09/07/2021 às 13h47min - Atualizada em 09/07/2021 às 13h25min

Indicação | Megalo Box, um anime de boxe que empolga

Leonel Brito - Editado por Ana Terra
Megalo box é um anime de 2018, produzido em homenagem aos 50 anos do mangá Ashita no Joe, que também teve um anime muito famoso nos anos 80, com a temática de boxe. A produção do estúdio é da TMS Entertainment, contando com 13 episódios de 24 minutos na primeira temporada. Ele está disponível nos Streamings Funimation, Crunchyroll e na Netflix.
Reprodução: TMS Entertainment

Reprodução: TMS Entertainment


A história se passa num futuro distópico, permeado por muita tecnologia, em que um dos esportes mais famosos são as lutas de Megalo box, que nada mais é do que boxe comum, a única diferença é que os lutadores usam Gears, uma espécie de estrutura robótica presa ao tronco e braços do lutador, proporcionando muito mais força e resistência nos golpes.
 
O personagem principal é um rapaz sem nome nem registro, que participa de lutas clandestinas e com um nome de Junk Dog, ele tem um sonho de lutar profissionalmente, mas não tem recursos para tal. Porém, uma chance aparece quando a maior empresa de tecnologia do país decide promover uma grande competição de Megalo box, chamada Megalonia onde o vencedor recebe um grande prêmio em dinheiro, além de fama mundial.
 
Junk Dog assume o nome de Joe e passa a treinar muito para conseguir entrar no circuito de lutas profissionais a fim de subir no Ranking de lutadores, para que assim, consiga entrar no super campeonato. Para isso, ele conta com a ajuda de um treinador chamado Gansaku Nanbu e do garotinho Sachio. Como eles devem dinheiro para o chefão do crime Fujimaki, cada luta vencida é uma forma de fuga, e uma derrota também significa risco de vida.
 
O anime tem um traço bem bonito e uma animação que é ao mesmo tempo antiga e moderna, o que é muito legal, pois se diferencia de outros animes que tem uma animação genérica. As lutas são bem interessantes e divertidas de assistir, pois trazem uma sensação de perigo constante, e como são lutas de boxe, tudo é muito pé no chão, sem aqueles golpes e poderes mirabolantes presentes em animes de luta, mesmo que os personagens usem equipamentos muito criativos e originais em cada luta.
 

O arco da primeira temporada é bem coeso e se fecha muito bem, mas mesmo assim foi produzida uma segunda temporada, que está sendo exibida no Japão e vem para o Brasil através da Funimation.
 
Referências:
BORGA, E. Crítica | Megalo Box. Manual dos Games, 2019. Disponível em: <https://manualdosgames.com/analise-megalo-box/>. Acesso em: 06 de Julho de 2021.
BORUSZEWSKY, J.  Megalo Box | Crítica. Vigilia Nerd, 2019. Disponível em: <https://vigilianerd.com.br/megalo-box-critica/>. Acesso em: 09 de Julho de 2021.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »