24/10/2021 às 00h00min - Atualizada em 23/10/2021 às 23h59min

Resenha | Nascida do Fogo: A Floresta Congelada, de Aisling Fowler

Bem vindos ao Pavilhão de Caça, onde Doze faz seu treinamento para ser uma Caçadora. Ou é o que ela diz fazer.

Sarah Souza Cabrera - Editado por Ana Terra
Com a expectativa de ser a trilogia de alta fantasia da década, Nascida do Fogo: A Floresta Congelada traz a história de Doze, uma jovem adolescente em treinamento no Pavilhão de Caça, onde são treinados os humanos que ajudam os clãs de Ember a se defender de criaturas místicas.
"Juro servir a todos os sete clãs como se fossem meus, protegê-los do que está além. Renuncio a todos os laços de sangue para oferecer meu nome e meu passado" - Trecho do prólogo.

Doze é a melhor aluna da turma dos novatos, porém isso também faz com que seus colegas tenham medo de treinar contra ela. Não que isso faça falta, já que seu objetivo não é fazer amigos, ou fazer parte dos Caçadores. Sua meta é aprender o máximo para alcançar a vingança que tem planejado há dois anos, mas o que ela não esperava era que o rapto de uma colega despertasse a culpa em seu coração. Assim, Doze inicia uma jornada para trazer a garota que a lembra de sua irmã, Poppy, de volta ao Pavilhão, e juntamente com Cão, o guardião da muralha, e mais dois caçadores vai enfrentar perigos mortais e as consequências dos seus segredos.

Apesar de um início clichê e de vilões sem profundidade, os personagens principais tem histórias marcantes com grande peso psicológico e temas atuais, que são revelados no decorrer da narrativa. A história tem diversas reviravoltas, com uma gama interessante de monstros inéditos, e um livro bestiário que é citado ao longo da história. Entretanto, um dos detalhes que chama a atenção é a forma com que a autora insere o passado da protagonista, pois já que uma das partes do juramento para se tornar um Caçador é abdicar de seu passado, Doze não pode falar em voz alta sobre os acontecimentos que a levaram ao Pavilhão. O texto é rico em detalhes, então uma frase dita ou um detalhe citado por algum dos personagens acaba por ser bem importante no momento de fazer ligação com fatos. 

A autora finaliza o primeiro livro com as histórias bem amarradas, e mesmo com poucos detalhes para o próximo livro, ficou o desejo de saber quais serão as próximas decisões tomadas por Doze e seus amigos. São 288 páginas de escrita leve, detalhes ricos e algumas ilustrações muito bem feitas, que deram alguns spoilers, mas nada que afete a experiência do leitor.

A autora
Nascida do Fogo: A Floresta Congelada é o primeiro livro de Aisling Fowler e já conta com resenhas positivas de renomados veículos de literatura. A autora que é fã de fantasias tem 36 anos, é formada em Biologia e trabalhava como enfermeira quando teve a ideia da trilogia. Quando não está escrevendo, está fazendo as outras duas coisas que ama: cozinhar e pensar em aventuras para si mesma e para seus personagens.

Referências: 
Aisling Fowler. Disponível em: <https://twitter.com/fowler_aisling>. Acesso em: 23 de Out. de 2021.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »