11/11/2022 às 19h38min - Atualizada em 11/11/2022 às 17h49min

Série ‘Eleita’ e a representação da política brasileira

Série brasileira faz uma sátira inteligente sobre o atual cenário da política

Karina Cassimiro - Revisado por Vanessa Kelly
Capa de divulgação da série.(Fonte:Reprodução/Prime Video).

Lançado em 07 de outubro, “Eleita” é uma série do Amazon Prime Video , disponível na plataforma de Streaming, conta a história de Fefê Pessoa ( Clarice Falcão), uma influenciadora digital que decide por brincadeira se candidatar a Governadora do Rio de Janeiro, mas ironicamente os eleitores a tornam eleita. Sem saber o que fazer com o poder do Estado em suas mãos, Fefê não tem noção de como governar e acaba gerando muita confusão. No início pensa em renunciar, mas quando percebe quantas pessoas votaram nela, resolve tomar posse.

Criada por Clarice Falcão e Célio Porto, a série do gênero comédia faz uma sátira à política brasileira, mas também tem pontos semelhantes com a política mundial, como o Volodymyr Zelensky atual presidente da Ucrânia que antes de assumir a presidência ficou conhecido por “Servo do Povo”, série em que interpretou o protagonista Vasiliy Goloborodko, um professor de história que é eleito presidente da Ucrânia após viralizar na internet com um discurso contra a corrupção.

`Eleita' também expõe a importância e a responsabilidade do voto. Além disso, em um futuro distópico, mostra que as notícias são transmitidas de forma sensacionalista, sem existir um jornalismo profissional algumas notícias são traduzidas para uma “linguagem mais jovem” pelo influencer ‘Boca de 09’.
 
A série brasileira que possui uma temporada com sete episódios de aproximadamente 30 minutos cada, traz o elenco de Clarice Falcão, Diogo Vilela, Luciana Paes, Polly Marinho, Rafael Delgado, Bella Camero, Felipe Velozo e Pablo Pêgas, além de participações especiais de Ingrid Guimarães, Diogo Defante, Cristina Pereira, Betty Gofman, Suely Franco, Noemia Oliveira, Luis Lobianco, Fábio de Luca, Estevam Nabote, Alessandra Colassanti, Gillray Coutinho e Juliana França. `Eleita' foi produzida por Juliana Capelini, Carolina Jabor e Renata Brandão; contou com a direção de Carolina Jabor e Rodrigo Van Der Put.

Clarice Falcão como Fefê Pessoa em 'Eleita'.

Clarice Falcão como Fefê Pessoa em 'Eleita'.

(Fonte:Reprodução/Prime Video).





‘Eleita’ e a política brasileira

Quando foi eleito pela primeira vez, em 2010, Francisco Everardo Silva, conhecido como ‘Tiririca’, foi o deputado mais votado do país, com 1,3 milhão de votos. Na época, seus bordões "Vote no Tiririca, pior do que tá não fica" e "O que é que faz um deputado federal? Na realidade eu não sei, mas depois eu te conto" ficaram muito famosos. Essa seria uma das situações do atual cenário da política brasileiraque se encaixaria no roteiro da série.

Ao longo dos episódios tem uma cena em que a personagem Fefê, resolve diminuir o valor da passagem de ônibus de R$20,20 para R$20 reais, quando a personagem diz “ não é pelos 20 centavos” é possível lembrar dos protestos do “20 centavos” que ocorreram em 2013. São situações que a série retrata que podemos perceber que tiveram inspirações no atual cenário político do Brasil e do mundo.
 

A série faz uma sátira inteligente tratando sobre um assunto super atual, que muitas vezes achamos um absurdo e se assemelha com a nossa realidade política. Também não deixa de lado em “alfinetar” a população que possui a responsabilidade em votar consciente e eleger quem realmente é capaz de governar.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »