26/09/2022 às 22h27min - Atualizada em 26/09/2022 às 21h32min

“O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder” expande o universo literário das tradicionais obras de J. R. R. Tolkien

A primeira temporada da nova série da Amazon Prime Video contará com oito episódios

Felipe Nunes - editado por David Cardoso
As criaturas do universo de Tolkien voltam em diferentes roupagens no novo seriado. (Foto: Ben Rothstein/ Amazon Prime Video)

Na próxima sexta-feira (30), o sexto episódio da série “O Senhor dos Anéis: Os anéis do Poder” será liberado na plataforma de streaming da Amazon. A produção é inspirada nas obras de John Ronald Reuel Tolkien e vem sendo aprovada pela crítica especializada e pelos antigos e novos fãs.

Ambientada na fictícia Terra-Média, a obra traz narrativas que antecedem os eventos expostos nos filmes já conhecidos pelo público, como “O Hobbit” e “A Sociedade do Anel”. No seriado, os personagens centrais iniciam a trama em um clima de paz, que está prestes a ser terminado com os conflitos que começam a surgir.
 

De acordo com a Amazon, que já vinha trabalhando nos arcos da série desde 2017, a primeira temporada será focada no período em que “os grandes poderes foram forjados”. Isso porque, ainda que a primeira temporada não tenha sido concluída, as produções para sequências futuras já estão em andamento. 
 

“Tendo início em uma época de relativa paz, a série acompanha um grupo de personagens que enfrentam o ressurgimento do mal na Terra-Média. Das profundezas escuras das Montanhas de Névoa, das majestosas florestas de Lindon, do belíssimo reino da ilha de Númenor, até os confins do mapa, esses reinos e personagens criarão legados que permanecerão vivos muito além de suas partidas”, explica a plataforma na página inicial de sinopse da série.



Em entrevista, Davi Marcelgo, que é estudante de Letras pela Unesp de Assis e resenhista de diversas obras cinematográficas no Letterboxd e Medium, conta ao portal Lab Dicas jornalismo as semelhanças e diferenças do seriado com as obras já lançadas. De acordo com ele, o caminho da trama é construído de forma lenta e detalhista, o que já era presente nos filmes, mas que na série parece manter personagens e arcos no mesmo lugar.
 

“Gostei muito do quarto episódio. Foi nesse episódio que vi as coisas realmente acontecerem. Tolkien tem uma narrativa lenta, com muitos detalhes e explicações sobre os mundos e personagens. Em 'Anéis do Poder', temos uma trama muito lenta que parece não progredir”, pontua.

Expansão das obras de Tolkien


Sobre a expansão do universo com eventos que antecedem as obras cinematográficas já expostas, Davi Marcelgo comenta que “é muito legal ver o passado, como os anéis foram forjados" e ressalta ainda "com a série, tenho uma visão com complementos, rica em detalhes de coisas que aconteceram antes”.
 

O elenco da série traz personagens novos aos fãs das consolidadas obra de J. R. R. Tolkien. Dentre os nomes que integram o núcleo de atores, destacam-se: Morfydd Clark (Galadriel), Sophia Nomvete (Princesa Disa), Ismael Cruz Córdova (Arondir), Nazanin Boniadi (Bronwin), Lenny Henry (Sadoc Burrows) e Joseph Mawle (Oren).
 

Para o desenvolvimento dos episódios, a série conta com uma equipe de roteiristas de diferentes gêneros cinematográficos, como Stephany Folsom, Jason Cahill, Helen Shang, Glenise Mullins, Gennifer Hutchison, Bryan Cogman e Justin Doble. Atualmente, os primeiros cinco episódios já estão liberados no catálogo da Amazon Prime Video.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »