25/04/2021 às 21h21min - Atualizada em 25/04/2021 às 21h06min

Jogos contribuem para diminuir os impactos da pandemia causados na educação

Juliane Alvarenga - Editado por Ana Terra
Para controlar a proliferação do covid-19 estamos a mais de um ano evitando aglomeração e assim seguimos por tempo indeterminado. E uma das áreas mais afetadas por este momento de pandemia é a educação. Com a suspensão das aulas e o ensino a distância intensificaram a dificuldade de aprendizado, especialmente para a população mais pobre que são mais vulneráveis e têm menos recursos.  
 
Os gestores da educação em todo país, em suas diversas áreas administrativas, se mobilizam na tentativa de amenizar estas perdas curriculares. Com a suspensão forçada das aulas presenciais, as instituições e órgãos educacionais tiverem que procurar outra maneira de ensinar e através da tecnologia essa experiência de aprendizado remoto exigiu que fosse mais dinâmica, representando assim uma evolução para a forma de ensinar e aprender.  Este processo de transformação digital e inovação pedagógica veio com força e tem tudo para dar certo.
 
Um dos caminhos alternativos que tem se mostrado muito eficaz em reforçar o que é ensinado pelos professores nas aulas, são os jogos. O que antes era uma distração e utilizado em momentos de lazer como entretimento, cada vez mais tem sido descoberto como uma excelente ferramenta para estimular o desenvolvimento e aprendizado.

A Gamificação tem tido um papal essencial no mundo acadêmico, desde a educação infantil, em especial neste momento de pandemia pois através dos jogos os professores à distância e os pais em casa conseguem reforçar o conteúdo de um jeito leve e divertido, fazendo com que as crianças aprendam enquanto se divertem.   
 
O termo gamificação é, na verdade, utilizado para representar um conjunto de atividades organizadas com base na mecânica dos jogos com o intuito de engajar pessoas para resolverem problemas e melhorar o aprendizado, desde os pequenos aprendendo o BÊ-A-BÁ até os jovens na descoberta de um novo idioma, por exemplo.
 
Cientes da potencialidade desta ferramenta, o MEC (Ministério da Educação) adquiriu um game de alfabetização na tentativa de diminuir os impactos causados pela pandemia. Graphogame foi desenvolvido por finlandeses e está disponível gratuitamente para todo o país. Buscando atender às necessidades de família carentes, o jogo depois de baixado pode ser utilizado offline, ou seja, não é necessário ter conexão com a internet.


O governo gastou R$105 mil com a licença do jogo, em contrato com o Instituto do Cérebro ligado à PUC-RS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul). O instituto é parceiro exclusivo da instituição finlandesa Grapho Group Oy para pesquisa e desenvolvimento da versão em português do Brasil.

Indicado para crianças de 4 a 9 anos, o jogo tem uma metodologia voltada para o desenvolvimento da consciência dos sons da língua oral e sua relação com as letras, processo classificado como instrução fônica. Em um ambiente lúdico, animado, possibilitando com que a criança crie seu próprio avatar e é adaptativo, pois conforme a criança vai acertando e ganhando os prêmios, o nível de dificuldade vai aumentando.
Uma outra opção para quem não quer baixar jogos mas prefere a utilização online, é o site Escola Games (http://www.escolagames.com.br/). Com muitas opções de games gratuitos e sem necessidade de download, o site atende muitas idades em níveis fáceis, médios e de maior dificuldade. Estimulando o aprendizado e a criatividade, lá você encontrará a opção de filtrar por matéria, estão disponíveis: Artes, Ciências, Educação Física, Espanhol, Geografia, História, Inglês, Italiano, Língua Portuguesa e Matemática.  Opções não faltam, desde quebra-cabeças á jogos da memória.

A literatura infantil também invade o mundo virtual. No site tem alguns livros com as opções ‘leia para mim’ e ‘eu mesmo leio’. Ou seja, a diversão está garantida.


REFERÊNCIAS:
‘Jogo de alfabetização é adquirido pelo MEC para diminuir impactos da pandemia; veja como funciona’, FOLHAPRESS, 2020. Disponível em: <https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/educalab/jogo-de-alfabetizacao-e-adquirido-pelo-mec-para-diminuir-impactos-da-pandemia-veja-como-funciona-1.3014373>. Acesso em: 20/04/2021.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »