experiência adquirida na “Iniciação"

Além de passar por uma jornada característica, é comum encontrarmos semelhanças nas personalidades dos protagonistas - mesmo eles sendo heróis, caras normais ou anti-heróis.

Esses traços findam em uma personalidade forte, em que não possuem medo de falar o que pensam e ir à luta para defesa de seus ideais. É essa personalidade que faz com que alcancem legiões de seguidores - em suas narrativas - e fãs - fora delas. Eles são capazes de chegar na mente tanto pela razão quanto pela emoção.

Os protagonistas foram criados para que sejam admirados por nós, que estamos do outro lado. São minuciosamente pensados para passar um ar que mescla o heroísmo endeusado e a fraqueza humana. Somos quase obrigados a amá-los por isso, mesmo que, por vezes, nossos corações batam mais forte por vilões ou coadjuvantes.


Referências:

10 personagens como a gente. Tarja. Disponível em: <https://sitetarjanerd.com.br/filmes/10-personagens-nerds-como-gente/>. Acesso em: 25 de junho de 2021.
ARAÚJO, Felipe. Monomito. InfoEscola. Disponível em: <https://www.infoescola.com/literatura/monomito/>. Acesso em: 25 de junho de 2021.
Personalidade “Protagonista”. 16 Personalities. Disponível em: <https://www.16personalities.com/br/personalidade-enfj>. Acesso em: 25 de junho de 2021.
SOUZA, Jaqueline. Protagonista, Personagem Principal e o Ponto de Vista no cinema. Tertúlia Narrativa, 2016. Disponível em <https://www.tertulianarrativa.com/post/2016/12/21/protagonista-personagem-principal-e-o-ponto-de-vista-no-cinema>. Acesso em: 25 de junho de 2021.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »