07/06/2021 às 14h38min - Atualizada em 07/06/2021 às 14h23min

Um simulador de exploração espacial na era da nova corrida

Davi Moreira - Editado por Fernanda Simplicio
Fonte: Squad / Reprodução: Google


Os apaixonados por astronomia tem agora o privilégio de acompanhar o desenvolvimento do que vem sendo chamada de “A Nova Corrida Espacial”. Ao contrário do cenário da Guerra Fria, em que as maiores potências do mundo travaram uma batalha para conquistar os céus, a atual corrida é encabeçada por empresas privadas.
Nesse contexto, um jogo vem chamando atenção, inclusive de “gente grande”, como a NASA e a ESA (a agência espacial europeia). O  Kerbal Space Program (ou Programa Espacial Kerbal, em bom português) é um jogo de exploração espacial produzido pela Squad e lançado oficialmente em abril de 2015.



O game, que completa 10 anos em 2020, traz uma experiência desafiadora e pode ser uma ferramenta ímpar para capturar o interesse de crianças e jovens pela exploração espacial. O segundo título da franquia está em desenvolvimento e promete seguir os passos do seu antecessor, mas com a mira voltada para conquistas mais ambiciosas.
 
O que o jogo tem de especial?
Viagens espaciais não são nenhuma novidade na cultura pop, e o tema já apareceu em diversos games, como Mass Effect, No Man’s Sky e Star Craft, só para citar alguns. O diferencial de Kerbal Space Program, ou KSP, para os íntimos, é que ele leva as coisas um pouco mais à sério, simulando aerodinâmica, arrasto e mecânica orbital de forma precisa e cientificamente correta.

Isso quer dizer que para conhecer os diversos planetas do sistema Kerbol, não é só pegar uma X-wing e sair voando por aí como vemos nos filmes de Star Wars, por exemplo. Pilotar um foguete em KSP é uma experiência desafiadora e que exige planejamento meticuloso, para que a missão não acabe em explosões.
Todo esse desafio pode parecer intimidador, mas KSP consegue fazer com que o jogador aprenda com seus erros e se sinta motivado para superar as barreiras e a inospitalidade do espaço, assim como ele é na vida real. Embora se aproxime, o jogo não chega a ser um simulador. Os alienígenas verdes e de expressões exageradas aparecendo no canto da tela servem para quebrar um pouco da seriedade que é planejar uma viagem interplanetária.
 
Conhecendo um pouco mais sobre o jogo
Kerbal Space Program é ambientado num sistema solar fictício, apelidado pela comunidade de Sistema Kerbol. O sistema é formado por 6 planetas e um planeta anão. A disposição dos corpos celestes lembra bastante o nosso sistema solar, contando inclusive com um planeta vermelho e um gigante gasoso.
Kerbin, o planeta natal das criaturinhas verdes que controlamos, é um planeta rochoso coberto por vastos oceanos e é o terceiro corpo depois do sol. É dele que partimos para as mais audaciosas aventuras.
Mas antes de explorar o espaço, é preciso ter um foguete. E você pode construir o seu! KSP oferece um sistema modular de montagem de espaçonaves, com cabines, tanques de combustível e motores já prontos. Você só precisa juntar tudo, apertar a ignição e apreciar a jornada.
Esse sistema é um dos pontos fortes do jogo. Aqui, a criatividade e o poder de processamento da sua máquina são os únicos limites (já que a física de cada peça é simulada individualmente, e os computadores mais modestos podem sofrer com naves que ultrapassam as 800 partas). Basta dar uma olhada na oficina da Steam para ter uma ideia do que é possível criar com o que o jogo oferece.
Mas após algumas centenas de horas, viajar pelos mesmos planetas, com foguetes construídos com as mesmas peças pode ficar um pouco entediante. Por sorte a comunidade de KSP é bastante ativa, e existem uma infinidade de mods que irão transformar significativamente sua experiência no game.

As modificações podem ir desde melhorias gráficas, simulação de física mais realista, novas peças para construir réplicas fidedignas de foguetes reais até sistemas solares inteiros. Um dos mods mais famosos é o Real Solar System, que como o nome indica, traz para o jogo o nosso sistema solar, em escala real. Ele e o Realism Overhaul transformam Kerbal Space Program, adicionando muito mais realidade (e desafios) à experiência.
 
Kerbal Space Program 2
Em agosto de 2019 foi anunciado Kerbal Space Program 2, desenvolvido pela Intercept Games e publicado pela Private Division e com lançamento previsto para 2022, mas sem data confirmada. A sequência de Kerbal Space Program promete manter vivo o espírito do primeiro jogo enquanto amplia as possibilidades de exploração, com construção de colônias e viagens intergalácticas.



Ao contrário do original, KSP 2 está se esforçando bastante para dar ao jogador iniciante uma introdução mais amigável, sem deixar de lado os desafios. O jogo irá contar com animações lúdicas e tutoriais intuitivos para apresentar ao jogador todas as mecânicas disponibilizadas pelo título.
O game ainda está em estágio de produção, mas burocracias internas e a pandemia tem feito com que seu lançamento sofra constantes reajustes. A previsão inicial era lançar Kerbal Space Program 2 no primeiro semestre de 2020.  
 
REFERÊNCIAS :
WHITE, Sam. Minecraft in space: why Nasa is embracing Kerbal Space Program. The Guardian, 2014. Disponível em:
Acesso em: 31 de mai. de 2021.
WATSON, Eric. ASTROPHYSICIST CALLS KERBAL SPACE PROGRAM 2 A “GATEWAY DRUG TO PHYSICS”. Pixelkin, 2021. Disponível em:
Acesso em 01 de jun. de 2021.
Kerbal Space Program 2. Disponíve em: https://www.kerbalspaceprogram.com/game/kerbal-space-program-2/ Acesso em 5 de jun, de 2021.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »