04/10/2022 às 00h41min - Atualizada em 04/10/2022 às 00h13min

Podcast ao estilo cearense

O Estado do Ceará é reconhecido pela riqueza desses produtos de comunicação que tratam das mais variadas temáticas com o toque cearense

Lívia Nogueira - Revisado por Flavia Sousa
O Ceará é referência nas novas produções sonoras sobre os mais diversos conteúdos (Foto: Reprodução/Hotmart)

Os podcasts são reconhecidos por sua praticidade e dinamicidade, tanto para a produção, quanto para o consumo. A ideia que fundamenta a maior parte dessas iniciativas é a de disponibilizar, a princípio, um produto midiático em áudio nas plataformas que o comportam e disseminá-lo nas redes sociais.

Apesar de terem surgido em meados de 2004, os podcasts atingiram maior proporção e popularidade, no Brasil, com a consolidação dessas mídias digitais e a demanda por maior diversidade de produções fomentada pelo período pandêmico. Desde esse momento, diversos produtores de conteúdo, desde os profissionais até os autônomos, e organizações de comunicação passaram a lançar podcasts dos mais variados estilos.

LEIA MAIS: Pesquisa aponta crescimento de 57% em ouvintes de podcast no Brasil durante a pandemia

Nesse contexto, entre características de conteúdos, gêneros e composições, alguns desses produtos destacam-se por suas regionalidades. O Ceará, por exemplo, em sua riqueza de suportes de comunicação e particularidades identitárias, é palco de diversos podcasts, que traduzem em seus conteúdos os traços do Estado e dos próprios cearenses.

Confira alguns dos podcasts que representam o Ceará, cada um à sua maneira:

As Cunhãs

Idealizado e apresentado por mulheres, o podcast tem como enfoque a política cearense e aborda assuntos gerais sobre cotidiano e sociedade. O projeto foi iniciado em 2020 e é comandado pelas jornalistas Kamila Bossato, Inês Aparecida e Hébely Rebouças.

De forma didática e leve, o podcast apresenta debates relevantes, principalmente, para a população cearense e busca esclarecer e acessibilizar os acontecimentos políticos da região. As Cunhãs tem novos episódios toda terça-feira, os quais podem ser acessados na plataforma Spotify.
 

Twitter de As Cunhãs (Reprodução: @AsCunhasPodcast - Twitter)



Budejo

“O podcast que leva o Cariri aos seus ouvidos”. É assim que o cearense Luan Alencar descreve o Budejo. A produção trata com descontração de diversas temáticas, como política, sociedade, sugestões gastronômicas e até memes aleatórios.

O espaço de referência do produtor é a região do Cariri, situada no interior do Ceará, mas ele aborda fatos de todo o mundo. Toda quinta-feira ao meio dia é publicado um novo episódio nas plataformas de streaming.

Chá com Rapadura

No caso deste podcast, os episódios são produzidos e transmitidos diretamente da Europa. Emigrantes na Inglaterra, a comunicadora Cintia Bailey, a guia turística Thais Lima, a mãe em tempo integral Brena Collyer, a cientista Taianá Maia e a babá Riviane Araujo, dão o toque e o sotaque cearense às histórias vividas e observadas fora do país de origem.



O Chá com Rapadura é um dos podcasts mais conhecidos no Ceará, já soma mais de 25 mil seguidores no Instagram e possui até grupo de interação com o público no Telegram. O programa pode ser acessado no Spotify.

Kilombas

Tem interesse em conteúdos mais ligados às pautas sociais e identitárias? O Ceará também foi palco do Kilombas, que foi um projeto criado e apresentado por mulheres negras do Estado, a fim de debater sobre questões étnico-raciais. As jornalistas Alice Sousa e Letícia Feitosa e a arquiteta Leíssa Feitosa comandavam os debates.
 

Twitter de Kilombas Podcast (Reprodução: @kilombaspodcast - Twitter)


Iniciado em 2019, de acordo com as criadoras: “pensamos neste espaço, nosso refúgio, nosso quilombo, feito para que pudéssemos falar dos assuntos do nosso cotidiano, do que nos aflige como mulheres negras, além de oferecer um espaço de fala para convidados que estão dispostos a discutir sobre raça e gênero”. Os episódios do Kilombas podem ser acessados no Spotify.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »