01/08/2019 às 11h34min - Atualizada em 01/08/2019 às 11h34min

Boca Juniors vence Athletico-PR e avança para às quartas da Libertadores

Com derrotas nos dois jogos, os paranaenses estão fora da Libertadores 2019

Juan Pablo - Editado por Paulo Octávio
Athletico não segura o Boca em casa e perde por 2 a 0 (Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo)
O Boca Juniors venceu o Athletico-PR pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América 2019,  nesta quarta-feira (31), na La Bombonera. O time xeneizes  pressionou os paranaensesconfirmou seu favoritismo. Os gols de Ábila e Sálvio garantiram a vitória por 2 a 0 e classificação para as quartas da libertadores. Já o Athletico-PR não conseguiu passar da defesa argentina e acabou sendo desclassificado.

1°TEMPO

Com o inicio do jogo, o Boca vai para cima dos brasileiros. Aos três minutos, Zárate entrou com perigo dentro da área do Athletico-PR, e Jonathan fez um corte preciso, mas o atacante estava impedido. Os paranaenses tentaram assustar aos quatro minutos, com um chute de Nikão de fora da área, mas a bola sobe muito e não assustou o goleiro argentino. A pressão argentina continua. Aos doze minutos, Zárate fez uma ótima jogada pela esquerda e cruzou na área. Capaldo não pegou bem e o goleiro desviou para cima. Aos 17, o Boca assustou novamente. Nández recebeu a bola dentro da área e sem goleiro, chutou para o gol, mas Marcio Azevedo afastou o perigo. Athletico responde, aos vinte minutos, quando Nikão chutou a bola rasteira perto da trave direita de Andrada. Aos 35, xeneizes quase quase abriram o placar. Depois da cobrança de escanteio, Capaldo cabeceou a queima-roupa e o goleiro Santos fez a defesa. No rebote, a bola bateu em Léo Pereira e estava entrando, porém  Pedro Henrique tirou em cima da linha. Nos minutos finais, Santos salvou os paranaenses em dois lances:  aos 44, defendeu a cabeçada de MacAllister de dentro da área, e quando Nández, impedido, tentou toque por cobertura. Assim, o primeiro tempo acabou com placar fechado, entretanto com um domínio total dos argentinos.

2ºTEMPO

Aos 11 minutos, o time argentino abriu o placar. Goleiro Andrada  deu chutão e a bola sobrou para Ábila, que dominou jpá dentro da área e chutou forte sem chances para Santos. O time do Athletico-PR, tentou dar uma resposta, aos 13, após Bruno Guimarães passar para Marcos Ruben, que bateu colocado para boa defesa de Andrada. Nos acrescésimos, o atacante Sálvio recebeu pela esquerda e ficou cara a cara com Vitinho, que fez o corte e mandou para o canto. Sem forças, time brasileiro não conseguiu reagir. O jogo terminou em 2 a 0 pra Boca; no agregado 3 a 0 em favor dos argentinos, que venceram o jogo de ida por 1 a 0, em Curitiba. Esse foi o quarto jogo entre xeneizes e atleticanos este ano: foram dois na fase de grupos e dois nas oitavas de final. Boca venceu três e perdeu um -- o 3 a 0 na Arena da Baixada, pela segunda fase, foi a pior derrota dos argentinos fora de casa na Libertadores.

PRÓXIMOS CONFRONTOS

O Boca volta para o campeonato argentino e espera a confirmação da data para o jogo contra a LDU, pelas quartas de final da Libertadores. O Furacão agora terá pela frente o Shonan Bellmare, pela Copa, que reúne o campeão da Sul-Americana contra o campeão da Liga Japonesa. O jogo será no dia 7 de agosto, na próxima quarta-feira. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »