14/01/2022 às 19h53min - Atualizada em 14/01/2022 às 19h27min

MJ Rodriguez faz história ao ganhar Globo de Ouro

Por sua performance na terceira temporada da série “Pose”, Michaela Jaé Rodriguez se tornou a primeira mulher trans a ganhar como melhor atriz na premiação

Gean Rocha - editado por Larissa Nunes
MJ Rodriguez é Blanca Evangelista na sério Pose. (Foto: Reprodução / Dia a Dia Noticia).

Conhecida por sua personagem Blanca Evangelista, na inovadora série da FX, 'Pose', MJ Rodriguez deixou seu nome registrado na premiação do Globo de Ouro que aconteceu no último dia 9 de janeiro nos Estados Unidos, com todas as polêmicas envolvendo a premiação.

Em uma rede social, Rodriguez agradeceu pelo prêmio e pelo carinho dos fãs.

 

"Para os meus bebês LGBTQIA+, nós estamos aqui. A porta está aberta, agora mirem nas estrelas! Para todas as indicadas, somos Rainhas. Estou muito feliz em dividir esse espaço. Cada uma de vocês é fenomenal"

 

Em um Globo de Ouro diferente do convencional, onde a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, na sigla em inglês), que escolhe e premia os vencedores, está envolta em uma série de polêmicas e, por isso, realizou o evento sem a presença de celebridades, tapete vermelho e nem transmissão pela TV.

Mas isso não apagou o brilho da maior premiada da noite, MJ, deixou mais um feito histórico, em 2021 se tornou a primeira atriz trans indicada ao Emmy em uma categoria importante de atuação por seu papel em ‘Pose’.



A vitória de MJ Rodriguez, foi a primeira consagração de ‘Pose’ desde sua estreia em 2018. Em seu Instagram, Rodriguez que fez aniversário no último dia 7 de janeiro, comentou que a premiação foi seu presente de aniversário.
 

"Esta é uma porta que está se abrindo para muitos jovens talentosos. Eles verão que isso é mais do que possível. Eles verão que a jovem garota negra latina de Newark, que tinha um sonho, um sonho de mudar a mente dos outros com amor. O amor vence. Para meus jovens bebês LGBTQAI, estamos aqui! A porta está aberta. Agora, alcancem as estrelas."

 

Os fãs da série comemoraram a vitória da atriz, não só porque ela é a protagonista da história, que se passa nos anos 1980 e narra o cotidiano da comunidade LGBTQIAP+ em meio à crise emergente da Aids, mas porque ela é a primeira mulher trans vencedora da premiação.

Na série, que neste ano estreia sua terceira e última temporada, Michaela é Blanca, uma mulher trans filha de imigrantes latinos que foi expulsa da casa dos pais e cria sua própria família, "adotando" outras pessoas LGBTQIAP+ em situação de vulnerabilidade.

A trajetória da personagem não é tão diferente da história da atriz de 31 anos, nascida em Nova Jersey, nos EUA. MJ tem ascendência afro-americana, por parte de mãe, e latino-americana, por parte de pai, que é de família porto-riquenha, ela também fez parte do universo ballroom, casas de baile que surgiram no underground de Nova York, frequentadas principalmente pela comunidade LGBTQIA+, cenário marcante em "Pose".


MJ Rodriguez em live no seu Instagram comemorando sua vitória no Globo de Ouro. (Reprodução: Canal TrueExclusives / YouTube).



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »