07/12/2019 às 01h13min - Atualizada em 07/12/2019 às 01h13min

Live-action de “Mulan” ganha segundo trailer

A guerreira que assume o lugar do pai doente no combate ganha vida em novo trailer

Jonathan Rosa - Editado por Milena Iannantuoni
Fonte: The Walt Disney Company/ Divulgação

O segundo trailer do live-action de "Mulan" foi divulgado pela Disney nesta quinta-feira. O vídeo está recheado de ação e nostalgia, mostrando os momentos da Hua Mulan se transformando numa guerreira para lutar no lugar de seu pai.

Lealdade. Bravura. Verdade. Vou trazer honra para todos nós”, escreveu o perfil oficial da Disney no Twitter ao divulgar o novo trailer do longa-metragem.

CONFIRA O NOVO TRAILER:

Fonte: The Walt Disney Company/ Mulan | Trailer 2 Legendado

A filmagem promocional traz Mulan em cenas surpreendentes, em meio a vários confrontos. Partindo para a batalha, as cenas são de altíssima qualidade e muito emocionantes. Em meio a sequências de luta e momentos arrepiantes, Mulan é testada e desafiada a lutar. Para se defender, ela precisará encarrar o combate sem hesitar, se quiser continuar viva e voltar para casa.

A mulher avessa aos costumes conservadores da família, que assume o lugar do pai doente e se faz passar por homem para combater na guerra, voltará aos cinemas interpretada pela atriz Liu Yifei, que até onde as imagens mostram, está espetacular no papel.

No trailer é possível ver a trajetória da protagonista, cansada de viver como mulher na China Imperial, até ver a oportunidade de se alistar e demonstrar a força de seus ancestrais e o valor de seu clã. Aparentemente sem cortar o cabelo, como fez na versão animada, Mulan se submete a um regime no qual aprende a usar armas, cavalgar, além de ter que usar uma armadura para esconder sua verdadeira identidade.

Cena do filme Mulan. (Fonte: Divulgação: The Walt Disney Company/ Reprodução: Tenho mais dicas que amigos)

Além disso, milhares de fãs notaram outra grande ausência, assim como no primeiro trailer divulgado em julho: A de Mushu, o dragão guardião que acompanhou Mulan em suas aventuras no filme original de 1998 e na sequência “Mulan 2: A Lenda Continua”, de 2004.

O irreverente e brincalhão personagem vermelho que teve originalmente a voz do ator Eddie Morf na versão americana, e do Jackie Chan na versão em chinesa, também não apareceu nos cartazes oficiais que foram revelados pela Disney.

O que se tem agora é uma Fênix misteriosa, também de cor avermelhada, na qual parece simbolizar os antepassados da guerreira, enquanto seu pai os invoca para sua proteção.

Além desta mudança o trailer apresenta algumas outras diferenças bem óbvias em relação à versão original de 1998, indicada ao Oscar.

Pelo que se tem de informações, nesta adaptação existem dois vilões principais: Um homem chamado Böri Khan (Jason Scott Lee) que trabalha ao lado de uma bruxa chamada Xian Lang (Gong Li) no longa. Há também um acréscimo à família, pois esta versão mostra que Mulan tem uma irmã chamada Hua Xiu, interpretada pela atriz Xana Tang.

Em entrevista ao Digital Spy, o intérprete do pai da protagonista, o ator Tzi Ma, comparou as duas versões e garantiu que o live-action supera a animação na visão dele.

“Não é um remake da animação, então pode ser decepcionante para algumas pessoas porque a animação foi bem recebida. Eu acredito que o live-action é superior à animação por conta da liderança. Niki Caro é a diretora. Ela está trazendo o ponto de vista feminino, o que é necessário para um filme sobre uma guerreira”, conclui Tzi ao Digital Spy.

Mas, apesar de todas as diferenças, os fãs do filme original provavelmente se sentiram representados com algumas das recriações das cenas mais memoráveis ​​da animação.

A narrativa do longa em si parece atingir aquilo que o público provavelmente esperava, na maioria das vezes. Quando invasores tentam dominar a China, ameaçando a segurança do país, os homens são chamados para se juntar ao exército e Mulan toma o lugar de seu pai, fingindo ser um homem. No final, ela salva o país inteiro, acabando com crenças antiquadas de que uma mulher não poderia ser capaz de tais feitos.

Aqui estão algumas das cenas que podemos reconhecer do filme original.

A icônica cena do batom

Fonte: The Walt Disney Company/ Divulgação: BuzzeFeedNews/ Montagem: Jonathan Rosa

E há um breve vislumbre do grampo de orquídea de Mulan

Fonte: The Walt Disney Company.You Tube/ Montagem: Jonathan Rosa

Há também aquela cena em que o rosto de Mulan é mostrado no reflexo da espada de seu pai. Logo depois ela corta o cabelo e se junta ao exército (na animação).

Fonte: The Walt Disney Company/ Divulgação: BuzzeFeedNews/ Montagem: Jonathan Rosa

Também há a incrível cena de espadas em que Mulan está em um telhado antes de derrotar o grande vilão

Fonte: The Walt Disney Company/ Divulgação: BuzzeFeedNews/ Montagem: Jonathan Rosa

Para a volta de “Mulan”, o estúdio do Mickey trouxe inúmeros nomes conhecidos para formar o elenco, além dos já citados Jason Scott Lee Crystal Liu (também conhecido como Yifei Liu) se destacam os atores Jet Li, e Jimmy Wong. O filme, conta com a direção de Niki Caro (Whale Rider de 2002), baseado no roteiro de Rick Jaffa, Amanda Silver, Lauren Hynek e Elizabeth Martin. 

De acordo com as informações reveladas até o momento, as filmagens começaram entre setembro e outubro e vão até fevereiro de 2020.

Fonte: Divulgação: The Walt Disney Company/ You Tube

Em conversa com a Empire, o produtor Jason Reed indicou que a produção pode não contar com as músicas da animação, ou pelo menos não com as composições de forma cantada pelos personagens do filme. Além disso, o longa-metragem também não deve trazer o sábido e divertido dragão Mushu. O objetivo seria dar vida a um histórico e épico conto, baseado no enredo chinês.

Para que consiga esse efeito, Reed afirmou que está tentando fazer uma abordagem no estilo David Lean (diretor de Lawrence da Arábia, filme de 1962) ou Akira Kurosawa (cineasta famoso pelos filmes Os Sete Samurais, de 1954; Kagemusha – A Sombra de um Samurai, de 1980; e Sonhos, de 1990). À Empire, Jason Reed falou: “Estamos pensando sobre como David Lean e Kurosawa poderiam abordar uma trama como essa”.

Cercado de especulações e expectativas positivas, o longa tem estreia agendada para o dia 26 de março de 2020 no Brasil.


REFERÊNCIAS
 
Mesmo sem Mushu, primeiro trailer de "Mulan" mostra que live-action promete ser incrível. TERRA. Disponível em: <https://www.terra.com.br/diversao/purebreak/mesmosemmushuprimeirotrailerdemulanmostraqueliveactionprometeserincrivel,cc5f6e63574ed4d06d92b9c18fd31f46lsymf6lq.html> Acesso em 6 de dezembro de 2019

 Mulan: Saiu o trailer do novo live-action da Disney. ADORO CINEMA. Disponível em: <http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-152084/> Acesso em 6 de dezembro de 2019

Veja Mulan em confronto no novo e surpreendente trailer do filme. SPINOFF. Disponível em: <https://spinoff.com.br/veja-mulan-em-confronto-no-novo-e-surpreendente-trailer-do-filme/> Acesso em 6 de dezembro de 2019

 Live-action de Mulan ganha novo trailer. E ONLINE. Disponível em: <https://www.eonline.com/br/videos/299990/live-action-de-mulan-ganha-novo-trailer> Acesso em 6 de dezembro de 2019

 Mulan, decepção a vista? EI NERD. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=FV_7j76zzBg> Acesso em 6 de dezembro de 2019

 Live-action de “Mulan” ganha trailer, mas sem o dragão Mushu. EXAME. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/live-action-de-mulan-ganha-trailer-mas-sem-o-dragao-mushu/> Acesso em 6 de dezembro de 2019


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »