05/07/2020 às 11h57min - Atualizada em 05/07/2020 às 11h52min

Como foi o São João em João Pessoa

De delivery de comidas típicas a lives juninas, Pessoenses não deixaram de celebrar o São João

Alexia Vilar - Revisado por Renata Rodrigues
Reprodução / Instagram BeCandy

A Festa de São João é uma das mais populares comemorações do Brasil, contendo quadrilha, fogueiras, balões e fogos. É nos estados do grande Nordeste onde a celebração dos festejos juninos é mais intensa, e nas cidades do interior é onde podemos ver as mais tradicionais e animadas dessas festividades. Por conta da pandemia do novo coronavírus, a maior celebração da cultura Nordestina, o São João, foi afetada. Mesmo com o cancelamento de shows e de eventos que marcaram o mês de Junho durante anos, o nordestino não desistiu de fazer a festa acontecer, ainda que dentro de casa.
 
Rebeca Azevedo, de 20 anos, se fez presente no Arraiá dentro de casa dos pessoenses. A idealizadora do BeCandy, empresa voltada para produção de doces sob encomenda na cidade de João Pessoa, na Paraíba, trouxe inovações e personalizações em seu cardápio para levar o São João para seus clientes. Inspirada em comidas típicas juninas como pé de moleque, pamonha e canjica, levou doces e sobremesas aos residentes da cidade.

Com as medidas de isolamento social, os encontros físicos são impedidos de acontecer. Sendo assim, os pessoenses trouxeram uma nova forma de demonstrar o seu afeto e presentear o outro com um pouquinho da festa junina: fazendo pequenas surpresas com cestas temáticas. “Eu acredito muito no poder de aproximação e de união da comida e principalmente dos doces, acho que o doce traz uma carga afetiva muito maior e para as pessoas que são fãs do São João. Eu tenho certeza que foi um presente muito diferenciado”, diz Rebeca. “Quando eu recebia esses pedidos de surpresa, eu ficava muito feliz, porque eu sabia que a ideia inicial que eu tive, tava cumprindo seu papel”.

Além das comidas típicas, outro fator de suma importância para a concretização do São João é a música, mais especificamente, o forró. O fenômeno das lives também fizeram grande parte das comemorações do juninos esse ano. Artistas de grande renome no cenário atual do forró criaram uma iniciativa chamada “O São João de Campina Em Casa”, um circuito de lives que contou com a participação de Cavaleiros do Forró, Capilé, Elba Ramalho, entre outros nomes conhecidos que estão sempre presentes no chamado Maior São João do Mundo, que acontece todo os anos na cidade paraibana de Campina Grande.

Ana Emilia, de 19 anos, estudante de Arquitetura do Centro Universitário de João Pessoa, fez parte daqueles que se deslocaram para o interior para comemorar a tão aclamada festa junina. Com comidas, decoração e família e muito forró, Ana não deixou o São João passar em branco. “Assistimos às lives, também tinham comidas típicas e roupas quadriculadas”, diz ela. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »