03/08/2019 às 14h50min - Atualizada em 03/08/2019 às 14h50min

Logos Hope: a maior livraria flutuante do mundo vem para o Brasil

O navio está de volta ao Brasil em agosto, passando por cinco cidades, trazendo livros e ajuda social

Amanda Canton - Editado por Mário Cypriano
Logos Hope - Imagem: Divulgação
A embarcação Logos Hope é a maior livraria flutuante do mundo. O navio tem previsão de chegada no dia 23 de agosto, no porto de Santos, e ficará até 17 de setembro, seguindo para o Rio de Janeiro (18/09 a 08/10), Vitória (9/10 a 22/10), Salvador (24/10 a 12/11) e Belém (18/11 a 6/12). Após o percurso no Brasil, o navio dará continuidade em outros países da América Central. Ao todo, 65 países fazem parte do projeto com 400 voluntários e mais de 5 mil livros voltados principalmente para educação, desenvolvimento pessoal,  profissional entre outros. A bordo, eles doam e vendem livros, além de promover diversas atividades como música, teatro e interação com uma série de alimentos. 

O navio pertence à GBA ships, uma organização de caridade cristã sem fins lucrativos criada na Alemanha. O objetivo da empresa é viajar o mundo apresentando culturas diversas por meio da literatura e promovendo projetos humanitários nos locais onde atraca, doando livros e participando de projetos sociais como a construção de centros esportivos e ajuda médica. Ao todo, já foram 150 países visitados, cerca de 47 milhões de pessoas já embarcaram para visitação e mais de 8 milhões de obras vendidas.

“Doamos livros para escolas, orfanatos, inclusive para prisões. Também participamos de trabalhos de construção e reconstrução de obras públicas como escolas, hospitais e centros esportivos, fazemos doações de filtros de água, lentes para pessoas da terceira idade e ajuda médica. A ideia é beneficiar pessoas que não podem nos visitar. E embora não possamos mudar todo o mundo com este tipo de ação, para alguns mudamos tudo e isso é o que nos dá satisfação: saber que pelo menos para algumas pessoas podemos fazer a diferença” declarou Pavel Martínez, oficial de relações midiáticas do navio, em depoimento à Agência EFE.

O navio já teve muitas historia, vários objetivos e nomes diferentes. A embarcação foi criada em 1973 como uma balsa para carros, em 1983 serviu de fretado para várias empresas, e apenas em 2004 foi comprado pela GBA. Em 2009 passou a atuar com o nome oficial Logos Hope, que desmembrando significa Logos (a palavra) em grego e Hope (esperança) em inglês. O navio já esteve em terras brasileiras em 1999, em Santos, e tem como objetivo dar a volta na América Latina levando conhecimento, culturas diversas e, principalmente, ajuda humanitária.

 

(Logos Hope - Imagem: Divulgação)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »