10/02/2020 às 14h35min - Atualizada em 10/02/2020 às 14h35min

Netflix realiza primeiro Festival de Séries Originais no Brasil

Renata Rodrigues - Renata Rodrigues
Entrada do Festival. Reprodução/ Exame.
A Fundação Bienal no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, ficou movimentada nos últimos dias de janeiro. Do dia 25 ao dia 28 a Netflix realizou a primeira edição do TudUm, festival com entrada gratuita que reuniu personalidades de suas produções originais, cenários instagramáveis e ativações espalhadas pelo pavilhão.
 
Giovanna Ewbank, Maísa, Whindersson Nunes, Noah Centineo e Lana Condor foram algumas das celebridades convidadas para participar dos painéis distribuídos na programação dos quatro dias de evento. Além dos famosos do cinema, também aconteceram bate-papos com influenciadores conhecidos nacionalmente.
 
TudUm é uma onomatopeia do som emitido pela plataforma no início de suas produções originais. Quando chegou no Brasil, em 2011, a Netflix era um serviço de distribuição de streaming de séries e filmes tradicional. A primeira série a ter o selo de produção da Netflix foi House of Cards, lançada em 2013. Atualmente, a companhia já acumula um saldo de mais de 50 produções originais espalhadas pelo mundo.
 
A aposta de realizar um festival só com produções próprias no Brasil é inusitada porém certeira. De acordo com pesquisa do App Annie, nos últimos anos o consumo de streaming tem crescido consideravelmente no país. Em 2019 foi registrado um salto de 130% no tempo de consumo de streaming, o que coloca o Brasil na segunda posição, atrás apenas da Índia, que registrou crescimento de 185%.
 
Barraca de sucos faz referência ao meme da música “Juntos e Shallow Now”

Barraca de sucos faz referência ao meme da música “Juntos e Shallow Now”


Algumas das pessoas que tiveram oportunidade de visitar ao evento oferecido pela Netflix se surpreenderam. A estudante Mariana Santos (15) que foi no primeiro dia de evento, disse que o que mais chamou sua atenção foi o espaço da série Atypical. “Quando entrei no espaço, me senti no Polo Norte! Ainda não vi a série, mas em breve verei. Fiquei curiosa!”. Para ela, o festival é uma ótima opção para diversão de quem está de férias ou folga. Já a estudante de jornalismo Fernanda Bravin (20) gostou da criatividade dos nomes das barracas de comida e a relação com memes como “Shallow Now”.
 
A ação é uma oportunidade que a marca teve de promover os conteúdos já disponíveis e criar curiosidade em relação às próximas estreias. No entanto, conforme dados colhidos pelo business insider, no Brasil, a Netflix já está perto de atingir seu limite. Hoje, a empresa já acumula mais de 15 milhões de assinantes, mas com o aumento da concorrência, esse número corre risco de cair nos próximos anos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »