16/05/2022 às 17h46min - Atualizada em 16/05/2022 às 17h02min

Resenha | Um lugar bem longe daqui

Livro aborda abandono familiar, violência doméstica, solidão e conexão com a natureza.

Giuliane Fagundes - Revisado por Flavia Sousa
Capa do livro em português. (Foto: Reprodução/Montagem/Pinterest).

O livro Um Lugar Bem Longe Daqui, escrito por Delia Owens e lançado em 2018, conta a história de Kya Clark, uma garotinha de seis anos, que abandonada pela mãe e os irmãos, vê-se na companhia do pai violento e alcoólatra. Kya é forçada a cuidar de si e do barraco, casa em condições precárias localizada no pântano de uma pequena cidade na Carolina do Norte. Apesar da relação conturbada, Kya vê no pai a sua única companhia naquele lugar afastado de tudo e todos, mas ao receber uma carta da mãe, ele também a abandona, portanto, o brejo, as gaivotas, o barracão e sua coleção de penas de pássaros tornam-se a sua única família.

 

Isolada do mundo, sem ajuda e comida, Kya faz amizade com Tate e a natureza os aproxima, o garoto do barco lhe ensina a ler e escrever, os dois desenvolvem sentimentos e tornam-se namorados. Distante da solidão, Kya percebe em Tate alguém com quem contar, uma ótima companhia, em que havia se apaixonado, mas o romance inocente é abalado quando ele é chamado para ir a faculdade de biologia em uma cidade distante. Apesar das promessas de que voltaria para vê-la, Tate não volta, pois acredita que Kya nunca se adaptaria na sociedade ao seu lado e novamente, ela é abandonada.

 

Kya na adaptação do livro. (Reprodução: Twitter)


Com a ausência de Tate, Kya aproxima-se de Chase Andrews, o atleta e garoto mais popular da cidade. Ele era curioso por Kya e sentia-se atraído por sua beleza e carisma, já ela, não se sentia sozinha na presença de Chase e fazia de tudo para agradá-lo, para que ele não a deixasse, sonhando com um futuro ao seu lado e o dia em que ele assumiria seu namoro para a família e a cidade, porém, o romance é abalado quando Kya descobre que Chase está anunciando seu noivado com outra mulher. Tate volta para a cidade, mas ela decide fechar seu coração e aceitar seu destino, ficar sozinha. 

 

Kya descobre que a mãe havia fugido para New Orleans, sua cidade natal, pois aquela era sua única alternativa para fugir da violência que sofria, mas depressiva por deixar os filhos e com as ameaças do ex-marido, Ma vivia como uma sombra e há dois anos, havia morrido. Atordoada pelas notícias, Kya fecha um capítulo sem necessidade de mais respostas sobre a mãe. 

 

Chase tenta reconquistar Kya para convencê-la a voltar para ele, dizendo nunca a ter esquecido, mas Kya nega e o enfurece, fazendo com que ele a atacasse e tentasse lhe estuprar. Ela luta e consegue afastá-lo fugindo pela floresta para que não a encontrasse.

 

O corpo de Chase é encontrado perto da antiga torre de incêndio, é quando o principal mistério da história inicia. Os detetives descobrem que Kya e Chase haviam se envolvido no passado e através de uma investigação na casa da garota do brejo, descobrem pistas e Kya é levada para a prisão como possível assassina. O julgamento acontece e o preconceito da sociedade com Kya e a falta de apoio são escancarados e certa do seu destino, ela já está preparada para uma possível sentença de morte, mas surpreendentemente, o júri a absolve. 

 

Kya finalmente aceita seus sentimentos e casa-se com Tate, eles vivem por anos no brejo, até que idosa, Kya morre pacificamente junto a natureza, sua casa. Após a sua morte, Tate finalmente descobre o segredo da esposa, ela havia feito justiça com as próprias mãos, havia matado Tate em busca de proteção.

 

Um lugar bem longe daqui fala sobre a conexão com a natureza, a importância das coisas simples na vida e apesar de às vezes tornar-se uma leitura carregada de sentimentos como pena a angústia pela garotinha abandonada, é impossível não se afeiçoar a Kya e sua simplicidade. O livro também fala sobre a violência contra a mulher e a criança e em como diversas vezes, estas pessoas que sofrem a violência encontram a solução em medidas desesperadas. Kya foi abandonada, sofreu preconceito e quando deveria ter sido ajudada e acolhida, tornou-se alvo de piadas e do descaso da sociedade. A história ensina que é errado tentar mudar alguém ou a si mesmo para que aquela pessoa seja o que a sociedade determina.
 


Trailer da adaptação de 'Um Lugar Bem Longe Daqui'. (Reprodução: YouTube).

A adaptação 

 

O livro vendeu mais de duas milhões de cópias apenas nos Estados Unidos, portanto ganhará uma adaptação para o cinema. O lançamento nos Estados Unidos ocorrerá no dia 24 de junho de 2022, no entanto, ainda não há data para o lançamento no Brasil. A história chamou a atenção da famosa e premiada atriz Reese Whiterspoon, que comprou os direitos cinematográficos e tornou-se produtora do filme e também foi notada pela cantora americana Taylor Swift que escreveu especialmente para a produção, a canção ‘Carolina’.

 

A versão cinematográfica será importante para mostrar em imagens a conexão com a natureza, as paisagens, a coragem, a amizade e o verdadeiro amor entre Kya e Tate.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »