16/10/2021 às 13h40min - Atualizada em 16/10/2021 às 13h22min

Pesquisa aponta crescimento de 57% em ouvintes de podcast no Brasil durante a pandemia

Esse aumento no consumo de podcast fez o Brasil alcançar o quinto lugar no ranking mundial na produção desses programas de áudio

Pedro Ferreira - Editado por Maria Paula Ramos
Foto:Pexels
O consumo de podcast durante a pandemia no Brasil apresentou um crescimento de 57%, de acordo com uma pesquisa realizada pela Globo em parceira com ibope. O estudo mostra que os entrevistados passaram a ouvir mais podcast durante o período de isolamento e por motivos diversos, como se informar ou entretenimento.

O estudo ouviu pouco mais de mil pessoas e foi realizado em setembro de 2020 e fevereiro de 2021. Segundo o relatório,  muitas pessoas começaram a ouvir podcast pela primeira vez durante a pandemia de covid-19. De acordo com o levantamento as categorias mais consumidas pelo brasileiro foram notícias (36%), humor comédia (31%), e documentários (30%). Sobre os momentos de consumo, grande parte dos entrevistados relataram que escutam podcast durante as atividades domésticas ou enquanto navegam na internet. A pesquisa ainda diz que a linguagem informal e credibilidade em de quem produz levaram as pessoas consumir esse tipo de conteúdo.
 
Jean Carlos, pesquisador e especialista em comunicação, analisa que o aumento do consumo do podcast é devido à proximidade desse tipo de conteúdo com a sociedade.
 

“Popularizou-se nos últimos meses devido ao distanciamento social recomendado para evitar a proliferação do novo coronavírus. Isso ocorreu, principalmente, porque o podcast entrelaçou a sociedade, passou a fazer parte da rotina das pessoas e passou a entregar ao seu público uma programação mais informativa, relevante, criativa, significativa e motivacional, criando uma relação íntima como seus ouvintes”, afirma o pesquisador.

O especialista ainda completa que a portabilidade das novas tecnologias permite a otimização do conteúdo podendo ser consumido no caminho do trabalho, na academia transformando o tempo ocioso em horas produtivas de consumo de áudio. "Com isso, as plataformas de podcast ampliaram o seu leque de conteúdo e programação, a fim de ampliar o acesso a mais informações e gerando maior distribuição de material informativo”, destaca.

Marina Mann, de 19 anos,  é estudante de jornalismo e começou a escutar podcast durante a pandemia para se manter informada de muitos acontecimentos internacionais, como a crise do Afeganistão e os conflitos de Israel e Palestina.

“Comecei a ouvir podcast na pandemia como uma forma de me distrair e buscar interesses novos, e me informar porque tinham muitos assuntos que estavam surgindo e que eram aprofundados de uma forma diferente na TV, mas eu estava buscando uma abordagem mais especializada”, conta Marina.

A estudante ainda destaca a acessibilidade de ouvir esse tipo de conteúdo durante o seu cotidiano, uma vez que, pode se consumir de muitos lugares conciliando com outras atividades. “Eu usei para entretenimento também e eu ouvia enquanto fazia outras coisas, pois eu podia estar comendo e ouvindo podcast e isso ajudava a incorporar esse tipo de conteúdo na minha vida”, completa a estudante. 

Arnaldo Silva que produz o “Podcast de Tudo” desde 2019 abordando diversos temas sobre a atualidade, conta que esse meio sofreu muitos desafios diante do cenário pandêmico como também trouxe muitos ouvintes.

“Teve um crescimento no número de ouvintes novos, acredito que por passarem mais tempo dentro de casa o podcast poderia ser uma companhia. Passei por um período de adaptação, de entender o que a audiência queria ouvir, então comecei a trazer conteúdos diferentes e mais roteirizados e o público foi aumentando”, relata Arnaldo.

 
Podcasts mais ouvidos em 2020

O Spotify Brasil listou os 10 podcast mais ouvidos no país em 2020:
  1. Horóscopo Hoje
  2. Café da Manhã
  3. Primocast
  4. NerdCast
  5. Flow Podcast
  6. Autoconsciente
  7. O Assunto
  8. Mamilos
  9. Inglês do Zero
  10. Filhos da Grávida de Taubaté





 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »