09/08/2022 às 23h41min - Atualizada em 09/08/2022 às 21h40min

Conheça a ‘Casa Torta’, em Minas Gerais

Camylla Klévia - Editada por Victória Silva
Foto: Chapinha na mala - Divulgação

Para quem está visitando o estado de Minas Gerais, precisa incluir no roteiro uma visita à 'Casa Torta’, na cidade de Prados, a aproximadamente 15 minutos de Tiradentes (mais ou menos 7km). Um lugar encantador e que tem como missão encantar os visitantes e remetê-los à infância. O ponto turístico foi pensado especialmente  para quem gosta de conhecer lugares inusitados e fascinantes pois lá o que não falta é fantasia e atividades lúdicas para os visitantes de todas as idades.

Foto: Chapinha na mala - Divulgação

Foto: Chapinha na mala - Divulgação


A casa torta está localizada no povoado de Vitoriano Veloso, também conhecido como Bichinho. O distrito orgulha-se do grande número de artesãos que encantam por suas obras cheias de criatividade, singeleza e qualidade e, é justamente essa qualidade das peças que garantem aos artesãos exportar seus produtos para outros estados e até outros países. Bichinho torna-se ainda mais encantador por sua arquitetura antiga, que são utilizadas tanto como moradia quanto como oficinas, ateliês e lojas de artesanato.


O atrativo turístico é a idealização de Renato Maia e Lu Gatelli, um casal de atores que deixou o Rio de Janeiro e encontraram em Minas o sossego que desejavam, foi inaugurada no ano de 2016 e, de lá para cá atrai cada vez mais visitantes para Bichinho. Na casa torta a ordem é se divertir, curtir a natureza, a família e esquecer um pouco da frenética rotina da conectividade que vivemos. 

 

Sem dúvida o grande atrativo da casa é a fachada colorida e 'torta', o lugar é bem disputado pelos visitantes que querem fazer registro da visita, porém, o lugar possui uma série de outros atrativos, como por exemplo a mini biblioteca com livros para crianças e jovens, instrumentos musicais e fantasias, que os visitantes podem vestir para apresentar um teatro, quem sabe!! Além desses atrativos, na parte externa da casa tem um ‘quintal’, onde são realizadas várias brincadeiras, nesse espaço ainda é possível brincar de bambolê, andar de perna de pau, brincar no escorregador e/ou na cama elástica. A casa também promove atividades lúdicas que estimulam a criatividade e o raciocínio lógico como, pintura, desenhos e jogos de tabuleiro. Todos os cômodos da casa foram pensados exclusivamente com o intuito de proporcionar momentos agradáveis através de atividades lúdicas, estimular a criatividade, a sensação de liberdade e felicidade e fortalecer os laços familiares.
 

Foto: Chapinha na mala - Divulgação

Foto: Chapinha na mala - Divulgação


Depois de se divertir com tantos atrativos da casa torta, possivelmente os visitantes quererão parar para fazer um lanchinho, pensando em atender essa demanda, o local possui um cantinho todo especial que serve desde a água até o vinho, passando por doces, salgados e pratos quentes. Não poderia faltar as lembracinhas para as pessoas queridas, não é? A casa torta também dispõe de um espaço para os que desejam levar um objeto de lembrança do local para sua casa ou, para quem não pôde conhecer o local. São inúmeras opções, desde imãs para geladeira á cervejas artesanais com rótulo personalizado.

 

A entrada custa R$ 15 a hora e a casa está aberta ao público de quarta a domingo e feriados.

REFERÊNCIAS:


CARVALHO, Geisiele. O que tem na casa torta de Bichinho. Viajando na janela, 2019. Disponível em: <https://viajandonajanela.com/casa-torta-de-bichinho-mg/>. Acesso em: 09/08/2022.

LARINI, Fernanda. Casa torta. Chapinha na mala, 2019. Disponível em: https://chapinhanamala.com.br/casa-torta/
. Acesso em: 09/08/2022.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »