12/10/2021 às 15h12min - Atualizada em 12/10/2021 às 15h49min

Uma volta ao mundo: conheça as séries estrangeiras da Netflix que você precisa assistir

Confira uma lista feita para aqueles que gostam de ir além das séries norte americanas!

Ana Beatriz Magalhães - editado por Luhê Ramos
Pessoa assistindo Netflix. | Fonte: Netflix/Divulgação
Diferente de outras grandes produções da Netflix, a série coreana “Round 6”, lançada em setembro, não conta com grandes investimentos e estreou sem muita divulgação no catálogo da plataforma. Porém, aos poucos, ganhou a atenção de milhões de pessoas da forma mais natural possível e superou “Bridgerton” e “Sex Education” ao se tornar a série original mais vista da história no streaming.

A temática da série não é exatamente nova, mas a potência visual da produção, os personagens bem desenvolvidos com os quais o público se identifica facilmente e a visão perturbadora da natureza humana encataram as pessaos ao redor do mundo. Assim, consegue-se perceber que a Netflix tem se compromissado a entregar cada vez mais produções internacionais dignas e propícias a viraram fenômenos. E os espectadores têm aprovado isso e acompanhado de perto.

Mas, Bong Joon Ho, diretor de "Parasita", já tinha avisado que, quando se ultrapassa a barreira das legendas, é possível sair da bolha inglesa/norte americana e conhecer diferentes histórias com perspectivas únicas. O diretor sul-coreano contribuiu fortemente para essa mudança recente, já que seu filme foi o primeiro de linguagem não-inglesa a ganhar o Oscar de Melhor Filme. A partir disso, muitos perceberam a multiplicidade de produções que existem no mundo todo.

Sabe-se que a indústria de entretenimento é dominada, em sua maioria, por conteúdos na língua inglesa. No entanto, Netflix e outras plataformas procuram exibir e até mesmo produzir séries e filmes de diferentes países e em diferentes idiomas.Na busca por conteúdos diferenciados, essas produções variam de nacionalidades e gêneros, com histórias bem elaboradas, enredos bem estruturados e personagens bem construídos.

Confira, a seguir, uma lista de séries estrangeiras encontradas na Netflix que prendem a atenção do início ao fim e valem a pena dar uma chance.

La Casa de Papel

Provavelmente a mais conhecida dessa lista. A famosa série de drama policial criada por Álex Pina aborda dois assaltos muito bem pensados e elaborados na Casa da Moeda Real da Espanha e outro no Banco Central da Espanha ao longo de suas cinco temporadas. A trama conta com flashbacks, saltos no tempo e um narrador não tão confiável para dar mais complexidade a história. La Casa de Papel propõe uma narrativa em que o público tem “acesso” ao ponto de vista dos ladrões e, assim, consegue fazer com que uma grande parte dos espectadores queiram que o assalto se concretize, e não o contrário. A segunda parte da última temporada lança dia 3 de dezembro e o maior roubo da história será finalizado.

Sangue e Água

A série sul-africana gira em torno de Puleng (Amamkele Qamata), uma menina do ensino médio cuja irmã, Phume, foi sequestrada por uma rede de tráfico humano logo após o nascimento. Anos depois, no mesmo dia do aniversário de Phume, Puleng foi convidada para uma festa de Fikile Bhele (Khosi Ngema), uma atleta popular que estuda no Colégio Parkhurst, uma escola de elite na Cidade do Cabo.

Depois de Wade (Dillon Windvogel), um novo amigo apontar semelhanças entre as duas, Puleng começa a suspeitar que Fikile é Phume e, assim, a garota que viveu à sombra de sua irmã durante toda a vida, decidi investigar. Ela se transfere para o tal colégio e, enquanto tenta resolver este quebra-cabeça, Puleng descobre que o mistério de sua irmã desaparecida não é o único segredo que seus amigos e familiares escondem. O que quase ninguém sabe é que a trama é baseada em uma história real, mas vale destacar que os personagens apresentados foram todos criados para a produção.

 

The Rain

Quem gosta de séries que envolvem ciência não pode perder a oportunidade de assistir essa produção dinamarquesa. A trama se passa em um mundo pós-apocalíptico em que uma terrível chuva carregada com um vírus misterioso matou centenas de milhares de pessoas, deixando apenas alguns poucos sobreviventes. Após muitos anos, o vírus não vai embora e ainda está contaminando o planeta Terra, ameaçando o fim da humanidade.

Dessa maneira, com o passar dos episódios, a chuva tóxica vai ganhando força não só nos corpos das pessoas, como na natureza e é mostrado experimentos feitos em laboratório com frequência. Além disso, de nada adianta contar uma história que afeta os humanos sem falar sobre eles, então a narrativa explora bastante isso e é bem envolvida no desenvolvimento de seus personagens. Ao longo dos episódios, observa-se quais são as reações das pessoas quando se encontram em situações de miséria e fome extrema, apelando para a sobrevivência a qualquer custo.

Love 101

A trama turquesa é contada em 1998 e nos dias atuais, com versões mais velhas dos personagens, enquanto eles relembram a a época da adolescência. É acompanhada a história de 5 estudantes com personalidades bem diferentes, que acabam juntos na detenção. O grupo percebe que a única esperança e solução para evitar a expulsão é a amável professora Srta. Burcu – que está para ser transferida. Assim, para evitar sua despedida, os alunos criam um plano para fazê-la se apaixonar por Kemal, o novo técnico de basquete. Love 101 aborda todas as formas de amar em diversas faixas etárias e a descoberta desse sentimento na adolescência, conciliando as crises da idade e as paixões avassaladoras.

Young Royals

Acompanha o Príncipe Wilhelm, um adolescente da família real sueca que começa um relacionamento com um colega no prestigioso colégio interno Hillerska. No local, o jovem se vê livre de sua vida cheia de regras e experimenta pela primeira vez a liberdade de tomar suas próprias decisões. Porém, ao receber notícias trágicas, o príncepe precisa escolher entre o amor e o dever com o seu povo. Com semelhanças com o livro “Red White & Royal Blue”, de Casey McQuiston, essa série conquistou as redes sociais, principalmente o BookTwitter (termo que engloba contas voltadas para literatura no Twitter) e a Netflix prometeu uma segunda temporada para 2022.

Baby

Acusada de romantizar a prostituição de menores de idade, a série italiana supera obstáculos, entrega três temporadas e se consolida como umas das produções originais da Netflix mais irresistíveis. Com muito sexo, amizade e valores familiares, a trama é baseada em uma história real sobre como duas estudantes da elite de Roma são atraídas para o mundo da prostituição e como elas lidam com isso enquanto escondem de familiares e amigos.

Ragnarok

De origem norueguesa e baseado na mitologia nórdica, a produção conta com elenco e equipe técnica formados por profissionais dos países nórdicos.  Na história, a região em que é ambientada é afetada por sérios problemas climáticos provocados por uma indústria que pertence à família Jutul, uma das mais ricas do local. O nome dessa família faz alusão aos Jötunn, que na mitologia são gigantes de gelo que rivalizam com os deuses Vanir e Aesir. Na série, eles são desafiados por Magne, o protagonista adolescente que é a personificação de Thor. O interessante de Ragnarok é que o público é convidado a adivinhar quem representa quem na mitologia.

AlRawabi School for Girls

A produção em língua árabe aborda o bullying nas escolas do Oriente Médio. Composta por seis episódios, a trama segue algumas alunas do ensino médio de uma grande escola particular apenas para garotas. Nesse contexto, cansadas de sofrer perseguição pelas mais populares, um grupo de excluídas resolvem se unir e se vingar, a fim de acabar com qualquer violência dentro do colégio. Vale destacar que o elenco é inteiramente composto por mulheres árabes, assim como a produção. Conferir temas além das mesmas produções que a maioria já está acostumado é uma maneira de fugir da monotonia no quesito entretenimento. Além disso, assistir a essas séries estrangeiros e tantas outras que se encontram na plataforma da Netflix é uma oportunidade de alcançar conhecimento acerca de outras culturas, conhecendo seus acontecimentos históricos e acompanhando como cada enredo desenrola conflitos bem desenvolvidos e reflexões singulares.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »