21/11/2022 às 01h21min - Atualizada em 21/11/2022 às 00h23min

My Mind and Me: Selena Gomez mostra detalhes de sua vida em documentário

Moeisha Bastos - Revisado por Flavia Sousa
Foto Promocional para a divulgação de 'My Mind and Me' (Foto: Reprodução/ Apple TV).
"My Mind and Me", é o filme autobiográfico que acompanhou a vida da cantora e atriz Selena Gomez, durante 6 anos, mostrando os detalhes mais íntimos de sua vida como, suas lutas com a fama e seu bem-estar físico e mental após seu diagnóstico de lúpus e transtorno bipolar. O documentário foi lançado em parceria com a Apple TV+ no dia 4 de novembro, e tem direção de Alek Keshishian, o mesmo diretor que foi responsável por "Na Cama com Madonna".

Confira o trailer:
 Trailer oficial de 'My Mind and Me'. (Reprodução: Apple tv - Youtube)
Para celebrar o lançamento de seu filme, a artista disponibilizou para seus fãs dois meses de assinaturas gratuitas da Apple TV+. Selena fez uma publicação em seu twitter anunciando a promoção. A ação promovida pela atriz tem como objetivo fazer com que seus fãs se sintam mais próximos dela vendo um lado seu do qual ela nunca expôs para a mídia. 
Publicação feita no perfil de Selena Gomez  (Reprodução: @selenagomez -Twitter)
Um dia antes da estreia do documentário a artista lançou a música  "My Mind and Me", single que é trilha sonora do filme. A faixa ganhou um lyric vídeo que está disponível no youtube. E quebrou o hiato de dois anos sem lançamentos musicais da cantora.
 
Lyric vídeo de 'My Mind and Me'. (Reprodução: Selena Gomez - Youtube)
A proposta do documentário é mostrar a Selena da vida real, mostrar para os fãs uma parte da vida da cantora da qual ela nunca quis que tivessem acesso. Durante 95 minutos nós acompanhamos a luta da artista contra a depressão, lúpus e seu diagnóstico de bipolaridade. 

O longa foi gravado entre 2016 e 2020 e acompanhou os momentos mais difíceis da vida de Selena. Nos primeiros minutos ela fala: "Deixe-me fazer uma promessa. Eu só vou te contar meus segredos mais sombrios. Tenho que parar de viver assim... Tudo o que eu sempre desejei, eu tive tudo, mas isso me matou”.

O filme acompanhou a cantora durante sua turnê “Revival”, em 2016, enquanto já lutava com o diagnóstico de lúpus. A turnê que estava sendo marco na carreira da cantora e infelizmente teve que ser interrompida, Selena cancelou as 34 apresentações restantes da Tour, para tratar seus problemas de ansiedade, depressão e síndrome do pânico, que são causados por sua doença. Os problemas com a doença a perseguiam durante os bastidores da turnê.  

Em 2015 Selena foi a público falar que foi diagnosticada com Lúpus, uma doença autoimune, em que há uma alteração nas próprias células de imunidade. Assim, elas passam a considerar partes do corpo como um inimigo, atacando-as. No longa a cantora fala como foi difícil o tratamento da doença durante o auge de sua carreira, Selena chegou a passar por sessões de quimioterapia e um transplante de rim doado pela melhor amiga da artista, Francia Raisa em 2017.

(Foto/ Reprodução: Teen Vogue)

(Foto/ Reprodução: Teen Vogue)

Selena Gomez e Francia Raisa.
 
O longa ainda fala como foi difícil para ela descobrir que tinha transtorno bipolar.  Durante uma entrevista com a revista Rolling Stone, Selena fala que em 2018 passou por uma psicose, na mesma época em que recebeu o diagnóstico da doença. A cantora chegou a ser internada em um centro de reabilitação, o que chocou todos os fãs na época.

No filme autobiográfico, Selena ainda fala sobre sua amizade com a cantora Taylor Swift, Sobre seu relacionamento conturbado com o cantor Justin Bieber e como foi colocar um ponto final na história dos dois, o longa também conta sobre uma das maiores paixões da artista que a filantropia, e mostra sua viagem a África em 2019 para visitar uma escola que ela ajudou a apoiar.    

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »