17/11/2021 às 19h33min - Atualizada em 15/11/2021 às 16h40min

Día de Los Muertos, o que é esse evento?

A celebração ocorre durante a festividade de 31 de outubro a 2 de novembro, celebrada há cerca de três mil anos

David Cardoso - Revisado por Márcia Nascimento
Cemitério mexicano durante as festividades do Dia dos Mortos. (Reprodução: Papo de homem)
De origem mexicana, o Dia dos Mortos é uma celebração que ocorre anualmente no dia dois de novembro, período que coincide com algumas datas importantes para os católicos como o Dia de Todos os Santos e o Dia dos Fiéis Defuntos. A celebração é realizada também em outras nações onde existe uma grande presença da população do país.

Nos primórdios a celebração era realizada em todo mês de agosto pelos povos mesoamericanos pré-hispânicos, que realizavam sacrifícios de seres humanos para acalmar os deuses. Os colonizadores espanhóis quando chegaram acabaram se assustando com os rituais pagãos dos indígenas e realizaram uma alteração na data da celebração.

A festa é uma das mais animadas do México, pois os mexicanos acreditam que durante esse período os mortos têm autorização divina para visitar os familiares e amigos, por isso precisam ter uma recepção calorosa.



A celebração possui alguns significados e símbolos:
  • Um altar construído com 2 a 7 níveis, cada um apresentando elementos específicos: cada degrau é coberto por um tecido preto e branco, coloca-se a imagem de algum santo que tenha devoção, além de água, sal, pão e uma variedade de alimentos que eram de agrado do falecido, assim como as fotografias do falecido, algumas velas, um crucifixo cristão e caveiras distribuídas pelos diferentes níveis do altar. Os elementos decorativos evocam simbolicamente o mundo indígena e o mundo católico.
  • Esqueletos com roupas e adereços.
  • Caveiras de açúcar.
  • Flores diversas.
  • Danças e músicas regionais mexicanas.
Dia de Los Muertos segundo os Brasileiros

O brasileiro Nathan Delfino comenta que na Cidade do México, onde reside a quatro anos, durante o período tudo é muito colorido, ocorrem várias festividades como o “Festival Internacional dos Mortos”, que começou em 2017 por causa de um filme do James Bond, mas que virou uma tradição local.

Segundo o brasileiro, em 2017 também teve uma alegoria temática especial sobre o terremoto que aconteceu no país naquele ano, que deixou pelo menos 98 mortos e causou danos em diversos pontos do país. 



"Então é assim, bem diferente, as crianças vão para as ruas entre os dias 28 de outubro e dois de novembro pedir doces ou travessuras e é muito normal ir na rua e encontrar pessoas atendendo no comércio com os rostos pintados e fantasiadas, além de encontrar muitas oferendas na frente de fotos de pessoas falecidas.", comenta o jovem.

Patrimônio da Humanidade

Durante cerimônia realizada em Paris, na França, em novembro de 2003, a 
Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), distinguiu a festividade indígena do Dia dos Mortos como Obra Mestra do Patrimônio Oral e Intangível da Humanidade. A distinção ocorreu devido a festividade ser considerada uma das mais relevantes do povo mexicano e do mundo, por ser uma cultura ainda viva, sendo uma das expressões culturais mais antigas e de maior força entre os grupos indígenas do país.

Para os Mexicanos

Para a estudante de psicologia, Enya Avelar, o dia dos mortos é uma das datas mais queridas do seu calendário, pois consegue se conectar com os seus amigos e familiares que se
 foram além de se reunir com os familiares para as festividades.


A jovem costuma visitar os altares que são feitos na cidade de Gúzman, estes são decorados pelos alunos do ensino médio da cidade. Em 2021, teve a oportunidade de ir para o estado de  Michoacán e visitar as cidades de Quiroga, Santa Fé e Zinzunzac onde havia música e lindos altares.

Para Avelar, o "Dia de Los Muertos", é uma forma de poder demonstrar para aqueles que partiram que as lembranças dos bons momentos ainda ficaram e que a morte não apaga todos os sentimentos positivos que ficam guardados no coração daqueles que amam.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »