15/02/2021 às 11h33min - Atualizada em 13/02/2021 às 20h27min

Violet Evergarden: A “máquina” de sentimentos

Fernando Lopes - Editado por Beatriz Seguchi | Revisado por Fernanda Simplício
Fonte: Kyoto Animation / Reprodução: Google
O anime conta a historia de Violet, uma garota que sempre foi definida como ferramenta de guerra, até conhecer Major. Major, Gilbert Bougainvillea era o único que não á tratava como “objeto”, ele foi a primeira pessoa a demonstrar carinho e afeto por Violet. Mas em sua última missão, Major e Violet acabaram feridos e Violet tenta a todo custo salvá-lo. Major faz uma declaração para ela dizendo “eu te amo”, após essa declaração Major empurra Violet para salvá-la de um desabamento. 
 

Depois da guerra, Violet Evergarden acorda em um hospital, bastante confusa sobre onde estava e com uma prótese de prata, pois na sua última missão, uma explosão fez ela perder os braços. Após receber alta, ela é conduzida para a cidade de Leiden. Major, Gilbert esperava que Violet pudesse viver em um mundo melhor, sem guerras, armas e solidão.
 
Em Leiden, Violet fica sobre os cuidados de Claude Hodgins (o melhor amigo de Major ) e se torna autômata de automemoria, uma equipe de mulheres que escrevem cartas para outras pessoas, tentando transmitir seus sentimentos as que pessoas que receberão. Naquela época, muitas pessoas procuravam as autônomas, pois não sabiam escrever ou ler. Uma tarefa muito difícil para Violet, já que a mesma era extremamente insensível e não conhece sentimentos algum devido seu passado. 
 
Mesmo com a dificuldade de compreender as emoções, Violet segue sua nova missão como autônoma de automemoria, já que ela quer entender o sentido do amor. Analisando cada episódio, é possível perceber que Violet não só busca a compreensão dos sentimentos, ela também passa por um processo de autoconhecimento, entendendo e resgatando traumas e dores do seu terrível passado.
 
A narrativa toda do anime fala de Violet tentando entender o significado de “eu te amo” (frase dita por major antes de morrer ). A cada episódio mostra a evolução e as dificuldades de Violet para compreender os sentimentos, o que nos deixa nossos olhos cheios de lágrimas. 
 
A história de Violet e sua trajetória é bem emocionante, um ótimo drama com uma animação perfeita, com detalhes lindos produzida pela Kyoto Animation. Existe uma teoria que dizem que Violet foi uma experiência do governo que não deu certo, deixando o público cada vez mais curioso sobre o passado de Violet. 
 
O anime nos transmite reflexões e lições preciosas, ela mostra e nos ensina o poder de se deixar livre e vulnerável. Há sempre uma nova jornada para viver. A famosa “máquina” de guerra virou a “máquina” de sentimentos, vivendo aquilo que major sempre desejou para ela, ser livre.


REFERÊNCIAS:

LÔBO, Anna Clara. Resenha | Violet Evergarden. Medium, 2018. Disponível em:  <https://medium.com/lobanocovil/resenha-violet-evergarden-28fa163f594b>. Acesso  em 06 de fav. 2021.

LUNEI, Igor. Crítica | Violet Evergarden. Jbox, 2020. Disponível em: <https://www.jbox.com.br/2020/09/01/critica-violet-evergarden/ >. Acesso em 06 de fav. 2021. 

MINGUES, Isabela. Resenha | Violet Evergarden. Isabelamingues, 2018. Disponível em: <http://www.isabelamingues.com/2018/09/resenha-violet-evergarden_28.html?m=1 > . Acesso em 05 de fav. 2021.







 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »