10/05/2022 às 22h03min - Atualizada em 10/05/2022 às 20h02min

UEFA aprova mudança no formato da Champions League e põe fim na fase de grupos

O novo formato da competição tem base no “sistema suíço” e busca o aumento do equilíbrio dos confrontos do campeonato

Guilherme Castro - Editado por: Nathalin Gorska
A competição mais disputada da Europa sofrerá mudanças. Reprodução: @championsleague

O novo formato da Champions League foi aprovado nesta terça-feira (10), em Viena, pelo Comitê Executivo da UEFA. O novo formato adota o “sistema suiço” e dá fim à tradicional fase de grupos, que faz parte da competição desde a edição de 1922, e adiciona mais quatro equipes ao campeonato, indo de 32 para 36 times. Ao invés da fase de grupos, será adotada uma única etapa em que os 36 times disputarão oito jogos (quatro em casa e quatro como visitante) contra adversários diferentes. 

 

Os oito times com mais pontos nessa primeira etapa irão direto para as oitavas de final e os clubes que ficaram entre a 9ª e a 24ª posição disputarão play-off em confrontos de ida e volta, os oito vencedores irão enfrentar os que já tinham se classificado para as oitavas de final. As mudanças entrarão em vigor a partir de 2024.

 

VAGAS EXTRAS

 

Serão adicionadas mais quatro vagas, totalizando 36 equipes na competição. As vagas vão ser distribuídas da seguinte forma: uma vaga vai para o 3º colocado na liga da federação que esteja na 5ª posição da UEFA; uma irá para um campeão nacional, aumentando de quatro campeões para cinco; duas irão para as duas federações com o melhor desempenho de suas equipes na edição anterior das competições da UEFA, isso será definido pelo total de pontos obtidos pelos times dividido pela quantidade de clubes da federação, essas vagas irão para o clube mais próximo da zona de classificação para a Champions League, por exemplo, neste ano as federações escolhidas seriam a da Inglaterra e a da Holanda.

 

O QUE É O SISTEMA SUÍÇO?

 

O novo sistema adotado pela competição é muito comum em campeonatos de xadrez e e-sports, ele é conhecido como um sistema mais justo pois os times/jogadores enfrentam adversários que tem o desempenho semelhante ao seu, por exemplo, um time com uma vitória enfrenta outro com uma vitória e um time com nenhum jogo vencido enfrenta outra equipe que se encontra na mesma situação. Dessa forma, o primeiro confronto dos times seria formado por meio de um sorteio e a partir da segunda rodada seguiria o modelo suiço.

 

O presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, falou sobre a adoção do novo sistema e comemorou o aumento de equilíbrio que o formato pode proporcionar para as competições.

 

“Estamos convencidos de que o formato escolhido atinge o equilíbrio certo e que melhorará o equilíbrio competitivo e gerará receitas sólidas que podem ser distribuídas aos clubes, ligas e ao futebol de base em todo o nosso continente, aumentando o apelo e a popularidade das nossas competições de clubes” comentou o presidente da instituição, conta Aleksander.

Mudanças também serão feitas nas outras duas competições continentais da UEFA, Europa League e Conference League. Ambas competições também terão 36 clubes disputando a taça, a Europa League seguirá o mesmo modelo implementado na Champions, enquanto a Conference League terá uma pequena mudança, ao invés de oito confrontos na primeira etapa os times terão somente seis jogos (três em casa e três como visitante) contra equipes diferentes.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »