20/03/2021 às 19h24min - Atualizada em 20/03/2021 às 18h59min

INCAL, uma das maiores obras de Jodorowsky e Moebius, é relançada em edição completa no Brasil

Marcado como um clássico entre os quadrinhos sci-fi, “INCAL” mudou a forma de se pensar a ficção científica e influenciou as próximas gerações de artistas

Rayana do Carmo - Editado por Ana Terra

O enredo se passa em um futuro distópico, mas é no presente que um dos trabalhos mais famosos de dois dos mestres da nona arte será lançado. INCAL, do cineasta Alejandro Jodorowsky e do artista ilustrador Moebius, chega ao Brasil neste ano em um relançamento que traz toda a sua obra em um box completo que beira ao luxo. A editora responsável por fazer isso acontecer é a Pipoca & Nanquim.

Originalmente INCAL começou a ser publicado em 1980 pela revista francesa Metal Hurlant, e depois foi compilado em seis volumes entre os anos de 1981 à 1988. Depois de um sucesso estrondoso na França, INCAL se preparou para ser lançado em outros países. A obra já esteve no Brasil pela editora Devir, em 2012, mas a trilogia nunca foi completamente terminada, ficando parada, sem reimpressão por mais de 8 anos. 
Mas, com essa nova publicação pelas mãos da editora Pipoca e Nanquim, INCAL não só virá em uma edição de luxo, como será completamente terminada, sendo compilada em 3 volumes que são divididos em: INCAL; ANTES DO INCAL e INCAL FINAL.

​Os editores Daniel Lopes, Alexandre Callari e Bruno Zago, em uma conversa no seu canal de youtube, comentam que esse ano seria a hora certa de se trazer INCAL novamente ao Brasil, já que a obra completa 40 anos de existência e se reafirma como um marco dentro da categoria de ficção científica.

Em um sonho INCAL nasceu
Foi em um sonho, depois de ter tido um de seus projetos fracassados, que Alejandro Jodorowsky teve a ideia de INCAL. Ele sonhou com uma imagem onde duas pirâmides, uma de cor preta e uma de cor branca, se tocavam. 
Depois disso, ele chamou o seu amigo e parceiro no antigo projeto, Moebius, e contou sobre esse sonho e como isso poderia se transformar em outra história. O ilustrador topou essa nova maluquice de Jodorowsky e desenhou mais de três mil páginas de esboço do que hoje sabemos que seria o INCAL. Os dois trabalharam juntos, lado a lado, na criação de uma das mais famosas histórias de ficção científica que existem hoje. A obra chama a atenção pelo roteiro bem escrito e cheios de significados e tramas que prendem o leitor, e os desenhos cheios de detalhes e perspectivas que só um gênio como Moebius seria capaz de desenhar.

Sinopse da obra
Em um mundo distópico e degenerado, John Difool, um detetive particular de quinta categoria, vê sua vida virar de cabeça para baixo quando encontra um antigo artefato místico chamado “Incal”. Em pouco tempo, ele se vê envolvido num conflito épico entre o Metabarão, o maior guerreiro da galáxia, e os descomunais poderes científicos do Tecnopapa. Movido por situações cada vez inusitadas, Difool terá que lutar não só pela sua sobrevivência, mas pela de todo o universo.

REFERÊNCIAS: 
ALIAGA, Victor. O INCAL, clássico dos quadrinhos sci-fi, é relançado no Brasil. IGN. Dezembro, 2020. Disponível em: https://br.ign.com/quadrinhos/86209/news/o-incal-classico-sci-fi-dos-quadrinhos-e-relancado-no-brasil>. Acesso em: 19 de março de 2021.
As HQs nunca mais foram as mesmas depois dele: MOEBIUS | Mestres da Nona Arte. Pipoca e Nanquim. Youtube. Julho, 2020. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=vDyvIkizDVY>. Acesso em: 19 de março de 2021.
Retorno triunfal de INCAL ao Brasil, numa coleção completa com caixa e tudo. Pipoca e Nanquim. Youtube. Dezembro, 2020. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=pRIIgOKdVGQ>. Acesso em: 19 de março de 2021.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »