30/06/2021 às 21h39min - Atualizada em 30/06/2021 às 21h13min

Por que o projeto Grindhouse fracassou?

A produção de Robert Rodriguez e Quentin Tarantino teve muitas histórias escondidas...

Gustavo Domingos - editado por Luhê Ramos
Cartaz de publicação
Todo bom apreciador de cinema conhece os diretores Quentin Tarantino e Robert Rodriguez. Ainda mais, sabe que os dois são amigos e já fizeram um grande projeto juntos, chamado Grindhouse (2007). Todos esperavam que a produção fosse um sucesso e que ninguém ficaria descontente com a obra. No entanto, o fracasso nas bilheterias foi enorme e derrubou muito a fama do longa. O orçamento foi de US$ 53 milhões contra uma renda de US$ 50 milhões.

Na época (2007) poucos perceberam as razões do fiasco. Inúmeros sites, jornais e entre outros apontaram que o filme não prendia, faltava qualidade ou até mesmo que Tarantino era uma fraude. Porém, mais tarde as notícias foram sendo divulgadas e hoje temos alguns fatos que determinaram o fracasso do projeto "Grindhouse".

 

Afinal... o que é Grindhouse e por que realizar esse projeto?

"Grindhouse" eram filmes de baixo orçamentos passados pela madrugada em cinemas pequenos, com péssimas localizações e acomodações. Em suma, eram exibidos dois ou mais longas em sequência, sem necessitar de qualquer semelhança entre eles, nem mesmo o gênero precisaria ser igual. Além das obras poderia haver trailers no meio das apresentações.

Essa cultura foi bastante forte especialmente nos anos 70. Atualmente não existe mais esse tipo de seção nos Estados Unidos. Um dos motivos para o fim dessa exposição foi o home video, uma vez que todo filme de baixo orçamento seria lançado diretamente para dvd.

Assim, cada diretor fez uma parte do plano. Robert Rodriguez dirigiu, escreveu e produziu “Planeta Terror”. Quentin Tarantino foi diretor, roteirista e produtor de “À Prova de Morte”. Para acrescentar no projeto, cinco trailers falsos foram postos antes e entre os filmes. Vale lembrar que os trailers são feitos por amigos dos diretores como Eli Roth e Rob Zombie, ou seja, toda a produção foi muito por amor pessoal dos cineastas.

                              

O Fracasso de Grindhouse!

Primeiramente, para entender as reais questões que prejudicaram o filme Grindhouse, é necessário entrar pelos bastidores. Em Hollywood muitas coisas funcionam por debaixo do tapete e sempre saem notícias sobre o que ocorre por trás das câmeras. Com isso chegamos aos produtores do projeto! Sim, Quentin Tarantino e Robert Rodriguez foram produtores tanto de Planeta Terror, quanto À Prova de Morte. No entanto, o homem do dinheiro mesmo era Harvey Weinstein.

Para quem não conhece Harvey Weinstein, o produtor dominou o sistema cinematográfico por décadas. Os filmes que Weinstein investia sempre davam retorno e grandes bilheterias como "Sexo, Mentiras e Videotape", "Traídos pelo Desejo", "Pulp Fiction", "Shakespeare Apaixonado" e muito mais.

Então com um produtor desse porte o sucesso era certo. No entanto, Weinstein decidiu lançar o filme no dia 6 de julho de 2007, um feriado de páscoa. Como sabemos, esse é um feriado infantil, familiar, que normalmente é lançado animações ou filmes para ver com a família. Em outras palavras, ninguém levaria sua vovó para ver isso. Portanto, "Grindhouse" não se encaixa nenhum pouco nesses aspectos e assim é visto um grande fator para o fracasso nas bilheterias.

Com tantas questões contra, por que Harvey Weinstein colocou o longa para estreia nesse período? A resposta dessa questão foi vazando aos poucos posteriormente. Em primeiro lugar, Weinstein barrou a atriz Rose McGowan de participar do filme. No entanto, Robert Rodriguez disse que a artista participaria e que seria a protagonista do seu longa. Ainda mais, Tarantino também apoiou McGowan no projeto e a colocou para participar de "À Prova de Morte".

Dessa forma, uma guerra nos bastidores foi iniciada. Mas por que Weinstein não queria Rose McGowan em seu filme? A razão é explicada sete anos antes, quando nas gravações de Pânico (1999), a atriz acusou o produtor de estrupo. Ou seja, a questão pessoal entrou em jogo, logo inflamou bastante a produção. Além disso, Harvey era contra lançar "Grindhouse". O produtor gostaria de lançar os filmes separados sendo primeiro “Planeta Terror” e depois “À Prova de Morte”. Posteriormente, no exterior foi feito isso, já que nos Estados Unidos o formato Grindhouse fracassou nas bilheterias.

                                

Em declaração à Variety, Robert Rodriguez revelou que deu o papel principal de "Grindhouse" para Rose McGowan, em resposta ao assédio sofrido pela atriz por Harvey Weinstein.

 
“Tenho que dizer que foi uma longa estrada para fazer esse filme. E, mesmo com Grindhouse e Rose conseguindo muitos elogios, e o filme ainda ser querido pelos fãs, é triste ver como Harvey simplesmente enterrou o filme em seu lançamento [...]. Ainda estou assombrado e desiludido que, depois de todas as boas intenções, dor e esforço que Rose, eu e tantas pessoas passaram para fazer o filme, Harvey Weinstein venceu no final enterrando o filme apenas porque Rose era a atriz principal”.
 
Com essas e outras declarações tanto da própria Rose McGowan, quanto de Rodriguez e Tarantino, muitos começaram a entender as razões do fracasso do projeto "Grindhouse". Com toda certeza, os amantes de cinema ficaram tristes pelos motivos e também com o resultado das intervenções de Harvey Weinstein na produção. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »