09/10/2021 às 12h04min - Atualizada em 09/10/2021 às 11h11min

5 aspectos de Horizon Zero Dawn que nos empolgam para a continuidade da série

Com o lançamento de Horizon Forbidden West cada vez mais perto, listamos algumas das qualidades que foram essenciais para o sucesso do primeiro jogo

Luann Motta Carvalho - Editado por Ana Terra

Falta pouco para mergulharmos em mais uma jornada da caçadora Aloy. Com data prevista para fevereiro do ano que vem, o lançamento de Horizon: Forbidden West está chegando. A continuidade direta da série é aguardada com muitas expectativas pelos fãs, devido ao sucesso do primeiro título da franquia. O game é exclusivo da Sony e estará disponível para as plataformas PS4 e PS5.

Sendo um dos grandes produtos da Sony, Horizon: Zero Dawn foi aclamado pela crítica e público. Além do enredo extremamente envolvente, as qualidades do game são tantas ao ponto de ser difícil escolher apenas algumas. No entanto, vamos selecionar cinco aspectos de Zero Dawn que nos empolgam para a chegada de Forbidden West.

Confira a lista abaixo!

A originalidade em um cenário futurista

Não são poucas as histórias pós-apocalípticas em livros, filmes, jogos e outros produtos midiáticos. Mas mesmo assim, Horizon Zero Dawn consegue ter o seu toque original e inovador. Afinal, é um mundo em que as sociedades humanas regrediram tecnologicamente e convivem em tribos, além de um cenário mais natural, com árvores e plantações por todo o lado.

E como ocorre o apocalipse que quase extinguiu os humanos? O ataque das máquinas contra seus criadores. Sim, é algo que você provavelmente já viu em muitas histórias. No entanto, as características dessas máquinas é o que chama a atenção: são espécies de robôs dinossauros que têm aspectos de diversos animais, como rinocerontes, pássaros e cavalos. Alguns mais perigosos que outros.

Como foi revelado na gameplay disponibilizada pela Sony meses atrás, Forbidden West promete mais desse perigo, com espécies de tartarugas e elefantes robôs. Ou seja, novas máquinas para enfrentar!

Um mundo aberto

Se muitas pessoas reclamam de curtas durações dos jogos atuais, Horizon Zero Dawn vai de encontro a essa tendência. O jogo é um mundo aberto imenso, onde é possível explorar muita coisa dentro das selvas, cavernas, desertos e cidades tribais. Nesse contexto, além da história principal, há muitas missões secundárias e sidequests para o jogador completar.

Com isso, para aqueles que gostam de passar várias horas no jogo e colecionar troféus, essa é uma escolha bem certeira. Em Forbidden West, isso não deve ser diferente e a diversão promete ser ainda maior.

A ambientação

É possível afirmar que Horizon Zero Dawn é um jogo que contém uma das ambientações mais bonitas dos últimos anos. Os detalhes do jogo são riquíssimos, com vegetações, plantações e várias árvores. Como dito acima, é um cenário que não segue o padrão pós-apocalíptico e ilustra a natureza.

Como se não bastasse a beleza do primeiro título, Forbidden West também aparenta ter o mesmo nível de riqueza de detalhes e ainda conta com uma capacidade tecnológica mais avançada.

Frozen Wilds

A DLC de Horizon Zero Dawn torna ainda mais completa a história do jogo, com um mapa expandido, outros tipos de armas e novos desafios. Após Aloy derrotar HADES, ela parte para o território no Norte, onde ela encontra um local cercado por neve e uma nova tribo: os Banuk. E é nesse lugar que ela desvenda mais um pouco sobre a origem de Sylens, companheiro de Aloy na jornada de descoberta sobre Elisabet Sobeck e o Projeto Zero Dawn.

E o projeto está envolvido em Frozen Wilds, já que a tribo é ameaçada por HEPHAESTUS, um dos subsistemas de GAIA e que assim como HADES, se rebelou contra o sistema principal e do objetivo de recuperar a vida na Terra.

Alguns desses pontos podem reaparecer no segundo título, como o próprio HEPHAESTUS, além de HADES. Já o retorno de Sylens está confirmado, como o trailer do jogo mostrou.

Aloy

Por último e talvez o aspecto mais memorável de Horizon Zero Dawn: uma protagonista forte, empática, cheia de personalidade e um tanto quanto sarcástica. Aloy é uma das melhores personagens da história dos games e sua popularidade chegou ao nível de se tornar um dos maiores símbolos da Sony e do PlayStation.

A história até possui outros bons personagens, como Rost, Teersa, Avad, Erend e Sylens, mas a presença de Aloy é marcante ao ponto de ofuscar outros personagens em certos momentos. Um ponto bastante favorável para o panorama gamer atual, com cada vez mais destaque para figuras femininas nesse universo.

Na sequência direta da série, Aloy vai estar mais velha e portanto, mais experiente. Podemos esperar novas habilidades e obstáculos ainda mais desafiadores para a ruivinha.

REFERÊNCIAS:
“7 motivos que farão você gostar de Horizon Zero Dawn”. MEU PS. Disponível em: <https://meups.com.br/especiais/patrocinado/7-motivos-que-farao-voce-gostar-de-horizon-zero-dawn/>. Acesso em 05 de out. de 2021.
BORGES, Diego. “Review de Horizon Zero Dawn”. TECHTUDO. Disponível em: <https://www.techtudo.com.br/review/horizon-zero-dawn.html>. Acesso em 05 de out. de 2021.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »