18/01/2021 às 11h57min - Atualizada em 18/01/2021 às 11h35min

Webcomic Arlindo ganha financiamento coletivo

Criado em 2019 pela ilustradora brasileira Luiza de Souza, a WebComic faz sucesso nas redes sociais

Miriã Gomes - revisado por Jonathan Rosa
Ilustração Arlindo: Feito por Luiza de Souza. (Foto: Reprodução/ Instagram @Ilustralu)

A WebComic Arlindo, criada pela brasileira Luiza de Souza, começou a ser publicada no início de 2019 as terças e quintas através do Twitter da artista, e logo se tornou um grande sucesso entre os usuários da social e fãs de ilustração. Agora, para ter um contato ainda maior com os leitores, a artista e a Editora Seguinte iniciarem um processo de financiamento coletivo. A editora conta que o livro físico será lançando independente do resultado do financiamento, mas que os fãs que contribuírem nessa pré-venda receberão itens exclusivos que fazem parte de todo universo de Arlindo.
 

Arlindo conta a história de um adolescente que vive no Rio Grande do Norte, e entre aventuras com os amigos e músicas de Sandy & Junior, encara grandes questões envolvendo a família, a escola e autoconhecimento. Ao longo da trama conhecemos a rotina do protagonista na pequena cidade de Currais Novos. Com o passar do tempo dentro da história, somos apresentados também aos amigos e paqueras do jovem.
 

A história surgiu como uma forma da artista extravasar sobre suas próprias vivências, Luiza conta que o processo de escrever Arlindo foi libertador e esclarecedor, e que pode entender um pouco mais sobre si própria no final das contas. Ainda segundo ela, esse é o verdadeiro motivo do surgimento da WebComic.


Luiza contou em uma live feita em seus Instagram pessoal que uma pessoa muito importante no processo de criação e publicação foi o ilustrador Aureliano. Ele foi como uma pessoa com um chinelo na mão enquanto eu escrevia, ele que aprovava todas as páginas, que acompanhou todo o processo de produção e me ajudou na construção de todos os personagens", declarou Luiza. A artista disse também que a história só é tão boa do jeito que é, por conta de toda a ajuda que recebeu do amigo.

A campanha de financiamento começou em dezembro de 2020 e ficará disponível para participação até o dia 17 de fevereiro. Somente nas primeiras 24 horas, o financiamento atingiu a primeira meta e ficou entre os Trending topics no Twitter brasileiro. Todas as informações sobre metas, e formas de apoiar estão disponíveis na página oficinal do projeto no Catarse.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »