18/09/2019 às 06h28min - Atualizada em 18/09/2019 às 06h28min

Casa da Palava, um curioso casarão no centro de Maceió

Herdado dos avós, Ricardo Nogueira, transformou o imóvel em uma adorável casa de estudos e eventos

Lucas Amorim - Editado por Letícia Agata
Lucas Amorim
     Na Ladeira do Brito, no Centro de Maceió, há um casarão com fachada branca, com uma placa doura e a escritura “Casa da Palavra”. Muito confundida com um museu, o espaço é de ensino e eventos, coordenados por Ricardo Nogueira, professor do curso de Medicina, na Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

     O casarão foi construído em 1918, tem arquitetura neoclássica e é mobiliado com móveis que remetem à época em que foi construído. O imóvel pertencia aos avós de Ricardo, Luciano e Stellita Nogueira. Luciano era comerciante e tinha uma loja, A Favorita, na principal rua de comércio popular de Maceió, Rua do Comércio, e Stellita, administrava a casa.

     Além de um espaço para eventos, o professor de medicina utiliza o palacete para ministrar suas aulas: ortopedia e traumatologia e comunicação e medicina. A segunda matéria, propõe capacitar os futuros médicos a ministrar conferências, administrar congressos e fazer vídeo médico. Os principais eventos que acontecem no casarão são lançamentos de livros, congressos e simpósios. A Casa da Palavra tem dois auditórios, sendo um com capacidade para 200 pessoas e outro com capacidade para 100 pessoas.

     Ricardo relata que o espaço é corriqueiramente confundido com um museu, mas não tem essa finalidade, pois não há funcionário e nem recursos para este fim. Quando questionado sobre o motivo que o fez conservar a casa de seus avós e transformá-la em um espaço para ensino e eventos, ele explica: “não tinha um lugar adequado para ministrar minhas aulas”.

     Arthur Tenório é estudante de medicina da Ufal e fez o curso de Emergências Clínico Cirúrgicas na Casa da Palavra. Tenório descobriu o curso após ser monitor no casarão e fala sobre a infraestrutura do lugar: “a estrutura é impecável, especialmente para os padrões alagoanos. Experiência sem igual”.

     A histórica casa na Ladeira do Brito já recebeu a visita do Príncipe Dom João de Orléans e Bragança, em 2002, quando realizou uma exposição fotográfica no local. Além do membro da família real do Brasil, o casarão também recebeu a visita de grandes nomes da medicina no país, como é o caso de Roberto Kalil.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »