30/04/2022 às 13h01min - Atualizada em 30/04/2022 às 12h28min

Doutor Estranho 2: No Multiverso da Loucura é banido no Egito e Arábia Saudita por conter personagem e conteúdo LGBTQIA+

Novo filme da Marvel Studios sofre da mesma censura que levou em Eternos.

João Vitor O. Santos - Editado por Ana Terra
Fonte: Marvel/Divulgação

Por conter America Chavez, personagem assumida gay nos quadrinhos, o novo filme Doutor Estranho 2: No Multiverso da Loucura, que estreia no dia 5 de maio (quinta-feira), teve a sua exibição proibida no Egito e na Arábia Saudita.

A rede IMAX do Egito publicou um tweet anunciando que o filme não será exibido no país.


Agora, no caso da Arábia Saudita, de acordo com a matéria publicada pelo The Hollywood Reporter no dia 22 (sexta-feira), o motivo do banimento no país é a inclusão de uma personagem LGBTQIA+ como coadjuvante na história do Mago Supremo. 

A Marvel sofreu do mesmo problema de restrição no ano passado, quando Eternos estreou. O filme teve exibição cancelada na Arábia Saudita, Kuwait e Qatar por conter beijo entre personagens do mesmo gênero. Mesmo que exista diversos outros personagens LGBTQIA+ nos quadrinhos da produtora, a primeira vez que um beijo gay ocorreu no Universo Cinematográfico da Marvel foi em Eternos, com o personagem Phastos (interpretado por Brian Tyree-Henry). O que era, para muitos, motivo de comemoração, se tornou centro de declarações homofóbicas e grosseiras de determinados grupos. Chegou, até mesmo, a receber críticas no IMDB inteiramente baseadas no fato de conter beijo gay. Para contornar a situação, o IMDB excluiu tais comentários.


Quando ocorreram os problemas com Eternos, Kevin Feige (presidente da Marvel Studios), se pronunciou na revista VarietyNós tivemos super-heróis gays nos quadrinhos antes. Acho que já passou do tempo de isso acontecer nos filmes". Feige afirma que Eternos foi só o início da representatividade no UCM, e isso se confirma no novo filme do Doutor Estranho.

Além da representatividade LGBTQ+, a Marvel trouxe para as telas, personagens surdas. Em Eternos, a primeira heroína Surda, Makkari (interpretada por Lauren Ridloff) e na série Gavião Arqueiro, trouxe a Echo (Alaqua Cox). Em representatividade religiosa, estreia no dia 8 de junho a série da Ms. Marvel (Iman Vellani) primeira personagem muçulmana.

Quem é America Chavez? 

America Chavez é interpretada pela atriz Xochitl Gomez e foi a primeira super-heroína latina e homossexual a ter uma série de quadrinhos própria. A personagem foi criada em 2011 por Joe Casey (um dos criadores da franquia Ben 10) e Nick Dragotta, e ganhou bastante relevância quando passou a fazer parte da equipe de Jovens Vingadores.  


A heroína cresceu com duas mães, Amalia e Elena Chavez, em uma dimensão além do espaço-tempo e ganhou os seus poderes a partir de uma criatura chamada Demiurgo. Os poderes que America Chavez recebeu são: força sobre-humana, velocidade, capacidade de voar e criar portais interdimensionais a partir de um soco. 

Doutor Estranho 2: No Multiverso da Loucura estreia no dia 5 de maio de 2022 e já está com as vendas abertas.  


REFERÊNCIAS
SOUSA, C. Doutor Estranho 2 é banido no Egito e Arábia Saudita por ter “conteúdo LGBTQ+” NERDBUNKER 25 de abr. de 2022. Disponível em: <https://jovemnerd.com.br/nerdbunker/doutor-estranho-no-multiverso-da-loucura-banido-egito-arabia-saudita/> Acesso em: 26 de abr. de 2022. 
PALMEIRA, C. Doutor Estranho 2: filme é banido na Arábia Saudita por personagem LGBT TECMUNDO 22 de abr. de 2022. Disponível em: <https://www.tecmundo.com.br/minha-serie/237492-doutor-estranho-2-filme-banido-arabia-saudita-personagem-lgbt.htm> Acesso em 26 de abr. de 2022. 
ZANETTI, Laysa. Quem é America Chavez, a nova heroína de 'Doutor Estranho 2’ UOL 20 de dez. de 2022. Disponível em: <https://www.uol.com.br/splash/noticias/2021/12/20/quem-e-america-chavez-a-nova-heroina-de-doutor-estranho-2.htm> Acesso em 26 de abr. de 2022. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »